O primeiro fim de semana de Bienal – 2013


Eu sou uma visitante assídua das Bienais do Livro aqui no Rio. Vou desde os sete anos, e não perco por nada nesse mundo. De verdade. Sempre me divirto, sempre saio de lá mais feliz. Mas esse ano a Bienal tem sido uma experiência magnífica pra mim. Não só porque encontrei com muitos amigos queridos por lá, e pudemos estar juntos em um lugar rodeado do que a gente mais ama, mas também porque estive lá curtindo tudo como parceira das editoras (thanks, Rosana, pela oportunidade maravilhosa :D). Não tem coisa mais divertida que a Bienal do Livro, e esse ano eu estou aproveitando todos os segundos.

Pra vocês terem uma noção: fui quinta, sábado e domingo, e nos dois primeiros dias eu cheguei às 10:00 e saí às 22:00. Sim, 12h de evento em cada dia! Domingo eu fiquei bem menos, saí às 14h, porque já não era ninguém e minhas pernas estavam pedindo para eu descansar um pouco.
O lugar lotou em todos os dias que eu fui. Quinta-feira, mesmo sendo dia de semana, encheu bastante, mas ainda dava pra andar sem precisar se esgueirar pela primeira frestinha que você visse. Sábado e Domingo a Bienal estava lotada desde as 10h e ao 12h ja tinham estandes fechados para o público, que tinha que esperar que um consumidor saísse para que outro entrasse, tamanha a procura!

Uma das coisas mais legais da Bienal são os estandes das editoras. Eles fazem de tudo para tornar o ambiente muito mais bonito, e esse ano eles arrasaram! Tirei muitas fotos, mas só dos estandes que achei mais legais ou que davam pra eu fotografar (tinha alguns tão cheios que não dava para entrar).


O estande da Novo Conceito foi um dos que, de longe, chamaram mais atenção do público. Com esses livros enormes no estande, fica difícil não se encantar, não é?

Achei ele lindo demais (dá pra perceber pela quantidade de fotos que eu tirei do mesmo estande rs).

(Nossos PRECIOSOS <3 )

(Olha o tamanho desses livros, gente!)


O estande da Intrínseca não fica pra trás e me conquistou com os painéis ao seu redor. Sem contar com as promoções sensacionais que eles fizeram, que me fez voltar pra casa com muitos livros!

(Bling Ring arrasando na frente do estande)

Não dá pra estar mais ansiosa por esse livro que minha irmã, gente. Ela quase levou a lateral do estande pra casa.

MARCADORES <3
Nora Roberts me dando as boas vindas <3

O estande do Grupo Editorial Record estava lindo demais! Cheio de posters gigantes dos lançamentos, e com todos os livros que você pode imaginar dos selos do Grupo, o estande era um dos mais visitados. Sem contar que eles fizeram decorações lindas por lá.

Gente, o que eram esses livros? Doeu meu coração quando vi que eles furaram pra pendurar, mas achei muito legal deixá-los ali para as pessoas lerem 😀

Um dos corredores do estande da Record. É ou não é pra chorar?

Não vou comentar essa absurda quantidade de livros diferentes, porque se eu continuar olhando pra essa foto, meu coração não aguenta.

A Sextante decorou o estande com as capas do livro, e a vontade era de ficar apontando e dizendo: eu tenho, eu tenho, não tenho, eu tenho… coisa fofa!

Harlam Coben, Julia Quinn e Nicholas Sparks: muito amor pra comprar 🙂

JAMES PATTERSON 😀

Ediouro arrasando!

Essa frente do estande da Ediouro está maravilhosa! Linda mesmo, dá vontade de levar pra casa.

Um dos estandes mais lotados e completamente intransitável era o da Panini. Lotou em TODOS os dias do evento, como sempre acontece 🙂

O estande do submarino estava lindo como sempre, com livros disponíveis para folhear (não para levar pra casa, as compras são online) e eles fizeram vários bate-papos com os autores!

A Editora Valentina estava com um estande muito fofo e recheado de marcadores e livretos de suas obras!


A Leya levou os fãs de Game Of Thrones à loucura com o Trono de Ferro. Teve fila na frente do estande em todos os dias de Bienal para tirar fotos.

O estande da Rocco, que abriga algumas das nossas séries preferidas (Jogos Vorazes e HARRY POTTER) estava lindo. Mas nem precisava, porque só os livros deles já me faziam feliz.

Clarice, a autora mais citada nas redes sociais (muitas vezes em frases que nem são dela) divando no estande.

E um pedaço todo dedicado a Divergente e Insurgente!

E, para finalizar esse post gigante, o Planeta Ziraldo, que não é um estande, é um espaço fixo e lindo onde você encontra o escritor de O Menino Maluquinho todos os dias da bienal!

Os estandes ficaram lindos, né? Eu fiquei apaixonada. Amanhã conto a minha loucura com os autores que eu persegui por lá!
Beijos!

Previous The Big Bang Theory - The Santa Simulation
Next Companhia das Letras - lançamentos Setembro 2013

2 Comments

  1. 03/09/2013

    Dá sim, Matheus! Uma vez que você chegue no pavilhão azul, encontra fácil os estandes (mais facilmente que pelo mapa, tenho que ser sincera). Aproveita, que depois só em 2015!

  2. matheus
    03/09/2013

    Amei seu post! Deu mais vontade ainda de ir!
    Dá pra encontrar fácil os stands da Leya e da Intrínseca ? Por que no site da Bienal tem o mapa, mas não serve de nada não mostra aonde ficam os stands! uhuashauh

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)