Hoje é a vez da Leninha!

Um livro de Natal

Como muitos dizem por ai, “O livro é uma porta aberta para a imaginação”, e só posso concordar, pois ele é onde nos deixamos levar pelas asas do inimaginável. Então o que não dizer sobre um livro lido no final do ano, mais especificamente na época do Natal?!

Existem livros para cada momento da nossa vida, como por exemplo, não recomendo um drama se você estiver triste ou passando por um momento delicado na sua vida, nesse caso indicaria um Chick lit despretensioso e com uma história bem para cima. Mas o tema é Natal, e quero logo entrar no assunto que me fez escrever esse texto…

Um livro para se ler no Natal tem que ser bem escolhido, às vezes nem escolhemos na verdade, ele é que nos escolhe, e acabamos nos lembrando dele por muitos e muitos anos, sempre que ouvimos uma canção de Natal, ou sentimos o cheiro de panetone.

Pode parecer bobeira o que estou falando, mas sou uma prova viva disso!

Quando na minha adolescência eu lia muito romance de banca, esses na verdade são perfeitos para se ler no fim do ano, por que sempre podemos esperar um final feliz. Mas na verdade o livro lido no Natal consegue marcar de uma maneira única.

Ainda me vejo lendo aquele livro…

Quando vai chegando o Natal, já consigo sentir o cheiro daquele momento, isso mesmo, o cheiro. O livro (momento) cheirava a rabanada e vinha com um fundo musical de ‘Feliz Natal’. Vejo-me deitada na minha cama de solteiro, com o livro branquinho nas mãos, e recordo da sensação como se fosse hoje.

Aquele livro não só me marcou pela história, mas ficou em mim como sinônimo de Natal.

Acho que citar nomes seria como incitar as pessoas a irem em busca dele (livro), e não é essa a intenção, até por que a história não tinha nada a ver com Natal. O que quero deixar explicito nesse texto é que cada época marca pelo livro lido.

E que vale muito à pena saber escolher o livro a ser lido nessa época tão especial!

Ainda lembro o meu livro do Natal passado e do anterior, todas as vezes que escuto uma música ou sinto um perfume…, e isso que é importante, durante a leitura se deixe levar pelo clima, viaje nas páginas do livro ao som do Natal, embalados por cheiros únicos dessa época. Deixe o Natal entrar na história, com certeza em todos os anos que virão pela frente você lembrará desse livro, ou daquele momento.

E para adoçar ainda mais… Coma enquanto lê, assim o sabor te marcará eternamente.

O Natal é cheio de sabores, cheiros, sons e vale a pena lembrá-lo também com uma bela lembrança de um livro lido!

Feliz Natal e bons livros para todos, saborosos, cheirosos e inesquecíveis!

Leninha -Blog Sempre Romântica twitter @Blog_SRomantica