James Patterson – Private


Olá!

Sim, eu acabei caindo em uma nova série. Mas tudo bem se o próximo livro for nesse ritmo, eu vou aguardar e acompanhar ansiosamente.Sorte minha que  Private é o primeiro da série Private.

O que esperar de um detetive competente, mas fechado, boa pinta, durão e que as mulheres desejam? Além de levantar uma agência e ampliá-la, com filiais em NY e Europa. Ele é “o cara” kkkk

O livro é ótimo, com narrativa dinâmica, capítulos curtos e sem enrolação. Até na hora de resolver um caso amoroso é prático sem “nhê nhê nhê” , como um livro policial deve ser. Segundo nosso protagonista:

Sente-se. A história é longa, mas é boa

pág 9

Jack ao visitar o pai na prisão, esperava já aquela dor de cabeça, mas se depara com uma oferta do pai de reativar a agência Private e mais 15 milhões que ele guardou num paraíso fiscal, e largar a agência que ele trabalha no momento, a Prentiss. Ah, o pai era abusivo e também dava uns corretivos na mãe dele, além de incentivar uma competição entre ele e seu irmão gêmeo, Tommy.Olha só que meiga a visão de Jack do paizinho dele ( ha ha).

“Meu pai era um desgraçado mentiroso e manipulador, mas conseguiu despertar minha curiosidade” pág 9

Algumas semanas depois o pai é morto na prisão e ele herda a Private, que só lida com pessoas do jet set, ou seja  famosos, astros do cinema, do rock, políticos etc Com uma equipe especializada e recursos praticamente infinitos de dar inveja a qualquer CSI.

A equipe formada por Jack, seu amigo e ex combatente Del Rio, Emilio Cruz, Justine a psiquiatra perita em perfilar, Sci que está mais para o cientista doidão e a Mo-bo, especialista em computação. Com métodos nada tradicionais e amparados pela alta tecnologia e cobrando uma taxa estratosférica, estão cuidando de três casos complexos. O assassinato de Shelby ( ex de Jack e apresentada por ele ao amigo), esposa de Andy, seu melhor e mais antigo amigo, uma suspeita de fraude nos jogos da NFL ( liga de futebol americana) também díficil de resolver e que tem como cliente seu tio Frank ( que é como um pai para ele) e os casos em parceria com a polícia, envolvendo os assassinatos de 13 meninas e supostamente executaods por um serial killer que não mantém um modus operandi , o que é incomum.

E ainda, Jack ( que já teve um affair com Justine, não deu certo pois ele é fechado, mais ainda rola um clima) está atormentado com pesadelos que o remetem a seu último dia no Afeganistão, onde ele “morreu”e foi reanimado, e tendo de lidar com uma ameaça diária em forma de telefonema: -Você está morto. É muita pressão, imagine então tudo isso permeado de intrigas, envolvimento com a máfia, um irmão gêmeo “do mal”, descobertas e revelações que mudarão todo o rumo dos acontecimentos.

Esse trecho da conversa de Jack e Tommy ( o gêmeo mau) é interessante:

“Você nunca tem dor de cabeça? Essa auréola apertando suas orelhas o tempo todo…

– Na verdade, tenho sim. Você deveria deixar de ser o gêmeo mau de vez em quando. Seria legal.

pág 113

 

É isso, James Patterson com maestria nos envolvendo em mais uma de suas tramas.

O próximo da série é Private : Missão jogos olímpicos ( título ainda provisório). Aguardo ansiosamente.

Recomendo.

Capa, ficha técnica, sinopse:

 

Private

Private

James Patterson e Maxine Paetro
ISBN:  9788580410532
Editora:  Arqueiro
Número de páginas: 207
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2012

 

Sinopse

Jack Morgan é dono da Private, a melhor agência de investigações que existe, com escritórios em vários cantos do planeta. É a ele que os homens e as mulheres mais influentes do mundo recorrem quando precisam de total eficiência e máxima discrição. A agência é o único recurso quando a polícia não pode fazer mais nada. Enquanto Jack e sua equipe investigam o assassinato de 13 garotas, surgem dois outros casos, bem mais pessoais. Fred, tio de Jack, procura-o pedindo ajuda com um escândalo financeiro que pode destruir a liga profissional de futebol americano. E a esposa do melhor amigo de Jack, Andy Cushman, é encontrada morta. Com a Private, nenhum caso fica sem solução. Os três mistérios parecem insolúveis, mas Jack conta com os melhores investigadores e com o que há de mais avançado em tecnologia – recursos que, muitas vezes, não estão à disposição da polícia. Além disso, a agência não responde a instituições oficiais, portanto, nem sempre precisa jogar de acordo com as regras.

See ya!

Rosana

 

 

 

 

Previous Harlequin - lançamentos Junho 2012
Next Novo Conceito - Lançamentos Junho 2012

4 Comments

  1. […] – Private (2010) ;  Private (2012) […]

  2. 10/06/2012

    Sou fã desse autor e este já está na minha lista de desejados.

    Ansiosa para conhecer este policial maravilhoso que você disse.

    Aprecio os capítulos curtos e a maestria com que o autor nos transporta para as suas tramas envolventes.

    Beijos.

  3. KassiaCrislayne
    01/06/2012

    Mais uma série que eu tenho toda a certeza que vou viciar??? Oh God! Estou lendo desde o começo a série Clube das Mulheres contra o Crime, do Patterson, e me encantando com a maestria (como você disse) desse autor. Ele nos cativa. Já estou de olho nesse livro! 😉

    Bjs.

  4. 31/05/2012

    Menina, eu vi esse livro sábado na livraria e até estava indo compra-lo, mas não consegui pq minha mãe chegou e ela não me deixa solta em livrarias rsrsrs Adorei que vc já leu e gostou. Amo um bom policial, daqueles policiais de verdade! Estou mais ansiosa ainda por ele ^^

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)