Célia Xavier de Camargo – O sol voltou a brilhar – @PetitEditora


Olá!

A resenha de hoje é de O sol voltou a brilhar romance ditado pelo espírito Erick psicografia de Célia Xavier de Camargo

Romance esclarecedor. Apresenta, não raras vezes,elucidações sobre a Doutrina Espírita que muito orientam na solução dos tormentos desta vida.

A narrativa nos põe a par do drama vivido pela família Backer, residente em Londres.

É pleno século XIX—período do reinado da rainha Vitória. George Backer é um rico comerciante. Vive em um palacete com a esposa e a pequena Helen que é o encanto da família.O pai lhe fazia todas as vontades. “Assim a pequena crescera voluntariosa, cheia de caprichos e vontades.”

Após o aniversário de 15 anos, não parava mais em casa. Saía para se divertir e acabou encontrando o perigo através de um espírito perverso que trama sua perdição.Vítima da obsessão, afasta-se dos pais e, finalmente, desaparece . As buscas foram infrutíferas, até que numa madrugada, o pai resgata a filha, num lugar miserável. Ela está muito doente.

Já em casa, apesar do esforço do médico, dr Stanford, não apresenta melhora. Diante dos freqüentes ataques de alucinação o médico nada mais tinha a fazer. Sugere ao pai recorrer à fé e descobre nele um ateu.

“Como você sabe, sou ateu. Não posso apelar para um ser superior no qual não acredito.” Jane, a mãe vai em busca das informações a que se referiu o médico. Encontra no jornal: “Pesquisador descobre outro mundo”. Ela procura o médico que lhe indica o amigo Peter Cushing com quem deve conversar para esclarecer dúvidas e poder ajudar a filha Helen.

Jane aprende que ao renascermos esquecemos o passado para “aproveitar a existência agindo no bem, refazendo relacionamentos danificados outrora”. Ganha de Peter o Livro dos Espíritos para estudar e se informar. Percebeu que um desafeto de outra existência que causa prejuízo a alguém, despertando-lhe o ódio que é conservado, busca, hoje, vingança.

É o caso de George, vítima de obsessão, ainda não percebeu a tragédia que se aproxima. O desespero o leva a uma sessão espírita. O fenômeno da materialização apresenta-lhe possibilidades de mudar seu modo de pensar. O espírito que o perturba, foi sua vítima no passado e agora merece reparação. Aos poucos, com o conhecimento da Doutrina Espírita, George começa a entender os meandros desse drama do passado e encontra meios de socorrê-lo, “tornando-o seu amigo”.

No conhecimento das relações entre o mundo visível e o invisível, está a solução para os embates da vida. George viu no Evangelho de Jesus, “muito mais do que simples palavras, mas direcionamento moral para a vida, saúde para Helen e, novamente o brilho do sol.

Capa, ficha técnica, sinopse

o_sol_voltou_a_brilhar_bx

O sol voltou a brilhar

Célia Xavier de Camargo
ISBN: 9788572532433
Editora: Petit
Número de páginas: 464
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23cm
Ano Edição: 2013

Sinopse

Londres, século 19. George é um homem rico e respeitado que vive cercado de luxos. Sua única filha, Helen, é excessivamente mimada por ele, atitude repreendida pela mãe da garota, Jane. A jovem, em busca de diversão, vai de encontro ao perigo, sendo alvo de um espírito perverso que tenha atingir George.

Partindo em busca da filha, George tem acesso a uma faceta de Londres até então desconhecida: a da miséria e do vício. Apesar de descrença em Deus, ele conhece os primórdios do Espiritismo e através de seus ensinamentos percebe que o sol voltará a brilhar.

Boa leitura!

Compre o livro no site da Petit

Previous Lançamentos @editoraarqueiro - As mentiras de Locke Lamora
Next #DestruaEsteDiario - Keri Smith - Booktour @intrinseca

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)