Cinquenta tons de cinza – E.L. James


50 tons cinza

Olá!

Eu sou muito curiosa e não aguentei esperar o lançamento aqui, comprei o ebook em inglês mesmo. A trilogia toda.

50 tons de cinza foi publicado em 2011 lá fora e depois de disputados leilões para compra de direitos, a Intrínseca começa a publicar a trilogia agora, em agosto de 2012.

Detalhe: esse livro não é para menores de idade.

Li no fim de semana o primeiro livro: Cinquenta tons de cinza. Muito já foi dito sobre o livro, que o título é um trocadilho com o nome do Grey ( cinza em inglês) que é personagem principal do livro e etc.

É  com certeza uma febre, que chegou a me lembrar  mais que o necessário, Crepúsculo: menina desastrada, inocente, cara misterioso, com poder e tal e outros detalhes até tolos, que para quem leu ou assistiu ao filme, não passará despercebido. Mas isso é no início, o restante do livro, vai por outro caminho.  Eu sei que 50 tons era uma fanfic de Crepúsculo, mas por exemplo, Entre a nobreza e o crime também, e não é tão óbvio.

Também já li que teve direitos comprados por um estúdio e será adaptado para o cinema, com muitos nomes cogitados, inclusive Robert e Kristen ( Crepúsculo) ainda mais com várias matérias que saíram na mídia sobre traição dela, isso ficou muito em evidência, mas os nomes deles para adaptação eram só rumores. E acho bem pouco provável que seriam eles os escolhidos.

Há muitas atrizes hollywoodianas que dizem ter esse livro na bolsa, fanfic de Crepúsculo, mais o tema: livro erótico e com dominação ( BDSM) junta-se tudo isso, e claro que surge curiosidade instantânea ( me incluo nisso).

Relevando todos esses detalhes e muitas outras matérias publicadas, tentarei ser bem sucinta com a resenha.

Aqui no Brasil,muitos livros que li, tiveram a história atenuada quando se tratava de uma cena mais explícita de sexo ou com palavrões. Como esse livro trata de erotismo, diria até uma pornografia mais light kkkkk , seria descabido uma coisas dessas.

Quem já leu algum livro sobre Dominadores e Submissos vai achar esse light. Já li, como disse, sou curiosa demais. Mas fiquem tranquilos, não é ofensivo ou com cenas que causem danos a uma alma mais delicada.

A história é a seguinte, Anastasia (Ana) vai no lugar de sua colega de quarto, entrevistar o misterioso Sr Grey, pois Kate está doente. Ana é uma boba, onde já se viu entrevistar alguém, mesmo que tenha as perguntas prontas, sem ao menos pesquisar no santo google? Apesar dela ser uma estudante universitária, no último ano… ok, isso dá o tom da inocência dela, sem contar que ela é virgem. É…virgem.

Bom, o cara é multimilionário ( alguém lembra do Roarke, personagem da série mortal da Nora Roberts?, então , o Sr Grey tem o dinheiro e o poder parecidos), é bem sucedido por ser dedicado e é mais perto da realidade . Christian é filho adotivo, competente no que faz, nunca apareceu com namorada em público, misterioso,com compulsão por controle. E ela uma inocente. O cordeiro e o leão. A coitada da Ana faz uma entrada triunfal no escritório dele, caindo de cara no chão. No meio da entrevista, pergunta se ele é gay. E ainda assim rola um clima, aquele que passa uma corrente, uma vibração no ar.

Daí para frente, o Sr Grey, não consegue se controlar e obviamente, vai atrás de Ana. E ele é o primeiro cara que ela tem um interesse a ponto de deixá-la desnorteada. Eles se envolvem, mas Grey tem uma escuridão que começa a se infiltrar em Ana. Ele não suporta ser tocado, gosta de dominar, e guarda muitos segredos. Não está acostumado a dormir ao lado de uma mulher , nem a sexo baunilha (  resumindo é sexo convencional), não gosta de fazer concessões a respeito de sexo, mas Ana acaba sendo uma ótima negociadora e ele se descobre necessitando de Ana. E fazendo ajustes em seu acordo. Sim, eles tem um acordo, um contrato que Ana reluta em assinar, mas o negocia o tempo todo.

