Juliet Marillier – A filha da profecia @butterfly_ed #resenha


Filha-da-profecia

Olá

Confira a resenha do livro A filha da profecia da autora Juliet Marillier, da nossa parceira Editora Butterfly/Petit.

A protagonista de A filha da profecia é Fainne não parece com Sorcha ou Liadam, dos livros anteriores. Sua luta é diferente, pois mesmo seu pai a ensinando usar seus dons para o bem, ela acredita que é má e isso a faz sentir-se insegura, não confia em sua capacidade. Mas seu coração é bom.

A avó é uma feiticeira má e quer que ela infiltre-se na família, em Sevenwaters e faça um grande mal.

Ao longo de sua jornada, Fainne mostrará que é uma personagem forte e que coloca quem ama acima de tudo, e é esse mesmo amor que vai afastar a dúvida sobre seu poder e fazer com que descubra o bem que pode realizar.

A autora tem uma capacidade de nos surpreender e é uma excelente contadora de histórias, com personagens secundários com papéis importantes e personagens dos outros livros – há  Darragh o amigo de infância , o amor e também a batalha; Ciarán sempre envolto em mistérios; Eamonn ao mesmo tempo que faz sentirmos pena e aversão; as filhas de Sean – nós os conhecemos, sabemos quais são as suas intenções, mas Fainne não.

A escrita de Juliet encanta. Mantém a atenção do leitor com as suas palavras, dilemas e aventuras.

Juliet Marillier diz que escreve para inspirar e procura sempre dar um final feliz às histórias.

A Filha da Profecia encerra a trilogia Sevenwaters, amarrando as pontas soltas. Recomendo!

Capa muito bonita, diagramação agradável à leitura.

Trilogia Sevenwaters

Capa, ficha técnica, sinopse

Filha-da-profecia

A filha da Profecia

Sinopse

O  terceiro volume da Triologia Sevenwaters — narra a história de Fainne, uma jovem com poderes especiais.

Educada por seu pai que a ensina a usar seus dons para o bem, Fainne terá de passar por uma difícil prova. Ao se tornar adolescente é visitada pela avó, a malévola feiticeira Lady Oonagh, que por interesses pessoais a obriga a utilizar seus dons para o mal a fim de realizar uma terrível missão: infiltrar-se na família, em Sevenwaters, e impedir que seu tio Sean e seus aliados reconquistem as Ilhas sagradas, invadidas há gerações pelos escandinavos. Agora, a grande batalha de Sevenwaters e o destino da humanidade estão em suas mãos!

Finalista do Prêmio Aurealis, que reconhece escritores australianos, na categoria de ficção científica e fantasia. (2001)

 Leia o primeiro capítulo

cap-1-filha-da-profecia

Assista ao book trailer – aqui

 

Conheça o site da Editora Butterfly – aqui

 

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous M. Leighton - Tudo por nós dois - @editorarecord #resenha
Next Katie McGarry - No limite da Ousadia - @Verus_Editora @editorarecord #resenha

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)