Lançamentos Cia das Letras – Seguinte @ciadasletras


Olá!

Confiram os lançamentos da Cia das Letras e Seguinte

Quem não estava curioso há anos por novidades de Bridget Jones?

Bridget Jones: Louca pelo garoto, de Helen Fielding

“O que fazer quando a festa de sessenta anos da sua amiga será no mesmo dia do aniversário de trinta do seu namorado? É errado mentir a idade em sites de relacionamento? O Dalai-Lama escreve os próprios tuítes ou será que ele tem um assistente?

Dormir com alguém depois de dois encontros e seis semanas trocando mensagens de texto é o mesmo que se casar depois de dois encontros e seis meses de troca de cartas nos tempos de Jane Austen?” – Às voltas com esses e outros dilemas modernos, Bridget Jones encara neste novo e aguardado romance os desafios de ser mãe solteira, adaptar-se ao mundo digital e redescobrir sua sexualidade numa fase que algumas pessoas chamam, de forma grosseira e ultrapassada, de “meia-idade”.

Bridget Jones está de volta!

Vejam que surpresa, a cantora Vanessa da Mata lança um livro!

A filha das flores, de Vanessa da Mata

Giza cresceu à beira de uma estrada que liga o norte e o sul do país. Sua geografia familiar, no entanto, pouco ultrapassa os limites da casa de infância, onde foi criada em meio às plantações de flores, ao pé do jardim. Os buquês e arranjos que lá eram preparados abasteciam toda a região, aproximando Giza de um universo de gente que ama, é rejeitada e morre, cada circunstância pedindo a sua própria flor. Assim, a menina, vivendo à sombra das tias, duas garotas que já encantavam os homens do vilarejo, encontrava seu jeito de vencer as cercas de casa. Mas, se das flores ela colecionava as histórias, das tias ela ganhava um vislumbre da vida adulta, que Margarida e Florinda, a despeito de serem pouco mais velhas, pareciam abraçar com naturalidade.

Quase como uma estrangeira na casa, Giza passa a infância navegando pelos códigos e subentendidos da família, à beira de algo que ela parece prestes a compreender. Dona de uma imaginação prodigiosa, ela preenche esses espaços com doçura, humor e leveza, que a autora soube captar num estilo vivo e vibrante. Mas a menina cresce. E começa a saber de seu corpo, de suas vontades e de seus arredores. Viajando no carro que usa para entregar flores, ela ultrapassa os limites impostos pela família e chega a uma vila, lugar sobre o qual pairam histórias tenebrosas, e que ela passará a frequentar em busca de uma vida mais terrena.

 

Eu sou Malala, de Malala Yousafzai

Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou por seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012 ela quase pagou por isso com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus enquanto voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. A recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para os salões das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a mais jovem candidata da história ao prêmio Nobel da paz.

Todos nós adorávamos caubóis, de Carol Bensimon

Cora e Julia não se falam há alguns anos. A intensa relação do tempo da faculdade acabou de uma maneira estranha, com a partida repentina de Julia para Montreal. Cora, pouco depois, matricula-se em um curso de moda em Paris. Em uma noite de inverno do hemisfério norte, as duas retomam contato e decidem se reencontrar em sua terra natal, o extremo sul do Brasil, para enfim realizarem uma viagem de carro há muito planejada. Nas colônias italianas da serra, na paisagem desolada do pampa, em uma cidade-fantasma no coração do Rio Grande do Sul, o convívio das duas garotas vai se enredando a seu passado em comum e seus conflitos particulares: enquanto Cora precisa lidar com o fato de que seu pai, casado com uma mulher muito mais jovem, vai ter um segundo filho, Julia anda às voltas com um ex-namorado americano e um trauma de infância. Todos nós adorávamos caubóis é uma road novel de um tipo peculiar; as personagens vagam como forasteiras na própria terra onde nasceram, tentando compreender sua identidade.

 

E da Seguinte

Quando você a viu pela última vez?, de Lemony Snicket

Ainda na cidade de Manchado-pelo-mar, o jovem aprendiz Lemony Snicket terá mais um caso para resolver junto com sua tutora, S. Theodora Markson. Desta vez eles foram contratados pelos Knight para encontrar Cleo, a filha desaparecida do casal. A primeira hipótese é a de que ela teria fugido com o circo – mas, ao contrário do que Theodora pensa, não se trata de uma resposta inteligente e adequada para esse mistério, já que Cleo era uma química brilhante (e não uma artista) e com certeza teria deixado um bilhete.

Será que ela havia sido sequestrada? As versões das duas principais testemunhas que viram Cleo no dia de seu desaparecimento são divergentes. Ela foi vista pela última vez no mercado Comidas Incompletas ou no restaurante Faminto’s? E foi embora de táxi ou em seu carro novinho em folha? Lemony Snicket contará novamente com a ajuda da jornalista-mirim Moxie Mallahan e dos irmãos taxistas Juca e Chico. Mas será que ele desvendará esse mistério? Ou só fará as perguntas erradas mais uma vez?

Boa leitura!

 

Previous Ali Cronin - Lições de Amor - Série Garota <3 Garoto @editoraseguinte
Next Lançamentos Geração - @geracaobooks

6 Comments

  1. 31/12/2013

    Eu até queria ler o livro de Bridget Jones depois de ver os filmes, mas com a sinospe do 3° livro desisti. Eu tenho o 1°livro de Lemony Snicket , se eu gostar com certeza vou querer o 2°!

  2. Thicy Lopes
    13/12/2013

    Doa lançamentos, o único que me interessou foi Bridget Jones: Louca pelo garoto, de Helen Fielding. Já li algumas resenhas e fiquei super animada para lê-lo!!

  3. Jessica Lisboa
    30/11/2013

    Estou curiosa para ler Bridget Jones, todos comentam muito bem dos livros1

    xx

  4. Gostei de alguns lançamentos =)
    Bridget <3 Esse com certeza eu quero… mas depois de saber algumas coisas que a autora fez, aiai… que raiva.
    Mas enfim… gostei de alguns =)

  5. Eu Sou Malala e Todos Nós Adoramos Caubois foi os que me interessaram.
    Bjs, Rose.

  6. Isadora Ribeiro
    28/11/2013

    Esses lançamentos me levam a loucura !! Nesses da Cia eu me empolguei com Bridget Jones: Louca pelo garoto, de Helen Fielding até porque como você mesmo disse estou doida para saber novidades dela !! ; Eu sou Malala, porque acho essa menina tão corajosa e uma pessoa assim que eu sou fã.. poderia está “lutando ” por trilhões de coisas fúteis.. mas escolheu a educação como bandeira!

    beijos !!

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)