myou 03

Viajando de avião – Fila no Check-in

 

Todo mundo já viu, ao menos pela TV, aquelas filas gigantescas nos aeroportos para fazer o check-in.

Então você decide ir com antecedência ao aeroporto para não pegar fila e quando chega no guichê da companhia aérea, pimba! Uma fila gigantesca! E o pior de tudo, não é para o seu vôo e sim de vôos que vão partir dentro de pouco tempo e as pessoas chegam atrasadas.

Aí começa o caos: o funcionário da companhia deixa passar um monte de gente da fila na sua frente e você, que chegou bem antes, fica olhando com cara de bunda.

Até estava pensando em criar uma “mala-cadeira”, tipo “Transformers”. Você entra no aeroporto com a mala e quando vê aquela fila enorme, clica em um botão e a mala vira cadeira… olha que boa ideia. Até já pensei em um nome em inglês suitcase (mala) + chair (cadeira) = suitchair… Olha que chique! Nossa, essa foi péssima! Desculpe, gente!

Myou, pare de viajar nas suas ideias e volte para a Terra! Ok, Houston! “We have a problem”. Imaginem que depois de um bom tempo esperando, resta somente uma senhora à sua frente na fila e a funcionária da companhia aérea inicia um diálogo.

Funcionária: Senhora, há nenhum objeto cortante, líquidos acima de 100 ml, em sua mala de mão?

Senhora: Claro que não, só tenho uma tesoura.

Funcionária:  Tesoura não pode, senhora.

Senhora: Como não? Como vou cortar minhas unhas?

Nesse momento, os outros guichês terminam os outros atendimentos e quando você pensa que será chamado… os funcionários vão embora. Só pode ser brincadeira! Pagamos caro por uma passagem e deixam apenas um guichê aberto. E sabem o pior de tudo? A discussão entre a senhora e a funcionária continua.

Funcionária:  Não pode senhora, sinto muito. São as normas. A tesoura teria que ir na mala que já despachei.

Senhora: E onde eu enfio a tesoura então?

E aí da vontade de se intrometer na conversa: Quer uma sugestão?

Funcionária:  Minha querida, eu sinto muito. Mas se a senhora entrar com a tesoura, a polícia federal irá recolher quando passar pelo raio-x.

A funcionária a chamou de “Querida”? Senti uma ironia no ar, não?

Senhora: Foi meu marido que me deu essa tesourinha.

Funcionária:  Então entregue para ele.

Senhora: Ele morreu. Faz 23 anos, mas parece que foi ontem.

Aí a senhora começa a chorar.

Aí você vê um funcionário chegar em a um guichê e pensa: agora certeza que vou ser atendido, certo? Não!!!!! O cara vira e começa a usar o computador. Decide ficar encarando o cidadão para ver se ele resolve trabalhar e nada. Deve estar jogando “Paciência”. Tudo isso é culpa do Windows, que vem com esse maldito jogo que até hoje não sei jogar! Você deve estar rindo, né? Gente, e essa tesoura que deve ter mais micose que banheiro de academia! A senhora deve ter aquelas unhas amarelas. Unha? Que unha? Nem tem mais, é uma comunidade de fungos!

Funcionária:  Acalme-se, por favor. A senhora não tem ninguém que possa ficar com a tesoura?

Senhora: Eu vim sozinha, meu marido e filhos morreram em uma acidente de avião.

Ca…. ramba! E ainda a mulher tem coragem de viajar de avião? Para onde será que ela está indo? Aí você escuta que ela vai para Ibiza, que é o mesmo destino que o seu. O que essa senhora vai querer fazer em Ibiza? Vai “bailar. Bom, você olha para o cara do outro guichê, que se levanta e olha a fila. O filho da mãe se espreguiça e senta de novo.

Senhora: Vou passar pelo raio-x sem problemas! Você vai ver.

Funcionária:  Tudo bem, a senhora quem sabe. Tem algum líquido acima de 100 ml na mala de mão?

Senhora: Deixa eu ver… Ah, sim… tenho um dan’up. Ai, devo ter comprado errado, pois sou diabética e acho que esse tem açúcar. Você pode ler o rótulo para mim?

Eis que surge a pergunta: Ainda existe “dan’up”? Eita, entreguei a idade!

Funcionária:  Sim, esse tem açúcar.

Senhora: Então fica de presente para você. Você parece minha sobrinha, tão bonita.

Finalmente a senhora finaliza o check-in e quando você segue para finalmente ser atendido… tcham tcham tcham tchaaam, aproveita e segura o tcham! Pois são abertos 4 guichês de uma só vez para check-in. Lei de Murphy, certo? Imaginem quantas vezes por dia acontece uma situação parecida com essa!

Bom, feito o check-in, finalmente você chega a polícia federal.

Preciso dizer quem estará na sua frente na fila do raio-x?

E vou além…

Advinha quem sentará ao seu lado no avião?