Olá!

A resenha de hoje é de Adultério, de Paulo Coelho. Um livro com trama bem diferente dos outros que o autor já publicou.

Linda é uma jornalista de 31 anos, bem sucedida no trabalho . Tem tudo o que quer: um marido rico e apaixonado por ela e dois filhos admiráveis.

“Desperto o desejo dos homens e a inveja das mulheres.”

Linda começa, devagar, a se dar conta de que faz sempre as mesmas coisas há anos. A vida parece ter parado; alguma coisa deve estar errado com ela. Ninguém percebe, mas vai, gradativamente, perdendo o interesse por tudo o que a rodeia. Realiza as coisas de forma automática, sem otimismo. Acha que é começo de depressão.

“A comida fica sem gosto, o sorriso, em contrapartida, alarga-se (para que ninguém desconfie), a vontade de chorar é engolida, a luz parece cinza.”

Antes de ir para a redação, entrevista um político, Jacob König, antigo namorado na adolescência.

Ali mesmo, no gabinete em que trabalha, não resistem e trocam intimidades. Linda se desperta para um mundo imaginário de muitas possibilidades.

Marcam encontro num almoço, e, em resposta às muitas perguntas da jornalista, há um desabafo pessoal e Linda se dá conta de que todos têm problemas. Despedem-se com um caloroso beijo do qual ela não se arrepende, pelo contrário, uma alegria invade-lhe a alma, e os sentimentos de fragilidade, impotência e apatia começam a ficar para trás.

“Voltei a ser dona dos meus pensamentos e das minhas ações…meu espírito está de volta.”

Ela imagina que precisa relaxar e aproveitar melhor a vida. Depois de muito refletir, decide que não voltará a ver Jacob, pois corre o risco de se apaixonar de verdade, trazendo imprevisíveis consequências a todos.

Decide confessar ao marido seu estado de espírito, no que ele apenas diz que isso passa e que estará ao lado dela sempre.

Aquele beijo não lhe sai da cabeça; ela resolve ir em frente, embora saiba que pisa em terreno perigoso.

‘’…tenho um objetivo: conquistar um homem. Sou um tigre acuado… a única coisa que me resta é atacar com fúria.”

Encontra-se com Jacob e se frustra, pois ele a aconselha fazer terapia de casal.

Não foi levada a sério pelo homem por quem está apaixonada, mas em compensação é boa no trabalho e em casa como mãe. O marido não lhe mostra as fraquezas ou interesses. No novo encontro, sai humilhada.

Marca entrevista(consulta) com três psiquiatras e até com um Xamã.

“Sabe, agora, que o que é erro estúpido para um homem, é para uma mulher falta de dignidade, pois além do corpo, ela entrega também um pouco de seu coração”.

As pessoas são, na verdade, todas iguais, cometendo os mesmos erros e com as mesmas perguntas sem respostas, não é?

Acaba se encontrando com Jacob e abre seu coração a ele, sabendo que são duas pessoas com intenções diferentes: ela em busca de um romance perdido na adolescência; ele atrás de uma ousada mulher para a satisfação de um instinto primitivo.

Linda busca a paixão, não lhe basta só o casamento com amor.

Ela e o marido são convidados por Jacob e a esposa Marianne para um jantar quando o impensável acontece: Linda se trai no exercício de malícia proposto por Marianne, e quase confessa tudo . Sente-se enfurecida e cheia de culpa por colocar-se numa terrível situação. Será ela capaz de enfrentar as consequências desse gesto? Mas que desafio!

Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável, procurando acompanhar a trajetória de Linda (com suas reflexões) em sua busca interior. Recomendo .

Uma capa bonita, projeto gráfico bem elaborado.

Capa, ficha técnica, sinopse

adulterio  - paulo coelho

Adultério

Paulo Coelho
ISBN: 9788543100456
Editora: Sextante
Número de páginas: 240
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2014

Sinopse

É melhor não viver do que não amar.

“Minha tristeza se tornou rotina, ninguém percebe mais. Não consigo mais dormir direito. Sinto-me egoísta. Continuo tentando impressionar as pessoas como se ainda fosse criança. Choro sozinha e sem motivo no banho. Só fiz amor com vontade mesmo uma vez em muitos meses – e
você sabe bem de que dia estou falando. Já considerei que tudo isso seja um rito de passagem, consequência de eu ter passado dos 30 anos, mas essa explicação não basta. Sinto que estou desperdiçando minha vida, que um dia vou olhar para trás e me arrepender de tudo o que fiz. Menos de ter me casado com você e tido nossos lindos filhos.

– Mas isso não é o mais importante?

Para muitas pessoas, sim. Mas para mim não é o suficiente.”

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro com desconto em um dos links abaixo

Buscapé

Submarino