Olá pessoal!
Eu penso muitas vezes em falar de filmes que eu por algum motivo não gostei… e quando vejo já estou escrevendo novamente sobre algum que gostei 😀
E este é mais um caso… MAMMA MIA! – O filme (2008)

Eu gosto de musicais, apesar de não ter visto muitos. E este em particular me chamou muito a atenção porque é com músicas do ABBA e eu adoro este grupo. Mesmo que ele não esteja mais na ativa a MUITOS anos (antes de eu nascer na verdade), eu sempre gostei muito dos hits deles… e inúmeras vezes quando escuto Dancing Queen nas festas, ou mesmo em casa, me pego cantando e dançando junto. Fato. Confissões que me condenam 😀

Mas voltando ao filme, Mamma Mia! é baseado em uma peça musical criada por Catherine Johnson que desde 1999 faz muito sucesso e já foi para diversas cidades no mundo. Com o sucesso, surgiu a ideia de fazer a adaptação da peça para o cinema, com a mesma história e também com os principais sucessos do grupo ABBA. E deu certo – super certo na verdade – Mamma Mia! arrecadou aproximadamente US$609 milhões, o maior valor arrecadado entre os musicais de todos os tempos.

A história resumidamente gira em torno de Donna (Streep), que mora na Grécia e tem uma filha chamada Sophie (Seyfried) que vai se casar com Sky (Cooper). A filha não conhece o pai e descobre que existem três possibilidades: Sam (Brosnan), Harry (Firth) e Bill (Skarsgård). Querendo que o pai esteja presente em seu momento especial ela envia escondida da mãe convites do casamento para estes três homens, com a esperança de finalmente saber de quem é filha.

O filme é muito bom! As músicas foram bem encaixadas na história e tudo não ficou cansativo sabe? Quando você vê… puf! acabou o filme e você fica querendo mais! As paisagens são lindas (Grécia né gente) e o elenco também é top! Todos no geral foram muito bons, divertidos e talentosos. E mesmo que Pierce Brosnan tenha ganhado o Framboesa de Ouro como Pior Ator Coadjuvante eu ainda gosto muito dele rss. Ai gente, ele não estava tão ruim assim ok? No geral o elenco todo esta de PARABÉNS 😀
Até cantando todos ficaram legais sabia? Alguns mais, outros menos… mas tudo dentro dos conformes 🙂
Os que me chamaram a atenção positivamente foram Amanda Seyfried, que canta MUITO bem e Dominic Cooper que também me surpreendeu por atuação e também cantando (eu não conhecia ele de muitos filmes na verdade, achei bem legal). Ah e Colin Firth, só porque eu adoro ele de qualquer jeito e em qualquer papel 😀

Outra coisa legal é que o filme foi feito em parceria com Benny Andersson e Björn Ulvaeus (os B’s do ABBA). Eles continuaram parceiros mesmo após o ‘fim’ do grupo (escrevendo musicais, entre outras coisitas) e até fizeram uma ponta no filme – Benny tocando piano em um cais durante a performance de Dancing Queen e Bjön sendo um deus grego nos créditos finais do filme (fiquem ligados, as participações são bem rápidas porém divertidas rs).

A título de curiosidade, vou contar resumidamente a história do ABBA:

O grupo sueco era formado por Benny Andersson e Björn Ulvaeus e respectivamente suas esposas Anni-Frid Lyngstad (Frida) e Agnetha Fältskog. Como todos sabem eles fizeram (e ainda fazem) bastante sucesso e tals. Então Bjön e Agnetha se separaram em 1978 – porém o grupo decidiu mesmo assim continuar junto – e depois em 1982 Benny e Frida também se divorciaram (com rumores de traição por parte de Benny). Foi o fim do ABBA – apesar nunca ter sido oficializado o final do grupo.
Claro que as músicas deles continuaram conhecidas (a prova disso é o sucesso tanto de Mamma Mia! musical quando do filme), mas cada integrante foi para o seu lado. Benny e Bjön – como já comentei acima – continuaram amigos e parceiros de trabalho, cada um se casou novamente e tudo mais. E as meninas seguiram cada uma pro seu lado. Frida primeiramente lançou carreira solo e depois sambando na cara da sociedade/ do Benny tornou-se membro da realeza européia, a Sua Alteza Sereníssima a Princesa Anni-Frid Synni Reuss, Condessa de Plauen (isso porque ela se casou com o Príncipe Soberano Heinrich Ruzzo em 1992, que morreu de câncer em 1999). Já Agnetha foi um caso a parte! Ela chegou a casar novamente com um sueco em 1990, mas a união durou apenas dois ou três anos… Depois de uns anos ela arrumou um namorado meio louco que era obcecado por ela desde os tempos do ABBA e após este término conturbado ela se manteve longe da mídia até 2004 quando começou a trabalhar novamente em sua carreira solo. E desde então vem retomando ‘lentamente’ sua carreira.
Outra fofoca curiosidade: Os 4 integrantes do grupo só vieram a se reunir novamente em 2005 na premiere do musical Mamma Mia! em Estocolmo. Maaas, cada um entrou separado e não houve nenhuma foto deles juntos. Agnetha foi a única que não deu entrevistas naquela noite. E depois os 4 reuniram-se novamente em 2008 na estréia mundial do filme Mamma Mia!, onde todos estavam lindos e sorridentes junto com os atores… sendo que Frida e Agnetha até deram as mãos e tudo mais 🙂

É isso gente! Abaixo seguem os detalhes técnicos :*

Mamma Mia!

(2008)
Elenco: Meryl Streep; Pierce Brosnan; Colin Firth; Stellan Skarsgård; Julie Walters; Dominic Cooper; Amanda Seyfried; Christine Baranski e outros
Dirigido por: Phyllida Lloyd
Distribuidor: Universal Pictures

Sinopse

1999, na ilha grega de Kalokairi. Sophie (Amanda Seyfried) está prestes a se casar e, sem saber quem é seu pai, envia convites para Sam Carmichael (Pierce Brosnan), Harry Bright (Colin Firth) e Bill Anderson (Stellan Skarsgard). Eles vêm de diferentes partes do mundo, dispostos a reencontrar a mulher de suas vidas: Donna (Meryl Streep), mãe de Sophie. Ao chegarem Donna é surpreendida, tendo que inventar desculpas para não revelar quem é o pai de Sophie.

Trailer