Olá!

Comecei a ler o livro e descobri que é uma trilogia #morri . Essa maldição das trilogias e séries não larga do meu pé kkkkk Pelo menos é o livro um. Senão eu estaria perdida, ia correr atrás dos outros feito doida. O segundo livro já foi publicado lá fora e o terceiro a promessa é para 2013, lá fora. Aqui no Brasil Ladrão de Almas tem previsão de publicação para dia 27/09.

Trilogia ” The taker”

  • Ladrão de Almas – The taker ( 2011)
  • The Reckoning ( 2012)
  • The Descent (2013)

 

Peguei o livro e já saí lendo, só a sinopse dele já me deixou muito curiosa e conforme se desenvolve a história, isso só me agradou. A história é sobrenatural e apesar das personagens viverem séculos a fio, não são vampiros. Também não são lobisomens. Achei até o  prórprio nome da autora interessante. E o livro é surpreendente.

A narrativa se passa no presente e no passado, pois o livro começa com Lenny chegando algemada ao pronto socorro, em St Andrew, cheia de sangue e encontrando Luke, o médico , que passa a ajudá-la numa fuga e enquanto isso ela vai contando para ele seus segredos e como ela foi parar novamente em St Andrew e porque não morre.

– Aquilo que você fez na sala de emergência, se cortar…doeu?

– Na verdade, não. A dor é pequena, fica só um pouco dormente, talvez como uma cirurgia depois de uma pequena dose de anestesia.

Tudo começa com a obcessão de amar um garoto de beleza irreal e de classe social totalmente diferente de Lanny. Num lugarzinho inóspito e gelado no Maine, St Andrew é a cidade onde ela vive e Jonathan St Andrew também, já deu para notar pelo nome do sujeito que a cidade foi fundada pela família dele, não só isso, eles são os alicerces de lá, a economia depende deles, há os lenhadores que trabalham para os St Andrew,  tudo é ligado a eles. E nasce seu amor por ele. Tornam-se amigos de verdade, mas Jonathan não ama ninguém, ele é lindo demais e todas mulheres suspiram por ele e os homens o invejam. Eles crescem e a amizade também, mas se por um lado ela o idolatra, por outro ele a encara como um dos caras” , uma amiga. Ele leva para cama uma mulher atrás da outra, envolve-se com mulheres casadas , nunca ama ninguém de verdade. Mas Lenny tem aquela inquietação e claro acaba fazendo sexo com Jonathan, e nessa época a virtude era o ”maior tesouro” de uma mulher, além de poder engravidar, a sociedade marginalizava uma mulher ”perdida”, e essa entrega de Lenny, muda tudo em sua vida.

Ela é enviada a Boston pela família e acaba encontrando Adair e sua corte de pessoas perturbadas, mas com seus destinos entrelaçados. E daí por diante A vida de Lenny  vida muda de verdade. Ela realmente fará qualquer coisa para ter Jonathan pela eternidade  e paga um preço absurdamente alto. Envolve-se com um ser malígno e a um laço que não pode ser desfeito, prendendo o destino dela e mudando a vida de Jonathan junto.

As besteiras que ela faz ” por amor” , veja bem , entre aspas mesmo, pois amor deve ser saudável, além da falta de uma atitude de Jonathan que a liberte dessa obssessão, chega a ser irritante no livro. Não que ela o force a amá-la, mas é bem cômodo para ele , ter Lenny sendo 100% dedicada a ele. Mas por outro lado, o livro descreve locais, épocas passadas e acontecimentos da vida dela, de Jonathan e das personagens envolvidas de uma maneira, que mal conseguimos deixar o livro de lado.

Enrolei o linho do final do verão, refletindo sobre esse estranho relacionamento, amaldiçoando-o por ser inconstante. Afinal, aquele dia, no vilarejo dos McDougal, ele tinha dito que ficaria com ciúme se eu me afeiçoasse por outro menino no vilarejo; e agora aqui estava ele, cortejando Sophia Jacobs.

Também temos o médico, Luke, que não tem mais nada que o prenda a St Andrew. Nem amor encontrou de verdade, seus pais morreram, sua esposa e filhas se mudaram,  e agora está envolvido na fuga de Lenny e totalmente interessado na história que sua nova amiga vem lhe contando.

E no meio desse emaranhado, temos Adair. Só a história dele, já deixaria o livro imperdível de se ler. Envolve alquimia, magia, ódio e amor. Veja uma das consversas de Lanny e Adair:

-Quem é você para falar! – eu disse enraivecida – Quando se fala em amor à beleza, quem é que junta criaturas bonitas em volta de si como um colecionador de artes? Se o amor à beleza é sinal de superficialidade, você é mais culpado do que eu…

– Ah, não se ofenda tão rápido. Só estou brincando. O simples fato desse tal de Jonathan ser o homem que você acredita amar é razão suficiente para eu querer conhecê-lo não acha?

Já no fim desse  livro Lenny tenta se redimir de seus erros, mas muita coisa ruim ainda pode acontecer e o próximo livro da trilogia promete.

O livro fala de amor incondicional, mas eu acredito que a obssessão de Lenny por Jonathan que acabou levando a esse enredo louco, mas quem se dá bem é o  leitor, que tem um livro, com romance, parte sobrenatural e histórica, tudo bem desenvolvido. Além de uma capa linda, e diagramação agradável para leitura. Como já disse, um livro surpreendente que recomendo a leitura.

O interessante é que a a capa nacional é baseada na capa do livro 2 .

Vejam as capas originais:

     

Recomendo!!

 

Capa, ficha técnica, sinopse:

Ladrão de Almas

The taker

Alma Katsu
ISBN:9788581630373
Editora:  Novo Conceito
Número de páginas: 430
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2012

Sinopse

No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela… mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido.

Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação a depende totalmente de seu passado.

De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, The Taker é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.

 

Booktrailer

 

See ya!

Rosana