Olá!

A resenha de hoje é de Quando uma garota entra em um bar, de Helena S. Paige. Na verdade esse é um pseudônimo de três amigas Paige Nick, Helen Moffett e Sarah Lotz.

O livro é para maiores de 18 anos.

A premissa do livro é bem interessante. Conforme a decisão tomada durante a leitura, a história ruma para um ou outro lado. Já no início, você deve escolher qual lingerie vestir. Mas eu me irritei um pouco, pois apesar de várias opções, você escolhe e vai até a página tal, escolhe outra e vai para outra página, mas no fim você vai mesmo com a calcinha que a autora escolheu, pois você é dirigido a isso.

Mas tudo bem, é só o começo do livro, muitas possibilidades, pois a personagem dirige-se a um bar, para uma noitada com Melissa, sua amiga. Chegando no bar, já começa com uma bela paisagem, o bartender. Dando uma geral nas pessoas, tem um bonitão parecido com George Clooney, na área VIP, a banda Coubóis do Espaço, e um segurança enorme, e tudo parece bom… mas Melissa avisa que dará o cano, pois seu chefe cão a segurou no trabalho.

Apesar do cano, você resolve ficar no bar e começa a ação. Primeiro é abordada por um ser horrível e é salva pelo sósia do George Clooney, que logo volta para sua mesa, para seus negócios. Ao ir ao banheiro, leva uma não sutil cantada de uma bela mulher que lhe dá um convite para uma exposição, numa galeria ali perto. Eu não escolhi ir à galeria nesse momento. Assim, volta-se ao bar.

Lá o segurança vem com uma mensagem de Charlie, o baterista da banda. No fim, resolvo escolher tomar shots de tequila com ele e ir para o o luxuoso hotel. Claro, isso seria minha primeira opção, banda de rock e tal, adoro esse visual. Pensei, uau, já começou bem o livro. Não. Corra para as montanhas. Mas sugiro que tente essa opção, será reveladora.

“Você está ajoelhada no chão, sobre um tapete felpudo, em frente a uma lareira imponente de um astro de rock.

 

“— Fique parada — ordena ele —, não vai doer nada. — A voz dele é rouca, e você treme enquanto ele pinga tequila em seu umbigo. — Agora, onde, ah, onde devo colocar o sal? — brinca ele, descendo os dedos desde o umbigo até a borda da calcinha fio-dental roxa rendada.

Escolhi depois dividir o taxi com o George Clooney cover e pensei de novo, uau, agora sim. Corra para o Alaska. Eu sou teimosa, vou escolhendo o continue e continue com esse personagem e surpresa ( risos). O engraçado é que onde eu menos esperava que o fim seria muito legal, segundo meu gosto, claro, foi onde aconteceu. Mas é óbvio que não vou contar , para não estragar a surpresa.

Claro que sempre há a opção de voltar apara casa, e assistir a um DVD comendo pipoca. Você sempre tem essa opção. Mas depois que passa pelo menos para uma aventura, você pode ir bater a porta de Melissa para contar suas peripécias e ter mais uma surpresa. Ou ir até a cafeteria e pedir um cappuccino com marshmallows ( delícia) e encontrar um vizinho novo. Ou dar uma canelada numa caixa de livros no corredor de seu prédio e ser resgatada por um cara muito legal 🙂

Por mais que você tenha opções, em determinado momento fica mais claro que no fim, o bom mesmo está debaixo do seu nariz. O livro é interessante, mas eu esperava bem mais. Achei que por mais que se tenha opções, você acaba direcionado para certos acontecimentos.

As experiências dessa noite, vão de carros luxuosos a experiência sexual que você vai correr para as montanhas,  a curiosidade mata, não? – Pois leia o livro, que no mínimo lhe renderá uma experiência diferente de leitura.

Um detalhe triste foi a revisão. Vários erros, pequenos, mas muitos. Pronomes e artigos com gêneros trocados. Não vai atrapalhar a leitura, mas quem é exigente, vai notar. A capa e diagramação são me agradáveis à leitura.

De qualquer forma, foi uma experiência diferente de leitura e valeu a pena. Mas não espere uma grande história. Um bom passatempo.

Capa, ficha técnica, sinopse

garota

Quando uma garota entra em um bar

A girl walks into a bar

Helena S. Paige
ISBN: 9788581632872
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 240
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2013
Tradução: Robson Falchetti Peixoto

Sinopse

Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir. O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede. Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor. E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal! Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão. Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer!

Boa leitura.

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro em um dos links abaixo e ajude o Livrólogos :)

Saraiva

Fnac

Livraria da Folha

em eBook

iba