Ana o acha lindo, na verdade toda vez que eles estão em público ela chega a se irritar vendo as outras mulheres perderem-se olhando Grey, mas ela não tem noção da sua beleza, Kate diz isso para ela, Grey diz isso também.

O livro tem cenas quentíssimas entre Grey e Ana. E espero realmente que a tradução não acabe estragando as cenas.

Does this mean you’re going to make love to me tonight, Christian?” Holy shit. Did I just say that? His mouth drops open slightly, but he recovers quickly.

“No, Anastasia it doesn’t. Firstly, I don’t make love. I fuck… hard. Secondly, there’s a lot more paperwork to do, and thirdly, you don’t yet know what you’re in for. You could still run for the hills. Come, I want to show you my playroom.”

Tradução no fim da resenha (*)

Ele é totalmente ciumento e ela o chama de perseguidor, isso rende cenas engraçadas como a do email que ela envia dizendo que Every Breath you take ( do Police) é o hino dos perseguidores**  .  O humor dele é muito instável, ele é um enigma. Cinquenta tons de cinza, entende? Cheio de nuances. Ao mesmo tempo que ele tem necessidade de dominá-la, faz tudo por ela, para ela, a protege. Os dois se amam, mas não enxergam isso direito, ela é a luz, ele as sombras.Aos pouco ela vai se infiltrando nele também, conseguindo montar o quebra-cabeça da história do porque ele é assim.

E essa capa… essa gravata tem história 🙂

Não vou falar mais nada aqui pois será spoiler e mais spoiler. Mas posso dizer que a história do livro é boa, e traz ares novos, com esse tom de erotismo. Faltava isso para nós, leitoras, aqui no Brasil. Mas quem já leu Master of Shadowland da Cherise Sinclair, vai achar esse livro light.

Com o perdão do trocadilho infame, precisamos de mais (livros como) 50 tons de cinza para colorir nossas vidas, certo meninas?

Quero completar essa resenha com uma ressalva, a história do livro é boa sim, mas a autora não é uma mestre em escrita, não se aprofunda em BDSM, personagens são bem rasos, mas para um começo nesse gênero, está valendo.

Li o livro em inglês, não sei como ficou a versão em português, assim que lê-lo eu comento aqui. Então leiam sem preconceitos 🙂

Recomendo.

* A tradução do trecho seria mais ou menos isso:

Quer dizer que você fará amor comigo esta noite, Christian? Put… mer… Acabei de dizer isso? Ele fica levemente de queixo caído, mas se recupera rapidamente.

Não Anastasia. Primeiro, eu não faço amor. Eu fod… com força. Segundo, há muito mais papelada a tratar e terceiro, você ainda não sabe onde está se metendo. Ainda pode correr para as montanhas. Venha, quero lhe mostrar minha sala de jogos.

**Música Every breath you take da banda The Police

Every breath you take / Every move you make / Every bond you break/ Every step you take/ I’ll be watching you

A cada suspiro que você der / A cada movimento que você fizer / Cada vínculo, elo, que você quebrar/ A cada passo que você der / Estarei te observando

Abaixo os dados da publicação da Intrínseca

 *** Prometi que falaria o que achei da versão em português. A Intrínseca fez milagres. Falei que a escritora não era nenhum mestre em escrita, pois bem, ao traduzirem, melhorou muito o texto ( hahahah).

Vou aproveitar para complementar uma coisinha que faltou. O Sr Grey tinha tudo para ser um personagem mais desenvolvido, pena que a autora não explorou nem ele, nem o assunto BDSM. A Ana, é meio chatinha, mas pense bem, ela é novinha e ainda não tinha nenhuma experiência sexual, e ela que narra a história, então, dadas as devidas proporções, o livro cumpre o papel para introduzir os leitores nesse gênero. ***

Capa, ficha técnica, sinopse:

50 tons de cinza

Fifty shades of Grey

E L James
ISBN: 9788580572186
Editora:  Intrínseca
Número de páginas: 480
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2012

Sinopse

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seu próprios termos…

 

Obs. O nome da fanfic: Masters of the Universe.

Boa leitura!

See ya!

