Olá!

Eu adorei esse livro. É uma distopia, com adolescentes e outros clichês, mas diferente. Nos faz pensar se algo assim não seria possível. A história se passa na Inglaterra, no futuro, mas não muito diferente de nossa realidade. Há a Coalizão Central e os Terroristas ( TAG). O governo e os que são contra.

É o primeiro livro da trilogia Reiniciados, e o primeiro livro que recebi de nossa parceira Farol Literário.

Reiniciados

  1. Reiniciados( 2013) –  ( Slated – 2012);
  2. Fractured (Slated 2 – 2013) ;
  3. Shattered (Slated 3 – 2014) .

A Coalizão Central “mantém” a ordem, e ao invés de uma punição severa, apagam a memória dos criminosos ( terroristas,rebeldes, etc)  dizendo que assim eles terão uma nova chance. Somente adolescentes até 16 anos passam por esse procedimento e são mantidos sob vigilância, usando uma pulseira que monitora seu grau de felicidade, chamada Nivo e vivendo com uma nova família adotiva.

Quem é você? É uma das questões principais. Sem memória … Kyla, apesar de sem memória, seus músculos sabem o que fazer quando ela dirige o carro de Jazz, namorado de Amy, sua irmã. Kyla é diferente. Ela não se lembra de nada, mas aprende mais rápido, ouve vozes, tem pesadelos estranhos onde vê coisas que não aconteceram com ela, seu Nivo reage de maneira diferente, os níveis não despencam ao sentir raiva, e reiniciados não são agressivos, a pulseira os derruba, praticamente os desligando e se tentarem remover o Nivo, ele provoca dores horríveis. É ligado ao cérebro.

O problema é  que cidadãos comuns estão sumindo, e não são só criminosos que podem estar sendo Reiniciados. Na escola, os Lordeiros, agentes que comumente são quase invisíveis, já vieram buscar alunos e professores. Algo estranho está acontecendo.

— Essas cosias não são ações de uma boa menina Reiniciada. Estou sendo monitorada e observada, lembra? Se começarmos a espalhar por aí o que houve, eles podem descobrir algo sobre mim que não gostem.

A família adotiva de Kyla é muito estranha, você vai oscilar entre gostar da mãe ou do pai, ambos cheio de segredos, já Amy, sua irmã adotiva é boazinha e aparentemente neutra na história, até certo ponto.

Há vários outros personagens interessantes, mas há Ben que logo se aproxima de Kyla. É uma graça, os dois fazem um agradável par, mas como uma boa trama, isso não é tão linear e fácil assim. Não se pode confiar em ninguém.

A história flui muito bem, Kyla cresce, de uma aparência frágil para uma pessoa muito forte, conforme vai se “lembrando”, e a autora mantém o clima tenso até quase as últimas páginas, terminando com um cliffhanger que nos deixa ansiosos para ler a sequência.

Capa, ficha técnica, sinopse

Reiniciados

Slated

Teri Terry
ISBN: 9788562525728
Editora: Farol Literário
Número de páginas: 432
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2013
Tradução: Flávia Côrtes

Sinopse

As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?

“Excitante, assustador e memorável” The Guardian

Boa leitura.

See ya!

Rosana Gutierrez

 

Compre o livro em um dos links abaixo e ajude o Livrólogos :)

Saraiva

Fnac