Nicholas Sparks – Um porto Seguro


A resenha de hoje é do autor bestseller Nicholas Sparks.

Porto seguro é um romance sensível que nos mostra que o amor é importante para um relacionamento feliz, mas nem tudo pode ser praticado em seu nome. Quem ama, cuida, não é?

“Ele a amara desde quando conversaram pela primeira vez em Atlantic City. E eles eram felizes, não é mesmo? Ele fazia com que ela se sentisse segura.”

Katie trabalha no Ivan’s, restaurante tradicional da pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, para onde se mudara recentemente.

“A movimentação do jantar foi até às 9 horas da noite..e as últimas mesas terminavam o jantar.Uma delas estava ocupada por um casal jovem, e ela viu os anéis em seus dedos quando se deram as mãos por sobre a mesa.”

Isso fez Katie sentir um dèja-vu tomar conta de si. Há muito tempo ela tinha sido como eles , ou pensou que havia sido, porque hoje sabia que aquele momento foi pura ilusão.

“Katie desviou os olhos do casal feliz e desejou apagar sua memória para sempre e nunca mais voltar a ter aquela sensação.”

Katie gostava desse lugar. Southport era diferente de Boston, Filadélfia e até de Atlantic City.Katie é reservada e cautelosa, pois sabe que um pequeno deslize a fará reencontrar com o pesadelo do passado vivido por quatro anos. Ela sabia que viver em uma cidade pequena significava que seu isolamento não duraria muito, pois tinha que sair para trabalhar, fazer compras e caminhar pela cidade. Misteriosa, evitava laços pessoais, mas a força das circunstâncias a faz encontrar duas pessoas que se tornam próximas a ela: Jo que mudou-se para a casa ao lado e Alex, um viúvo, de bom coração, que tem dois filhos pequenos (Josh e Kristen). Alex é dono da Loja de Conveniências onde Katie compra gêneros alimentícios. Com a convivência, Katie se percebe apaixonada por Alex, tendo, portanto, de enfrentar o pesadelo do passado, segredo guardado que a amedronta e a assombra. É o passado que a fez cruzar o país. Jo, a amiga de todos os momentos, a faz refletir sobre o futuro. Katie sabe que precisa abrir seu coração, e escolher entre uma vida de suposta segurança (do passado), e outra recompensadora, embora para isto, corra perigosos riscos.

“E que, no momento mais sombrio , o amor é seu único refúgio.”

Capa, diagramação, papel agradáveis à leitura. Um livro sensível. Recomendo.

Capa, ficha técnica, sinopse

Um porto seguro

Nicholas Sparks
ISBN:  9788581630045
Editora:  Novo Conceito
Número de páginas: 384
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2012

também em eBook

Sinopse

Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas… e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

Boa leitura.

See ya!

Rosana Gutierrez

Você pode comprar o livro em um dos links abaixo e ajudar o Livrólogos 🙂

Saraiva

Submarino

Fnac

Livraria da Folha

Previous Franck Thilliez - A síndrome E
Next Laurie Halse Anderson - Fale! - Lançamento VAlentina

3 Comments

  1. Larissa Rocha
    05/11/2013

    NOSSA esse é um dos primeiros livros que estao na minha lista de leitura!! Apaixonei com o filme. Achei a história muito bonita, e sendo uma boa leitora sei que o filme por mais fiel ao livro nao consegue transmitir a mesma emoçao. A interpretaçao que nos mesmo fazemos nao tem preço comparada com as imagens prontas de um filme. Sou amante dos filmes no que diz respeito ao Nicholas Sparks e ele sempre tem um ensinamento para nos em suas historias. Consigo ver (nas devidas proporçoes de que nem todo mundo tem sua foto espalhada com ”Procura-se” pelo país) uma historia de superaçao, de recomeço. Consigo ver duas vidas antes destruidas se começarem, acho que essa historia é uma ótima forma de retratar a famosa frase de Fernando Sabino: No fim tudo dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim. Gostei muito quando se retratou do livro como um romance sensivel. Acho mesmo que nem todas as pessoas que o leem tem capacidade de tirar todas as liçoes que tem por tras da historia, ficando com sempre os mesmos argumentos de que é ”só mais um romance agua com açucar”. Excelente resenha me deu ainda mais vontade de ler e ótimo blog (=

  2. Fellipe Ramos
    31/07/2013

    Tenho corrido dos livros do Sparks, porque ele é um autor muito bom e consegue sempre deixar o leitor devastado com os seus livros, porque ele sempre tem que matar alguém… não sei se nesse livro acontece isso, mas não tenho interesse em lê-lo por agora!

  3. 23/07/2013

    Eu gosto demais dos livros do Nicholas, são histórias simples mas muito bem contadas, essa perece diferente das outras mas tenho certeza que tem a essência do autor, quero muito ler.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)