Sue Monk Kidd – A invenção das asas – @ciadasletras #resenha


a-invencao-das-asas
Por Valery

Hoje é a resenha de um livro que me emocionou e tenho certeza vai emocionar e inspirar muita gente.

Esta história tem inicio no ano de 1803 e mostra a vida de duas meninas e durante 35 anos. Acompanhamos seu crescimento e as fortes personalidades de cada uma no caminho que era proibido para elas, por conveniência do mundo em que nasceram e que foram criadas e obrigadas a seguirem as normas impostas pela sociedade na época.

Sarah Grimke é filha de uma família rica e influente. Seu pai é um juiz na Suprema Corte da Carolina do Sul, sua mãe  uma esnobe, arrogante e constantemente grávida, Maria, descendente das primeiras famílias de Charleston. Em seu décimo primeiro aniversário, Sarah é presenteada com Encrenca, como sua própria dama de companhia –  um presente que ela não está disposta a aceitar, mas que é incapaz de recusar.  Ela está desesperada por mais do que o ensino básico ensinava para as meninas na época, a fim de torná-las boas esposas e mães: piano, desenho e bordado. E então ela saqueia a biblioteca proibida de seu pai e sonha em escapar das restrições da sociedade em que vive. Encrenca é filha da escrava Charlotte que pertence a mãe de Sarah é sonha em ser livre e poder fazer planos para sua própria vida.

Em certo sentido, Sarah e Encrenca são prisioneiras da situação em que vivem. Sarah  é obrigada pelo dever e pela convenção, tendo suas ambições frustradas e seus desejos limitados. Encrenca, obviamente, está numa posição mais terrível – não tem controle sobre sua própria vida, ela pode ser literalmente comprada e vendida, doada como um presente e é obrigada por seus proprietários a fazer o que lhe mandam. Sua mãe, Charlotte, está desesperada para escapar e tece planos para comprar a liberdade dela e de sua filha. Enquanto isso, a rebelde Sarah trilha seu próprio caminho e ensina Encrenca a ler; o que é ilegal em estados escravistas um escravo saber.  Fato este que leva Sarah desde cedo se desagradar fortemente com a escravatura e lutar, juntamente com sua irmã Nina, em prol da abolição, a partir dos dezessete anos de Sarah. Nina é treze anos mais velha porém é uma forte aliada de Sarah nesta luta.

O livro é baseado na vida de pessoas reais. Este romance conta a história de Sarah, sua irmã Nina, Charlotte e Encrenca. Há muita decepção, dor e tragédia, como Sarah e Encrenca lutando para assumir o controle de seu mundo. A autora garante que você seja sempre ciente de que, não importa o que aconteça, Sarah pelo menos tem algum controle sobre seu destino. No entanto, é a força dessas mulheres, sua coragem e convicção, que é o sentimento forte que toma conta no final desta impressionante e gratificante leitura.

Sarah Grimke era uma mulher que reconheceu as suas falhas e fraquezas, mas seu trabalho como abolicionista feminino e sua escrita como feminista precoce é algo que deve ser admirado e conhecido por todos. Aqui, a autora dá a ambas vozes críveis e corajosas para Sarah e Encrenca.

Uma leitura super recomendada para todas as idades.

Capa, ficha técnica, sinopse

A invenção das asas

The invention of wings

Sue Monk Kidd
ISBN:  9788565530484
Editora: Paralela
Número de páginas: 328
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm

 

Sinopse

Em sua terceira obra, Sue Monk Kidd, cujo primeiro livro ficou por mais de cem semanas na lista de mais vendidos do New York Times, conta a história de duas mulheres do século XIX que enfrentam preconceitos da sociedade em busca da liberdade. Sue Monk Kidd apresenta uma obra-prima de esperança, ousadia e busca pela liberdade. Inspirado pela figura histórica de Sarah Grimke, o romance começa no 11º aniversário da menina, quando é presenteada com uma escrava: Hetty “Encrenca” Grimke, que tem apenas dez anos. Acompanhamos a jornada das duas ao longo dos 35 anos seguintes. Ambas desejam uma vida própria e juntas questionam as regras da sociedade em que vivem.

Book trailer

Compre o livro em um dos links abaixo, com descontos

Buscapé

Fnac

Submarino

 

Observação

Em sua outra obra , A vida secreta das abelhas, que foi adaptado para o cinema e o filme é maravilhoso, com a mesma sensibilidade de A invenção das asas. Recomendo o livro e o filme

Rosana Gutierrez

Previous Lori Foster - Intenso - @harlequinbrasil #resenha
Next Lançamento - A Menina que Ouvia Demais

1 Comment

  1. 24/04/2014

    Estou ouvindo falar muito desse livro…criticas muito boas…
    Deve ser um livro muito emocionante e triste também…sabendo que se passou com pessoas reais e não apenas uma obre de ficção!

    O filme A Vida Secreta das Abelhas só vi em partes.,..mas estou curiosa para assisti-lo por inteiro!

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)