Ciao, gente!

Esse ano é ano ímpar, e isso significa: BIENAL DO LIVRO NO RIO! Não tem época mais esperada por mim nessa vida. Por isso, decidi falar um pouquinho com vocês sobre o evento em geral. Vou dividir em quatro posts: O Evento, Os Stands, Autores Nacionais e Autores Internacionais. E, a partir do dia 29, tem cobertura do evento com muitas fotos para vocês!

A Bienal é um evento enorme e, como sempre, vai acontecer no RioCentro, que tem um espaço absurdamente enorme para o evento acontecer sem nenhum imprevisto. É tudo muito organizado, mas como qualquer evento de grande porte, a Bienal fica lotada demais. E por mais que eles tentem, não tem como evitar uma coisa: filas. Você vai encontrar filas para tudo. Para comprar o ingresso, para comer, para pegar senha para os autores (nesse caso você precisa de fôlego, paciência e um milagre). Os stands ficam lotados nos fins de semana, e é preciso ter muito jogo de cintura para saber aproveitar o evento. Mas vale a pena, e muito!

Como eu já tinha dito, o evento é muito organizado, então a agilidade costuma ser grande, pelo menos nos stands e na bilheteria. Mas, na fila da comida, é bom você se preparar: viu uma lanchonete vazia, aproveita pra comprar logo, porque, se você piscar os olhos, vai encontrar uma fila quilométrica e gastar preciosos MUITOS minutos esperando por uma fatia de pizza ou um hambúrguer. Sem contar que, além de não ter muita variedade (graças a Deus, porque imagina a lerdeza que ia ser se as pessoas pudessem escolher entre muitas coisas?), as coisas costumam ser bem caras. Portanto, vá preparada para gastar com comida, ou leve seu lanche de casa.

Outra coisa que você precisa saber é: a Bienal é enorme, e você vai andar muito. Portanto, nada de roupas desconfortáveis. É melhor usar seu tênis detonado e aguentar perambular pelo evento durante horas do que usar aquela sapatilha maravilhosa que vai acabar com seus pés em uma hora. Roupas e sapatos confortáveis são a palavra chave para curtir a bienal de verdade.

Uma dica de veterana nos corredores da bienal: leve uma canga, para estender nos gramados que ficam entre os pavilhões da feira. Não existem muitos lugares onde você possa sentar, a praça de alimentação costuma ficar cheia, então é melhor garantir a sua pausa nessa maratona.

Faça sua pesquisa, mas não perca as oportunidades. Se você estiver procurando um livro específico, pesquise o preço dele nos stands, tanto da editora quanto das livrarias, que sempre marcam presença. Mas não dê bobeira: viu o livro por um preço irresistível? Compre logo. As promoções muitas vezes são relâmpago, e às vezes servem apenas para um número específico de exemplares. Pode ser que você saia para pesquisar e quando voltar não encontre mais o livro barato. E aproveite essas promoções loucas e repentinas para comprar títulos que você nunca pensou em ler e aumentar sua gama de conhecimento. As livrarias costumam colocar umas bancas com promoção do nada, e eu já encontrei muitos livros maravilhosos por preços mega baratos. E, ao mesmo tempo, encontrei livros muito, muito caros. Nesse caso, dê uma volta e pesquise bem antes de comprar.

A Bienal conta com vários eventos muito bons durante toda a sua programação. Bate-papo com autores, conversas informais sobre temas específicos, encontros de fãs… A programação da Bienal já está toda no site, portanto, é só dar uma olhadinha e anotar o que você quer assistir.

Aqui em casa o hábito de ler é apoiado desde sempre, e todos somos leitores (alguns mais ávidos, outros nem tanto). E a Bienal é o lugar perfeito para fazer alguém se apaixonar pela leitura. Tem livros para todo tipo de pessoa: bebês, crianças, idosos, adultos, professores, advogados, loucos por futebol, por fantasia, por religião… É impossível alguém sair de lá sem encontrar pelo menos um livro que o agrade. Portanto, aproveite a oportunidade de levar mais alguém para o mundo da leitura!

Adoro ver como um evento literário tem dimensões tão gigantescas, pelo menos uma vez a cada dois anos, aqui no Rio. Ainda não somos um país de leitores, mas estamos caminhando para isso, e é isso que importa. Na Bienal você vai encontrar todo tipo de gente, vai ter a oportunidade de conhecer os autores dos seus livros preferidos, vai poder conhecer novos títulos, e até mesmo fazer amizade com algumas das milhares de pessoas que vão circular pelos corredores da Bienal em 11 dias de evento. Porque, no final, estão todos juntos pelo mesmo propósito e paixão: os livros!

A Bienal acontece de 29 de agosto à 08 de setembro. Para mais informações como: como chegar, eventos, horários de funcionamento, acesse o site oficial.
No próximo post vou falar sobre os stands mais procurados na bienal!
Beijos!