Olá!

Franck Thiliez é agora um dos meus autores favoritos. “A Síndrome E” é o livro de debut dele fora da França. Autor francês, com mais de 10 obras publicadas, já teve uma de suas obras,  La Chambre des morts, adaptada para o cinema e outras para a tv. Ele é um escritor incrível, detalhista, focado em fatos reais e cintifícos que usa em suas obras, e nos deixa atento e presos a história do início ao fim.

A Síndrome E é um thriller policial que mistura conspiração, medicina, tortura, morte violenta e uma intrincada trama, onde peças do quebra-cabeças vão se juntando a cada passo das personagens. O autor usa fatos científicos e experiências feitas na medicina, mesclados com ficção, criando algo muito palpável. Você consegue acreditar na possibilidade de existir algo semelhante na vida real.

É uma série, e apesar desse livro não ser o primeiro, a leitura não fica comprometida. Mesmo havendo fatos do passado dos protagonistas que os tornaram como são hoje.

A dinâmica de livros e filmes franceses é um pouco diferente. Sou muito fã do cinema e literatura francesa, e posso afirmar, que são detalhistas, e as relações humanas e impacto da trama são bem fortes.

Eu com meu francês de jardim de infância, já fui correndo atrás dos outros livros da série, disponíveis ainda só em francês. No site do autor, há informações sobre a publicação de suas obras em outros países, inclusive, do próximo livro da série, Gataca, no Brasil.

Site do autor

Esclarecimentos sobre a série

A Síndrome E faz parte de uma série que não tem nome, e por isso os protagonistas deste livro, aparecem resolvendo casos, em livros anteriores na série. E até a ordem cronológica, em determinado ponto, não é bem linear. Por exemplo, cronologicamente falando “La chambre des morts” tem fatos que ocorrem antes de “La Mémoire fantôme” .

Até o livro A Síndrome E, os protagonistas Franck Sharko e Lucie Hennebelle não se conhecem, à partir deste livro, a série passa a ter os dois trabalhando juntos nas investigações. Ou seja, seria o terceiro livro somente se considerarmos os dois protagonistas , talvez seja isso que tenha feito aparecer informações confusas na internet, dizendo que A Síndrome E é o terceiro livro da Série. Não é. É o quinto livro da série. Veja abaixo :

  1. Train d’enfer pour Ange rouge (2004) 1°livro de Sharko
  2. La Chambre des morts (2005) – 1° livro de Lucie
  3. Deuils de miel (2006) – 2° livro de Sharko
  4. La Mémoire fantôme (2007) 2° livro de Lucie
  5. Le Syndrome E (2010) – A Síndrome E ( Intrínseca – 2013) – 3°livro de Lucie e 3°livro de Sharko
  6. Gataca (2011) – 4° de Lucie e 4° de  Sharko
  7. Atom[ka] (2012) – 5° de Lucie e 5° de Sharko

Semana que vem, postarei a resenha e detalhes sobre o filme “La Chambre des morts”, adaptação do cinema francês para obra homônima de Franck Thilliez.

Eu gosto das informações bem detalhadas, e não consigo ler uma série fora de ordem. Por isso pesquisei e comprei os outros livros 🙂

Agora sim, a resenha!

Na trama o comissário Franck Sharko ( que é esquizofrênico, toma medicação e convive com uma alucinação, uma garotinha chamada Eugènie) tem seu caminho, durante uma investigação, cruzado com o da tenente Lucie Hennebelle .

A história começa com Ludovic, um colecionador de filmes antigos, comprando rolos de filmes antigos, em resposta a um anúncio de venda, feito pelo filho de um colecionador, que perdeu o pai e queria livrar-se ” da velharia” para ocupar o local com outras coisas. Até aqui, nada de mistério. Mas, quando Ludovic assiste ao filme, fica cego.