Rosana

Previous Bem mais perto - Suzane Colasanti
Next Nora Roberts - Dália Azul

41 Comments

  1. […] sobre relacionamentos e o quanto cada pessoa está disposta a ceder pela pessoa que ama.” ? Livrólogos – “… posso dizer que a história do livro é boa, e traz ares novos, com esse […]

  2. Avatar
    Valéria
    08/07/2013

    Tenho a mesma opinião da autora desta resenha, que na verdade, todos são curiosos sobre o tema do livro, mas muitas vezes, se escondem atrás de pudores ou por uma criação arbitrária. Vi na história um poder de transformação de mão dupla, pois ambos levam um ao outro às mudanças de atitudes e sentimentos. Quando se lê sem maldade ou outra intenção, pode-se aprender muito com as sutis palavras da escritora.

  3. […] primeiro livro, 50 tons de cinza ( veja resenha aqui) li antes mesmo de sair aqui pois não aguntei de curiosidade, mas me decepcionei um pouco. A […]

  4. Avatar
    18/01/2013

    Então, finalmente achei alguem que escreveu algo que eu concordei. Ja estava até me sentindo assim a maior retardada de todos os tempos por assumir publicamente que gostei dos livros. Tenho os 3 e ja li e reli varias vezes. Eu sou bobinha e o mundo não perdoa.
    Valeu pela resenha.

  5. Avatar
    Bom Vinho
    17/01/2013

    Os tons de cinza me parecem tons para camuflar o príncipe no cavalo branco, um pouco mais dark e completo que o príncipe, já que o que as mulheres querem é mais o Gray do que um rapaz de calça branca colada.
    Acredito que seja saudável despertar esse desejo nas meninas, por outro lado, seria interessante que elas conhecessem melhor o mundo BDSM e que soubessem com detalhes o que é uma bela trepada BDSM, esse livro é apenas um resuminho suave e doce.

  6. Avatar
    Fernanda Faria
    30/11/2012

    Melhor livro que eu li no ano. FATO!!!!!!!
    Descobri que Grey é o homem dos meus sonhos.
    Não ligo para quem não gosta do livro, e para quem acha o livro ridículo.
    Eu sei que o livro é maravilhoso, e muita gente fala que não gosta por puro preconceito com romances, acho isso tão feio.
    Fico feliz que você goste de romances assim como eu *u* é tão legal ler blog de pessoas que tem gostos parecidos com o seu.

  7. Avatar
    29/11/2012

    Li a trilogia em ebook, e ainda não sei bem minha opinião sobre ela.
    Não amei enlouquecidamente, mas também não odiei.
    Pulei algumas partes pq já estava cansada de tanto sexo, não que eu seja contra ou tenha vergonha, mas p mim se tornou cansativo…
    Fora isso a história é legal, dá p se distrair um pouco, mas não se tornou um dos meus TOP10!

  8. Rosana
    29/11/2012

    oi!
    É uma série: Masters of Shadowland -> http://cherisesinclair.com/masters-of-the-shadowlands-1-club-shadowlands/
    Nesse link do site dela, vc encontra os livros, trechos dos livros e os respectivos links para comprar os ebooks.
    bjks

  9. Avatar
    Jennifer Teixeira
    29/11/2012

    Rosana conte-me sobre este outro livro “Master of Shadowland” da Cherise Sinclair. Não consegui encontrar a sinopse dele e fiquei curiosa para lê-lo. Me diz onde conseguiu acha-lo.

    Obrigada. beijos :*

  10. Rosana
    11/11/2012

    Olá Fernanda, o ebook está a venda em várias livrarias online.
    O Livrólogos não é um blog de download de ebooks piratas.

  11. Avatar
    fernanda cabral
    10/11/2012

    Oi boa noite, eu nunca li livros tão fascinantes.. e estou muito ansiosa e desesperada pra saber o desfecho desta história emicionante. Por isso te peço assim como Anastacia suplica por Christian Grey para tê-lo. Peço-lhe que me envie este livro ” 50 tons de liberdade” para o meu email.

    [email protected]

    POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVOR…
    Desde já agradeço.

  12. Rosana
    25/10/2012

    Oi!
    O próximo está bem melhor escrito, vc vai gostar ainda mais!
    bjks

  13. Avatar
    barbara sant anna
    24/10/2012

    eu amei o livro,e fiquei 50 tons de bege com o autoritarismo de C.G ,terminei ontem e estou louca pelo proximo…

  14. Rosana
    01/10/2012

    Oi!
    Isso mesmo, são continuações. É uma trilogia.

