Este livro relata, com uma profunda riqueza de detalhes, um conturbado relacionamento entre Helena e sua filha Mariana.

Ao se perceber grávida, decide, antes mesmo de ser mãe, fazer uma análise, uma revisão de seu papel de filha, e tentar compreender o que é ser mãe. Para isso, ela faz um retrospecto minucioso da vida em família, com passagens reveladoras sobre seu comportamento.

Na infância, confusa com as atitudes da mãe em relação à educação dela e de seu irmão Gustavo (Guga) sente-se incompreendida, começa a se isolar em seu próprio mundo, fazendo de seu pai um verdadeiro amigo e confidente.

“ E era em meu pai que eu buscava o refúgio sentimental de que tanto sentia falta”.

Ela e seu irmão Guga se entendiam muito bem, apesar de “ter certeza” de que a mãe gostava muito mais dele. Isso a incomodava muito.

Com o passar do tempo, os problemas familiares se avolumando, o convívio no lar vai ficando cada vez mais difícil. A relação, mãe e filha, se transforma em total rejeição e culpa.

“ E foi assim, entre tantos desencontros, que descobri que existiam duas Marianas: a filha da minha mãe e eu”.

Os pais se separam. Guga vai estudar Oceanografia na Austrália . As coisas não melhoram para Mariana. Ela já é adolescente, mas, em casa, mãe e filha são como duas estranhas incapazes de demonstrar qualquer sentimento. A palavra final era sempre da mãe. Mariana queria sua amizade sem magoá-la. Mas como? Ela preferia a amizade do pai,despertando ciúmes na mãe

Questionava o amor de sua mãe, mas que amor ela oferecia?

“De repente, tudo pareceu tão simples…Era fato o amor que existia entre mãe e filha, mas os caminhos escolhidos para demonstrá-lo não tinham sido os mesmos”.

A capa é bonita, a diagramação é bem agradável a leitura. Um livro sensível e emocionante.

Capa, ficha técnica e sinopse

A filha da minha mãe e eu

Maria Fernanda Guerreiro
ISBN:9788563219152
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 256
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2012

Também em eBook

Sinopse

Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.

 

Book Trailer

Boa leitura

See ya!

Rosana