Olá!

O autor de Noite sem fim , Roberto Campos Pellanda concedeu ao Livrólogos uma entrevista e fala sobre suas inspirações, como é ser autor no Brasil dentre outras coisas.

Para quem ainda não conhece sua obra, veja a resenha aqui no Livrólogos – NOITE SEM FIM

Livrólogos entrevista

por Rosana Gutierrez

Você sempre quis ser escritor?

O impulso de contar e inventar histórias sempre esteve presente na minha vida. Por isso, olhando para trás, considero que quis ser escritor desde sempre.

Começar a escrever foi outra história, e apenas recentemente tornei a minha produção literária mais constante.

Há algum autor (es) que te inspirou?

Muita gente mexeu com a minha cabeça e participou, de uma forma ou de outra, na maneira como eu vejo a literatura.

Apesar disso, eu sempre cito o Robert Wilson, um autor inglês que escreve romances policiais.

Você só escreve literatura fantástica ou outros gêneros? Quais?

O meu chão é realmente a literatura fantástica. Tenho vários projetos dentro do gênero, tanto para o público adulto jovem quanto para o adulto.

Também tenho a ideia de escrever um livro infantil, colocando no papel uma história que venho contando nos últimos seis meses para o meu filho de quatro anos.

Como surgiu a ideia/inspiração para escrever literatura fantástica?

A ideia inicial de Noite sem Fim foi bem visual. Eu tinha aquela imagem de uma pequena cidade medieval onde era sempre noite. Que lugar era aquele? Por que era sempre noite?

A visão era muito clara e eu precisava dar vida a ela. A partir daí, começar a escrever a primeira versão de Noite sem Fim foi um caminho natural.

É difícil ser um autor no Brasil? Como o mercado editorial vê o autor nacional?

A vida de escritor não é fácil, e o autor nacional encontra dificuldades em todas as etapas do seu trabalho.

Quanto ao mercado, acho que o quadro é bem variado. Existem editoras que não abrem espaço para o trabalho feito aqui, enquanto outras publicam escritores nacionais com regularidade.

Há alguma mensagem ou algo que gostaria de acrescentar aos leitores?

Noite sem Fim é uma declaração de amor aos livros e ao que a literatura representa. A trama é também um alerta sobre o que acontece quando uma sociedade, como um todo, para de ler.

Se os livros fazem parte da sua vida, se você não vive sem eles, então a série Além-mar foi escrita para você!

Obrigado a Rosana e ao excelente Livrólogos, pela oportunidade e incentivo. Um abraço a todos!

 

Saiba mais sobre o autor Roberto Campos Pellanda e sua obra na página oficial dele.