  15. Avatar
    Nicolly
    01/10/2012

    Esses outros 2 livros 50 tons mais escuros e 50 tons de liberdade, são continuação? Vou precisar ler os 3, tipo a Saga Crepusculo, que foram divididos em Crepusculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer?

  16. Avatar
    Izabela
    30/09/2012

    Quando comecei a ler o livro o achei muito parecido com Crepúsculo. Não curti a tradução.
    Acredito que eu seja sensível, pois achei a história pesada demais. Ou na pior das possibilidades talvez eu seja meio Ana.

  17. Rosana
    24/09/2012

    Olá Renata, não possuo o livro traduzido.

  18. Avatar
    Renata
    24/09/2012

    Olá, por acaso tu não tem o 3º livro traduzido??? Se tiver, favor enviar para [email protected]. Muito boa a tua resenha, por sinal. Obrigada.

  19. Rosana
    18/09/2012

    oi!
    É bem isso que vc disse… mas acho que seria mais a linha ”Fuego” da Harlequin 🙂
    Achei a história em si muito boa, só é fraca a escrita e como disse, melhora ao longo do livro e principalmente da trilogia.
    bj

  20. Avatar
    Personal
    17/09/2012

    Então…. estou lendo o livro, vou postar minha opinião agora e mais tarde quando o terminar postarei novamente. Li várias críticas contra o livro e de fato não é tããããoo assim quanto parece, é um estilo Sabrina/Júlia com um toque de sofisticação, pela apresentação etc…
    Até então está repetitivo, fora isso, estou curtindo pelo fato da garota que até conhecer o Grey, era virgem, já aceitar a submissão. a história é curiosa. Por isso estou terminando de ler, isso em 4 dias de leitura.

  21. Avatar
    Lilian
    06/09/2012

    Realmente, parece que esse livro tem despertado algumas reações extremadas: Ou a pessoa adora ou comenta que odiou. Esta foi uma das minhas últimas aquisições. Pretendo lê-lo em breve e tirar as minhas próprias conclusões…

  22. Avatar
    02/09/2012

    Todo mundo anda falando desse livro!
    Em breve espero comprá-lo e lê-lo

  23. Avatar
    Ana Paula Flauzino
    28/08/2012

    Gostei muito do livro, li em três dias e não conseguia parar de ler.

  24. Avatar
    23/08/2012

    Oi! O título é sim um trocadilho. E 50 tons são as nuances, os vários humores, comportamentos, enfim, os vários Mr Grey em um Mr Grey kkkk
    Toda essa falta de jeito da Ana é referência de Crepúsculo ( lembra da Bella, toda desajeitada?)
    A história é legal, a escritora é fraquinha, mas o enredo garante o entretenimento. Conforme vão se passando os capítulos, vc percebe o amadurecimento na escrita da autora. E só melhorou nos outros 2 livros.
    Mas ainda assim, eu chamo esse livro de um YA apimentado. Falta muito para ser um erótico mesmo e de BDSM, quem leu Cherise, vai entender como é bem light.
    Mas como disse é legal. Eu recomendo, para sair da mesmice que andam os livros, uma colorida dessa história, mesmo que seja em tons de cinza, está bom para começar 🙂

  25. Avatar
    09/08/2012

    Uau, então só poderei ler a série ano que vem, rs. Bem, não tenho pressa. Acho, sim, que o título do livro é um trocadilho com Mr. Grey, agora não estou certa sobre a parte dos 50 Tons. Ou melhor, não quero estar certa sobre o que penso, rs. Sua sugestão é bem melhor e mais inocente (mente poluída).

    A protagonista é desajeitada demais. Cair no chão ao entrar na sala? Derrubar as coisas duas vezes só porque está na presença de Mr. Grey? E isso foi só no primeiro capítulo, único que li (degustação e tal). Poxa, há um limite para se rebaixar uma mulher, desculpem-me os fãs.

    No demais, não me interessei tanto pela história. É mais curiosidade porque todo mundo está comentando. Se bem que o final do primeiro capítulo conseguiu me fazer desejar olhar o que vem depois…

  26. Avatar
    05/08/2012

    Rosana já vi uns comentários sobre a tradução, dizendo que não está lá essas coisas.

