Olá!

Passei boas horas lendo esse livro divertidíssimo da Galera Record.

Eu amo cinema e adoro acompanhar moda, então cada citação de grife eu não tive problemas em entender do que se tratava. Na verdade, ninguém terá, pois  cada vez que a Taylor falar o nome de alguma grife, é para pontuar como é “chique” e que a celebridade ou fulano está vestido bem. E as citações de cinema, também não deixarão ninguém boiando, pois na maioria são citações de astros de cinema que estão em voga por aí e também é para evidenciar história, mostrar como é o ambiente.

Taylor vai para Hollywood, Los Angeles trabalhar como segunda assistente da “sétima pessoa mais poderosa do mundo do cinema”:Iris Whitaker. Mas ao chegar a Metronome, se depara com Kylie, a primeira assistente que fora promovida do cargo que agora é de Taylor. Kylie é a típica garota popular, rodeada de pessoas, se veste bem e “acha que é o último gole de coca-cola no deserto” e não só isso, passa a sacanear Taylor.

Nossa protagonista é uma boa garota, foi boa aluna na escola, na faculdade de cinema, nunca nenhum expoente, mas teve grande incentivo do professor, inclusive fora sua assistente em uma filme, fato que ajudou a conseguir esse emprego na Metronome. Ah, ela passou anos ( e ainda continua) enviando uma carta ou postal para um diretor de cinema, Michael Deming, que fez o filme Journal Girl, e foi a inspiração para que ela ingressasse nessa área. Mas ele não sabe que é ela, pois ela nunca assina seu nome e Deming meio que “fugiu para as montanahs” depois do seu filme e vive isolado do mundo.

Bom, Taylor entende o ditado “Hollywood é como a escola “, rapidinho. E acaba numa loucura resolvendo pedir ajuda para Quinn, a filha adolescente de sua chefe!!!! Mas Quinn é uma garota mimada e má ( sim, ela é ) , que olha para os outros como se fosse a rainha do mundo, mas acaba ajudando Taylor em troca de um favor que ela vai decidir o quê e quando num momento futuro.

-O que é? – perguntou ela, levantando seus óculos escuros até o topo da cabeça.

Seus olhos eram mais frios que os da sua mãe quando estava analisando a ideia de me despedir.

-Certo, é o seguinte – comecei. -Ontem à noite você disse que eu não era o tipo da Metronome. E você está certa.Eu não sou. Não sou tanto que quase fui mandad embora hoje de manhã.

– Você disse que conhece a Kylie, certo? – argumentei. -E você não exatamente, bem … a ama?

-Sim – disse Quinn, parecendo bem mais interessada. – O que ela fez?

A conversa continua, mas foi nesse trecho que ela vendeu sua alma ( kkkkkk).

Mas nossa heroína acaba virando uma pessoa não muito boa, usa de subterfúgios e jogadas tão sacanas quanto as de Kelly. Sempre orientada por Quinn, que além de dar “dicas” de como agir nesse mundo, traz um saco de lixo ( não em uma sacola ou mala, ou mochila – dá para ver como ela é um docinho)cheio de roupas de grife e acessórios, de suas amigas e dela, mas de coleções passadas e que elas não usam mais, além de um iPhone para se comunicar direto com Taylor.

Assim Taylor passa a agir e se vestir como as garotas do filme “meninas malvadas”. No começo até ela mesmo faz referência a esse filme, achando que não está certa no que faz, mas depois é corrompida.

Uma promoção está por vir e o jogo só piora entre ela e Kylie. E quem sabe no que Taylor pode se transformar. Ela se mete em cada coisa 🙂

O livro é uma delícia de ler, e tem uma boa lição nele. Adorei. Recomendo.

Capa, ficha técnica e sinopse

Hollywood é como a escola

Zoey Dean

Hollywood is like high school with money
ISBN:  9788501090201
Editora:  Galera Record
Número de páginas: 336
Encadernação: Brochura
Formato: 13,5X20,5cm
Ano Edição: 2013

Sinopse

Taylor Henning está prestes a realizar seu sonho ao ingressar na indústria cinematográfica. Mas quando logo na primeira semana nossa heroína nerd encontra desafios maiores do que aprender a mexer na máquina da Xerox – agentes inescrupulosos? Uma primeira assistente nem um pouco interessada em dividir o território? Executivos de criação prontos para roubar ideias e créditos? – Taylor entende que vai precisar de ajuda profissional. E como Hollywood é mesmo igualzinha à escola, ninguém melhor do que Quinn Whitaker para ajudá-la. Ela tem 16 anos, é filha da chefe e superpopular entre as It Girls!

 

 Boa leitura.

See ya!

Rosana