Ludovic é um ex-namorado de Lucie, e vendo-se cego, devido ao filme, pede ajuda à ela. Lucie está em um momento crítico, uma de suas gêmeas está numa colônia de férias, e a outra internada com problemas de saúde. Lucie apesar de estar em férias, para cuidar de sua filhinha, acaba indo investigar o que levou seu amigo a ficar cego. Ele é diagnosticado com “cegueira histérica”, não sendo permanente, ele se recuperará. E, Lucie, vai a casa de seu amigo, assiste ao filme, e sente um incômodo. Leva o misterioso filme a um especialista, que esclarece algumas dúvidas, e acabam descobrindo um filme sobre outro, levando a um outro especialista. Tudo isso está ocorrendo na região norte da França .

“—Não havia uma lona ou acondicionamento especial em torno dos cadáveres?

—Não. Nem roupa. Estavam completamente nus. No que se refere ao sujeito mais bem conservado, haviam…esfolado parte do corpo. Os braços, o peito. Vi com meus olhos, cacete… Era uma laranja descascada. Você pode imaginar. pág 25”

Enquanto isso, do outro lado da França, Sharko vai a cena de um crime, com cinco cadáveres, irreconhecíveis, com crânios seccionados, sem os cérebros e sem os olhos. Quem seria capaz de tal violência? Sharko é como um perfilador, e apesar de sua doença, um excelente policial, e por experiência própria, conhece o mal no ser humano.

São dois casos que não parecem estar interligados, mas que acabam por se cruzarem. Durante as investigações, outras mortes com requintes violentos acontecem, estão encobrindo algo muito ruim e não deixando testemunhas?

A investigação passa pela França, mas tem desdobramentos no Canadá e Egito. Sharko e Lucie estão no meio de uma trama intrincada.

Somos sugados pela história, o suspense nos prende o tempo todo. Tudo começa devido a um filme misterioso que mexe com o nosso cérebro. O autor nos leva a questionar o que nos é jogado diariamente, passando por nossos olhos, e armazenados em nossos cérebros. Como mencionei no início, o autor usa fatos reais e científicos, nos deixando a seguinte dúvida no ar: Que resultado essas imagens que sequer percebemos, essa enxurrada de informações entremeadas em coisas inofensivas, podem desencadear em nós?

O final é arrebatador. E mal posso aguardar Gataca.

Um livro imperdível. Recomendo.

Um ponto muito importante é a tradução do livro. Impecável. O francês, como o português é cheio de nuances e regras. E a Intrínseca está de parabéns. Isso sem contar ainda o projeto gráfico e revisão. Excelentes.

Leia um trecho – aqui

Capa, Ficha técnica, Sinopse

A Síndrome E

Franck Thilliez
ISBN: 9788580573237
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 360
Encadernação: Brochura
Formato: 16  X 23 cm
Ano Edição: 2013
Tradução : André Telles

Também em eBook

Sinopse

Um estranho caso vem atrapalhar as férias de verão de Lucie Henebelle, tenente de polícia em Lille, onde mora com as filhas gêmeas. Um de seus ex-namorados ficou cego depois de assistir a um estranho vídeo.

Simultaneamente, o comissário Franck Sharko, veterano da Divisão de Homicídios e analista comportamental na Divisão de Repressão à Violência, tenta curar uma esquizofrenia crônica. Mesmo assim, a pedido de seu superior e contra a vontade de Eugénie, a garotinha imaginária que o segue desde a morte de sua mulher e de sua filha, Sharko decide acompanhar a investigação de um crime violento. No norte da França, cinco cadáveres não identificados foram encontrados sepultados a dois metros de profundidade. Os corpos foram mutilados e estão em estado avançado de decomposição.

Enquanto Lucie descobre os horrores escondidos no enigmático filme, um misterioso informante do Canadá aponta-lhe o elo existente entre aquele rolo e a história dos cinco cadáveres. Um único e mesmo caso, graças ao qual Lucie e Sharko, tão diferentes e ao mesmo tempo tão próximos em sua concepção do ofício, se encontrarão. Seguindo pistas que se espalham por três continentes e cinco décadas, os dois colegas irão se deparar com um mal desconhecido, batizado como “síndrome E”. Uma realidade assustadora que revela como o ser humano pode ser capaz das maiores atrocidades.

Compre o livro em um dos links abaixo e ajudo o Livrólogos 🙂

Submarino

Saraiva

Fnac

Livraria da Travessa

Livraria da Folha