  27. Avatar
    05/08/2012

    Bom, pode ler que apesar de todo esse mkt em cima do livro, a escritora ser fraquinha, a história não é ruim, senão, como disse, ia tudo para o brejo. bjks

  28. Rosana
    05/08/2012

    Vc vai achar a escrita bem simplória em relação a NR. Isso vc vai. Apesar das cenas Hot ( Já estou no meio do 3 livro) , BDSM só no primeiro e beeemmmmm light, então be cool. Pode ler bjks

  29. Avatar
    05/08/2012

    Eu estou ansiosa para conferir a tradução! Pq em inglês deu para perceber que a escritora não é lá essas coisas, mas o enredo é legal, senão ia tudo para o brejo 🙂 bjs

  30. Avatar
    02/08/2012

    Curiosa, também já li esse livro. rsrsrsrs
    Fiquei até com medo quando disseram que se eu fosse sensível não era para ler. Acho que 50 Tons, realmente é light, mas para leitores já acostumados em ler estórias com esse enredo totalmente erotizado. Achei que não ia curtir, mas até que gostei.
    E como você mencionou Rosana assim que comecei a me aprofundar no livro lembrei logo do Roarke.

    A gravata na capa, caiu como um luva.
    Só espero que a tradução da Intrínseca seja condizente com o original porque para mim uma palavra mal traduzida pode até tira o encanto.

  31. Avatar
    01/08/2012

    Ahhhh, eu estava esperando a sua resenha, Rô rsrsrsrs
    Vou confessar que fiquei um pouco tensa e ainda não sei se compro ou não o livro. Como vc disse que é meio light, acho que rola rsrsrsrs Como eu também sou extremamente curiosa e com uma mente muito fértil, acho que não ler seria pior rsrsrsrsrs

  32. Oiii
    Tenho muuuita vontade de ler esse livro..na verdade, os três livros né.
    A capa e o titulo já são bem chamativos, e quando li a primeira resenha e a sinopse do primeiro livro, gosti muuuuuuuito…
    Quero muuuito ler!!!
    Adorei a resenha..me deixou com mais vontade ainda.
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  33. Avatar
    31/07/2012

    Digo para vc o memso que disse p/ Ba: vc vai gostar. bjks

  34. Avatar
    31/07/2012

    Eu acredito que vc irá gostar. Mas vai achar mais light do que pensava.
    bjks

  35. Avatar
    31/07/2012

    aham ok SANTA, depois vc me conta kkkkkkkk bjks

  36. Avatar
    KassiaCrislayne
    31/07/2012

    OMG! E agora? Tava decidida a não ler e vc me vem com essa resenha? tsc tsc

    Acho que vou atrás desse livro! 😉

  37. Avatar
    30/07/2012

    Rapá, to achando que vou amar odiar esse livro, viu?
    A única coisa boa, por enquanto, foi a informação de que no mesmo leilão que ele foi comprado, vários outros do gênero também foram, por outras editoras.
    Vamos ver se vou gostar desse trem!

    Bjusss

  38. Avatar
    30/07/2012

    OI Rô!

    Eu ainda estou pensando em comprar, só para ver onde a história vai dar…

    Bom saber que o livro não é tão “pesado”, minha alma pura não iria aguentar XD

    *A SANTA*

    ahahahah

    Bjs!

  39. Avatar
    Carla Fernanda
    30/07/2012

    Torço para que a edição nacional tenha mantido o texto integral sem atenuações. Não vejo a hora de conferir isso. rs.

  40. Avatar
    30/07/2012

    O livro é bacana. Mas pelo fuzuê que estão fazendo eu achei que tinha umas coisas muito mais chocantes kkkkk
    Ward escreve coisas parecidas nos livros da IAN, só que a Universo dos livros atenua, tirando palavrões e palavras mais HARD. entende? bjksss

  41. Avatar
    Carla Fernanda
    30/07/2012

    Oi, Rosana.

    Estou ouvindo falar tanto nesse livro, sendo que li algumas opiniões bem divergentes.

    Gostei dos pontos sutis que você citou. Agora fiquei curiosa sobre essa gravata. [risos].

    Ao ler sua resenha, então sinto que darei uma chance à leitura. Esperando o preço baixar para comprar o meu.

    Beijos.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)