Olá!

A resenha de hoje é A desconstrução de Mara Dyer, de Michelle Hodkin. O livro é intrigante,  misterioso e assustador. A sinopse deixa a imaginação do leitor voar longe.

Para variar, faz parte de uma série , Mara Dyer , mas pelo que vi o segundo já saiu lá fora e o terceiro está em vias de ser publicado.

Amigos reunidos e uma tábua Ouija – quem não conhece, nosso equivalente é o jogo do copo – para falar com e-s-p-í-r-i-t-o-s kkkk. Vale lembrar que todo filme ou livro com uma cena dessas, certamente vai terminar em desastre. O que nessa história não muda, mas é bem diferente do que se espera.

Mara Dyer acorda no hospital depois de um acidente, onde um prédio desaba e sua melhor amiga Rachel , seu namorado Jude e a irmã dele Claire são mortos. Mara não lembra nada do acidente e começa a ver Claire e Jude e tenta se convencer de que é só estresse pós-traumático , meras alucinações .

Ela também convence sua família de que o que realmente precisa é ficar longe de lugares que trazem lembranças dos amigos e assim, toda a família se muda para a Flórida . Lá, tanto ela quanto seu irmão mais velho, passam a frequentar uma escola onde conhece o bad boy Noah Shaw. No início ela o evita a todo custo, mas depois se aproximam.

Mara tenta se encaixar em sua nova escola, na nova vida, mas continua com as alucinações . E elas não estão apenas mais assustadoras, estão ficando mortais. Ela conta a Noah sobre isso e também descobrimos seus segredos, mas ele promete ajudá-la. Claro que o perigo está sempre a espreita e pouco a pouco Mara , junto com o leitor, começa a descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite e o que está acontecendo.

O irmão mais velho de Mara, Daniel, é um personagem muito carismático e sempre ajuda a irmã, inclusive acobertando coisas que ela faz. O relacionamento familiar, é incluído na trama, a mã, o pai, o irmão mais novo e o mais velho, interagem e aparecem bastante na história. São uma família unida.

Quando Mara e Noah ficam mais próximos até pensei que seria mais um daqueles relacionamentos clichês desse tipo de história com tom paranormal, mas não! Apesar do intenso sentimento de pertencer um ao outro , especialmente se considerarmos seus segredos, são os mistérios da trama que passam para primeiro plano, deixando a história com desfecho imprevisível.

O mistério por trás da história , os capítulos curtos e sempre com fim cliffhanger, realmente fazem com que o leitor fique interessado e continue tentando descobrir os mistérios. Foi difícil saber o que exatamente estava acontecendo, mesmo a narrativa sendo em primeira pessoa, pois a Mara não se lembrava do que aconteceu. A autora foi bem criativa.

Os personagens muito bem desenvolvidos e eu me senti conectada com a história. Muitos pontos ficam no ar, pois é o primeiro livro . Adorei a capa. O projeto gráfico todo do livro é ótimo, além de ser agradável à leitura. Recomendo.

 

Série Mara Dyer

  1. A Desconstrução de Mara Dyer (2013) – The Unbecoming of Mara Dyer (2011) ;
  2. The Evolution of Mara Dyer (2013);
  3. The Retribution of Mara Dyer (previsão de lançamento lá fora 2014)

 

Leia o primeiro capítulo – aqui

Capa, ficha técnica, sinopse

A desconstrução de Mara Dyer

The Unbecoming of Mara Dyer

Michelle Hodkin
ISBN:  9788501098580
Editora:  Galera Record
Número de páginas: 378
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2013

 

Sinopse

Um grupo de amigos… Uma tábua ouija… Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto… até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente pertubada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações – ou seriam premonições? – Os corpos e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la….

 

Book trailer

 

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

 

Compre o livro em um dos links abaixo 🙂

 Livraria da Travessa

Livraria da Folha

em eBook – iba

 

*cliffhanger – Tradução literal seria a beira de um abismo ou precipício. Mas é um recurso de escrita, para dar emoção, no momento a beira de uma revelação surpreendente, acaba a história, para instigar a curiosidade para o próximo livro, no caso aqui também para o próximo capítulo.