Olá!

Este livro é adulto! Recomendado para maiores de 18 anos.

Quem gosta de livro Hot vai gostar de Proibida – The Black Door. No fim do ano eu fiz a resenha de um outro livro,  “Butterfly” , de outra autora, que em sua trama também tinha um clube exclusivo para mulheres viverem suas fantasias, mas “Probida” eleva a outro nível a história. É combustivo.

A autora, Velvet,  tem outra linha de escrita, além de usar um pseudônimo e manter um mistério sobre si mesma, a sua narrativa tem sexo mais cru e os desejos das personagem são mais óbvios e diretos. A “mocinha”  não é uma virgem cheia de pudor, e a história é cheia de magnetismo e sensualidade. Ela começa bem o livro , mas particularmente achei o desfecho um tanto tolo, o que não compromete a trama. Mas soube que é uma série e aguardo o próximo, ansiosamente.

A advogada, Ariel Vaughn , tem um relacionamento estável com o juiz Preston Hendricks, há uns dez anos; ele é divorciado, mais velho que ela e eles se gostam e entendem-se bem, mas no momento, todo o fogo que os queimava no começo está comprometido, pois o juiz está dedicando-se ao sonho e o ápice de sua carreira, tornar-se um juiz da Suprema Corte. Isso envolve política e o senador Oglesby está no pé do juiz, como um mentor, o auxiliando, para que ele esteja pronto para a indicação.

Mas toda essa preparação e dedicação está deixando Ariel meio de lado. Os dois não tem momentos românticos juntos, o sexo praticamente inexiste, e ela está cada vez mais frustrada, sentindo-se de lado. Apesar de ser uma mulher bem sucedida, carrega uma bagagem emocional, por ter sido abandonada pela mãe biológica, e ido de lar em lar temporário sem nunca ser adotada, e  em momentos assim, sente-se insegura e acha que pode ser abandonada pela pessoas. Apesar de ter o amor da mulher que a criou, em seu último lar temporário , e a considerar como mãe. Toda insegurança se agrava com presença  da nova assistente pessoal do juiz, Michele, eficiente demais, e sem muita noção de decoro. Em certas partes do livro, dá vontade de jogar essa Michele de um trem em movimento kkkk.

A insatisfação de Ariel com o juiz Preston só poderia dar encrenca, claro. Ariel acaba num rompante , usando a máscara de sua melhor amiga, Meri, que adora sexo e está sempre com um acompanhante diferente, e vai ao Black Door. A máscara é para manter o rosto das associadas em segredo e ao mesmo tempo o “bilhete de entrada” para o clube.

“- Molhada e pronta – ela cochichou com voz suave e sedutora, falando através da meia máscara.”

Acontece o que não deveria, ela se envolve com o único que não deveria, Trey, o proprietário, que sabe a identidade de todos e usa uma máscara especial, mantendo a sua identidade em sigilo. Ele tem como regra primordial não se envolver com associadas, mas a química louca entre eles, vira tudo de ponta cabeça. Os dois sentem uma corrente elétrica entre eles, e o fogo não apaga, os consome sem parar…

Ao mesmo tempo, o juiz Preston, de namorado ausente, passa a noivo. Mas as intenções dele sempre visam o cargo almejado. Ariel fica em dúvida, pois está no meio de um turbilhão com seu “amante mascarado” . Não só o juiz tem outras intenções, para mim, Trey também se mostra uma pessoa sem muito caráter.

A vida do juiz está passando por uma pesquisa minuciosa e qualquer coisa pode ser usada para tirá-lo da disputa. O senador o previne que isso é para conter qualquer problema futuro. Preston não tem esqueletos no seu armário, mas as pessoas ao seu redor estão cheias de segredos que podem comprometer sua carreira.

Armações políticas, romance, luxúria, segredos comprometedores e sexo são a tônica da trama, bem escrita, flui e nos deixa ansiosos pela continuação da Série Black Door.

A capa é linda, a diagramação muito agradável à leitura e a trama excelente.Recomendo.

Leia o primeiro capítulo AQUI

capa,ficha técnica, sinopse

Proibida – The Black Door

The Black Door

Velvet
ISBN:9788576798828
Editora: Novo Século
Número de páginas: 228
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23cm
Ano Edição: 2013
Tradução: Debora Isidoro

Também em eBook

Sinopse

Entre o importante trabalho como sócia de uma firma de advocacia e o relacionamento com um dos solteiros mais cobiçados de Nova York, Ariel Vaughn parece ter tudo. Mas o sexo com o juiz Preston Hendricks havia esfriado consideravelmente. Por meio de um atraente acompanhante da Black Door – uma boate de elite que satisfaz os desejos carnais de algumas das mulheres mais ricas de Nova York – ela se encanta com um mundo de tentação irrestrita.

Dentro da Black Door, máscaras elaboradas escondem as identidades do mundo real e o sexo é mais selvagem do que Ariel jamais conseguiu imaginar. Porém, as coisas fogem do controle e sua vida sexual entra em conflito com a real. Ela vai conseguir abrir mão de prazeres ilimitados? E quando ela descobrir a chocante identidade do homem mascarado, com quem viveu suas noites mais intensas, será capaz se afastar de lá?

Compre o livro em um dos links abaixo e ajude o Livrólogos 🙂

Saraiva

Extra

Boa leitura.

See ya!

Rosana Gutierrez