O Preço da Vitória – Harlan Coben


Por Valery Ortega

Adoro os livros do Harlan Coben. Indico para quem gosta de um bom mistério, de seguir passo a passo as pistas, e uma bela reviravolta na história. E em O preço da Vitória, isso é marcante.

Há anos Myron Bolitar, o protagonista da série, sofreu uma lesão no joelho e teve que abandonar as quadras de basquete. E desde então, junto com Win, estão sempre em algum caso complexo e frenético. Desta vez, o palco da trama não são as quadras de basquete, como no livro da última resenha – Sem deixar rastros – são os campos de golfe. A importantíssima competição dos Jogos Abertos do Estados Unidos e como vítimas Linda e Jack Coldren, um casal com realidades opostas. Jack Coldren é um golfista veterano, conhecido como fracassado por conta de um acontecimento em sua última participação nos Abertos, há cerca de 25 anos. Ele continuou a praticar, porém durante 20 anos não conseguiu sequer classificar-se para os Abertos, novamente . Já Linda, o inverso. É de longe, a golfista, líder mundial na categoria, e cada vez soma mais méritos à sua carreira.

O filho do casal, Chad Coldren, foi sequestrado, e os raptores deixaram bem claro que não deveriam envolver as autoridades. Mas não disseram o que queriam em troca do garoto. E assim, o pai de Linda procura Myron Bolitar e pede por sua ajuda nesse caso. Myron Bolitar estava assistindo aos Jogos Abertos, na companhia de Win, buscando novos clientes para agenciar.

A princípio ele estranha, mas logo percebe que chegaram a ele por indicação da mãe de Win, a qual ele mal conhece. Por conta do envolvimento da mãe, Win prontamente se nega a cooperar e deixa Bolitar por conta própria, o que dificulta muito as coisas. Myron sente-se perdido, até que Esperanza , que além de trabalhar com ele e ser sua amiga, sai do escritório para auxiliá-lo na investigação.

Novamente acaba como detetive e Myron Bolitar começa a investigar. O fato do garoto ter desaparecido, antes do início dos Jogos Abertos, elimina a possibilidade de retaliação a Jack, para que perdesse novamente a competição, depois de uma chance de se redimir, após tanto tempo fora da competição. Myron explora a possibilidade de terem forjado essa situação, para extorquir financeiramente os pais, porém não deixa de considerar todas as possibilidades.

Nesse livro, muitas lacunas sobre Win são preenchidas e entendemos o que a mãe de Win fez a ele no passado.

Um ótimo livro policial, recomendo.

Mesmo quem não acompanha a série, pode ler o livro, ou fora de sequência.

Capa, diagramação e revisão impecáveis. Recomendo

Série Myron Bolitar de Harlan Coben

Site do autor – Harlan Coben

Fui pesquisar na internet a ordem da série e pelo site do autor e pela Arqueiro, e a ordem é:

1 – Quebra de confiança (Deal breaker) – (Editora Arqueiro, 2011)

2 – Jogada mortal (Drop shot – 1996) -(Editora Arqueiro, 2012)

3- Sem deixar rastros (Fade away  – 1996) – (Editora Arqueiro)

4- O preço da Vitória (Back spin – 1997) 

5- One false move – 1998 (previsão lançamento 2013)

6- The final detail -1999 ( ainda não publicado Brasil)

7- Darkest fear – 2000 ( ainda não publicado Brasil)

8- A promessa (Promise me – 2006) – (Editora ARX, 2008)

9 – Quando ela se foi (Long lost -2009) – (Editora Arqueiro, 2011)

10 – Alta tensão (Live wire – 2011) – (Editora Arqueiro, 2011)

A editora ARX publicou “A promessa”, os outros saíram pela Arqueiro.

Leia um trecho AQUI

Capa, ficha técnica, sinopse

O preço da Vitória

Back Spin

Harlan Coben
ISBN: 9788580411232
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 256
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2013
Também em eBook

Sinopse

Myron Bolitar não é fã de golfe, mas, ao ser convidado por seu amigo Win para assistir ao Aberto dos Estados Unidos, aproveita a oportunidade para tentar conquistar novos clientes. E é o que acontece quando ele é procurado pelo pai de Linda Coldren, a golfista número 1 do ranking. Antes que perceba, Myron está novamente atuando como detetive, em busca de Chad, o filho de Linda que sumiu há dois dias. O desaparecimento é mais um peso sobre os ombros do pai do garoto, o também golfista Jack Coldren, que lidera o torneio e luta para não repetir seu inexplicável fracasso de anos atrás. Win se recusa a ajudar no caso ao ser informado de que foi sua mãe, com quem não fala há anos, que recomendou Myron à família Coldren. Mesmo sabendo que ela está à beira da morte, prefere manter distância.

Boa leitura.

 

Previous J.K. Rowling escreve novo livro sob pseudônimo de Robert Galbraith
Next The Big Bang Theory - The Holographic Excitation

4 Comments

  1. Avatar
    Fellipe Ramos
    31/07/2013

    Esse autor é muito recomendado e realmente parece escrever policias otimos como esse parece ser, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dele, mas tenho vontade!
    Sobre esse livro em questão parece ser bem interessante, pena que a editora publique toda a série em desordem, mesmo que possa ler dessa forma eu preferiria na ordem!

  2. Oi Valery, sou fã deste autor, mas infelizmente já tem um tempo que não leio nada dele. Este livro com certza já está na minha lista.
    Bjs, Rose.

  3. Avatar
    16/07/2013

    Ele é o autor favorito da minha melhor amiga, mas até hoje não li nada dele, mas só ouço elogios, vamos ver se crio vergonha e pego algo para ler, gostaria de começar pelo primeiro do
    Myron.

  4. Avatar
    Tainara H.
    16/07/2013

    Harlan Coben é o meu ator preferido (junto com o Michael Connelly) mesmo que eu só tenha lido cinco de seus inúmeros livros. Primeira vez que eu vejo a ordem exata da série Myron Bolitar e já vi que li tudo errado. Li primeiro “Quando Ela Se Foi”, depois “Quebra de Confiança” e os outros não li ainda, nem “Sem Deixar Rastros”. Gostei da história do livro e acho que todos que já leram um livro dessa série tem curiosidade em saber melhor o que se passou na vida de Win para que ele ficasse daquele jeito “peculiar”, hehe. Só por isso já estou interessadíssima nesse livro e, claro, pretendo completar a coleção do Coben, é minha prioridade pras próximas compras. Quem sabe “Sem Deixar Rastros” desbanca “Cilada” e se torna meu livro preferido do autor? Adorei a resenha. ;D

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)