Diana Palmer – Forasteiro


Olá!

Quem abre nosso especial é a Carla Blackhawk do Doida y Romântica

FORASTEIRO – DIANA PALMER

EU: Essa minha fixação pelos Homems do Texas e adjacentes da tia Di tão me fazendo repensar uma série de coisas. Entre elas, em como os hómi são imperfeitos física e emocionalmente, mas mesmo assim, lindos, altos, fortes, sarados e arrebatadores de corações. Explicarei. Começo com uma confissão: eu era preconceituosa com relação a mocinhos cegos, sem braço, sem perna,com cicatriz, não gostava de ler. Mas desde que voltei a ler os romances, eu adquiri um carinho tão grande por eles, os mutilados, que todos que vejo com cicatriz, sem perna e sem braço, eu leio. Eles tem uma história pra contar, não precisam ser perfeitos. Eles precisam somente terminarem com as mocinhaS no final. Kkkkkkkkkkk. Alguém leu Cherokee Baby? Leia. A Bela e a Fera? Leia. E leia também Forasteiro.

La vou eu. Mercenário insensível: esse é Colby Lane. Esse merecia arder no mármore do inferno, pelo que fez a Sarina, cujo o único pecado foi amá-lo aos 17 anos. Depois de 7 anos ele volta: sem metade do braço esquerdo, achando que é estéril, com uma carga de alcoolismo ja recuperado, horrores da guerra na cachola, uma ex mulher pior que Maria de Fátima em Vale Tudo e atormentado pelo que fez a Sarina 7 anos antes: casou-se com ela por obrigação, ferrou com a moça na noite de nupcias (ela levou 4 pontos!), deixou-a no mesmo dia e catou Maureen, a bruxa em questão, no qual se “casou”logo em seguida.

Prosseguindo, Sarina teve uma filha, que ele não sabe que existe, que nasceu asmática e quase morreu. Foi chutada pelo pai rico quando soube da gravidez e viveu com o pai do Colby (que a ajudou quando soube da neta), um apache, até que ele morreu. A menina, Bernadette, tem visões (somente as ruins) e quando pai e filha se encontram, é digno do filme O Chamado. Deu medo.

A partir daí, sucessões de coisas acontecem, e, é óbvio, não vou contar. Mas pra variar, Colby consegue, como todo bom Hómi do Texas, deixar a gente apaixonada, apesar de ser o ogro dos ogros dos ogros. Tia Di escreveu esse livro muito, mas muito inspirada, porque o que tem de coisa pra se entender nesse livro… Fora os outros Homens que aparecem… Cash Grier, Eb Scott, Alexander Cobb, Cy Parks, Micah Steele, etc… É Homem por metro quadrado mais delicioso de JACOBSVILLE!

Destaco a briga velada de Colby com Rodrigo Ramirez pela Sarina. Ri litros! Fora o segredo da filha, Sarina também guarda outro… Leia, leia, leia!

Confusa? O livro todo é muito gostoso de ler, por incrível que pareça. Mas vale a pena toda confusão de informações que passei. Recomendo!

Ah! Pior é a mulher que recusou Colby sexualmente quando o viu nu… Ele contando pra Sarina é muito fofo!

RO, agradeço mais uma vez o convite pra escrever para seu blog! Muito obrigada! Beijos.

 

Capa, ficha técnica, sinopse:

Forasteiro

Outsider – 1983

Rainhas do Romance n°40

Diana Palmer
ISBN:  9788576877189
Editora: harlequin Books
Número de páginas:288
Encadernação: Brochura
Formato 16,5 x 10,5 cm
Ano Edição: 2010

 

Sinopse

Ex-agente de operações secretas, Colby Lane, agora aposentado após seus anos selvagens como mercenário, encontrou um novo lugar para si como chefe de segurança de uma grande empresa. Tudo que ele quer é um novo começo, mas logo descobre que o passado jamais deixou de persegui-lo e se vê envolvido em uma operação contra poderosos traficantes de drogas. Para completar, Sarina Carrington, a esposa que ele cruelmente abandonou na lua de mel, pode estar envolvida com o caso… E ela tem uma filha pequena, que jamais conheceu o pai…

 

 Carla-Blog Doida Y Romântica  twitter @Carla_Blackhawk

 

 

Previous Lançamentos Novo Conceito - maio 2012
Next Diana Palmer - Especial mês de maio

5 Comments

  1. 04/06/2012

    Esse livro já me paga pela capa, e saber que não tenho ele aqui me esperando dói na alma.
    Leninha e seus dramas, kkkk

  2. 27/05/2012

    Capa legal =)
    Ainda não li esse…
    Se eu ler, tenho certeza que será: amei ou odiei, hehe

  3. Carla_Blackhawk
    14/05/2012

    É aquela história… Diana Palmer é AME ou ODEIE! EU AMOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!

    Bjs!

  4. Suelen Mattos
    14/05/2012

    Titia Palmeirão arrebenta…. seja nas histórias, seja com nossa sanidade, kkkkkkkkkkk
    Adoro os livros livros dela (oh, novidade… rs…)! Adorei o post, Ro. Parabéns, Carlinha!!!

    =)

  5. 14/05/2012

    POOOOOOOOOOOOOOO!!! Eu super me perco na quantidade de machos que tem nas histórias da Tia Palmeirão! 
    O único que me marcou MUITO (talvez pela ogrice ou pela personalidade, não sei), foi o Cash Grier. 
    Esse quero ler, quero ler!

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)