Andrea Camilleri – O Todomeu #Resenha @editorarecord


o-todomeu

Olá!

Confira a resenha do livro O Todomeu , do autor Andrea Camilleri.

Ariadne tem um comportamento estranho e infantil, a ponto de uma vez por semana, quando está sozinha, fazer xixi na cama, além de sempre assistir a desenhos animados, comer se lambuzando e fazendo barulho, mas seu marido, Giulio, um homem mais velho gosta dela assim mesmo. E muitas vezes o vemos justificando as ações da esposa.

Os dois se conheceram num momento e local tristes, no cemitério, no funeral da primeira esposa dele.

A vida dos dois é boa e com peculiaridades. Ele sofreu há alguns anos um acidente, o tornando eunuco, mas ele tem um arranjo com Ariadne.Toda quinta ela pode escolher um homem e fazer sexo com ele, mas há regras: Giulio sempre presente e ela não pode se encontrar mais de duas vezes com cada escolhido. E eles vivem bem com isso, até aparecer um garoto, Mario.

Esses jogos eróticos obviamente são perigosos, Ariadne é uma criança num corpo de mulher e quebra as regras e começa a se comportar como não deveria.

No desenrolar da trama, o passado de Ariadne vai se revelando e segredos que Giulio nunca soube e nem quis saber, nos é apresentado.

Ela tem um lugar na casa, como o que teve na infância, o Todomeu, onde guarda segredos sombrios. E lá vive Stephania, a única que sabe de tudo, de todos segredos, a confidente e testemunha. Até o fim do livro muitas revelações surpreendentes serão feitas.

“Agora finalmente entende o que lhe diz a cabeça de vaca.

Sai do todomeu, apanha Ornella, abre a gaveta de um armário todo bambo, pega uma faca enferrujada e retorna ao todomeu.

Ornella parece ter entendido suas intenções porque começa a gritar.”

O autor mostra uma mulher com sérios distúrbios, que sofreu abusos e nem sempre sabe o que é real ou fantasia, e prende a atenção com um enredo ágil, personagens interessantes e Ariadne estrelando num palco que a princípio parece tolo, mas que são fios de um tecido intrincado. Muito Bom. Recomendo.

Capa muito interessante e tudo a ver com a história. Diagramação e papel agradáveis à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

o todomeu

O Todomeu

Il tuttomio

Andrea Camilleri

ISBN: 9788528618099
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 140
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Tradução: Ana Maria Chiarini
Ano Edição: 2015

Sinopse

Ariadne acaba de completar trinta e três anos, mas seu temperamento ainda é deliciosamente infantil. Giulio, seu marido, se empenha em realizar todos os seus desejos — inclusive aquilo que ele, por conta de um grave acidente, não pode mais proporcionar. Assim, da rotina de ambos, começam a fazer parte os encontros de quinta-feira, quando Ariadne se deita com outro homem, pago pelo próprio Giulio, respeitando poucas, mas invioláveis regras.

Não há segredos na vida desse casal, embora às vezes Giulio desconfie que algo esteja errado. E Ariadne tem mesmo muitos segredos, como o todomeu, um cantinho especial escondido no sótão, tal qual a diminuta caverna onde se refugiava na infância, quando vivia no campo. E é ali, no todomeu, que Ariadne faz confidências a Stefania, sua única e verdadeira amiga.

O jogo de Ariadne e Giulio é misterioso e sedutor demais para não representar perigo, especialmente porque ela, como qualquer criança, não compreende com clareza o limite entre a fantasia e a realidade.

Em O Todomeu, Camilleri põe em cena uma protagonista extraordinária: inquietante na sua pureza, assombrosa na luz que irradia. Nesse jogo irônico e refinado, o leitor é conduzido pelo labirinto de Eros até as profundezas do amor e da perdição, onde – como no mito de Ariadne – o Minotauro devora os desejos mais obscuros e inconfessáveis.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro no

Submarino

 

Previous Lançamentos Abril @editorarecord
Next Zoe Sugg - Garota Online #resenha @verus_editora @EditoraRecord

2 Comments

  1. 10/04/2015

    Me atraiu só pela capa, que é bem curiosa. E já quero ler por causa dessa história maluca; não tem nada melhor do que ler sobre um bom relacionamento conturbado (será que esse é o caso?) formado por pessoas que têm tão sérios problemas. Mais um pra lista de urgências.

  2. Nossa… que história mais louca é essa?!
    Ainda não consegui decidir se quero ler ou não! Então, acho que vou deixar passar esse… hehehe
    Beijos
    Camis

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)