Avaliação

O autor cria um clima de mistério e exceto pela encenação no Donatier, o livro não pega pesado no erotismo. Está mais para um thriller. Diferente, interessante, com trama bem escrita e um final que surpreende.

7.5
Nota

Olá!

Confira a resenha do livro O jogo de Sade do autor Miquel Esteves

Javier por muito tempo viveu na ostentação e soberba, com uma esposa troféu. A única coisa boa é a filha deles, Isaura.

Sua esposa tem um amante, mas ele nem liga mais para isso, chega a se excitar pensando que tem um estranho fazendo sexo com sua mulher. Sabrina só quer mesmo boa vida. E ao longo da trama, vemos que ela é pior do que pensamos.

Desmotivado e em busca de novas emoções, já que está falido, com os bens congelados e a venda da empresa que não sai, ele recebe um cartão enigmático, do barman, quando pergunta a ele sobre onde encontrar novos ares.

O cartão tinha escrito um nome e um número:

“Donatien

654990876”

e no verso

“Les infortunes de la vertu”

Em francês significa “Os infortúnios da virtude” e é a senha para que ele fale ao ligar e consiga um endereço.

No caminho, ele para em um outro bar para comer, e se encontra ao acaso com o filho de um amigo, que é casado com uma atriz, Magda. Mal ele imagina os fios que conectam os personagens dessa trama.

Ele pega um taxi e se dirige ao endereço que lhe passaram. O prédio deplorável e lá dentro, a decoração decadente, com um urinol de porcelana de proporções enormes, onde caberia uma pessoa dentro. Essa peça o lembra os ready mades da mansão de seu amigo, Gabo.

Javier então assiste a um espetáculo baseado em um trecho do livro Justine ou os infortúnios da virtude, do Marquês de Sade. E se embrenha em um jogo cheio de erotismo e uma trama intrincada, onde nada é o que parece. E Magda, quem diria, está nesse “espetáculo”

Ele se torna participante do jogo de Sade, baseado em textos do próprio Marquês, personificado por uma pessoa que não se mostra e que controla tudo. Mas os jogos não são só eróticos, há assassinato e Javier se encontra preso nesse jogo doentio.

O autor cria um clima de mistério e exceto pela encenação no Donatier, o livro não pega pesado no erotismo. Está mais para um thriller.

Diferente, interessante, com trama bem escrita e um final que surpreende.

Capa bem sugestiva. Diagramação e papel agradáveis à leitura. Recomendo

Capa, ficha técnica, sinopse

o jogo de sade

O jogo de Sade

Miquel Esteves

ISBN: 9788532529374
Editora: Rocco
Número de páginas: 368
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2015
Tradução: André Pereira Da Costa

Também em eBook

Sinopse

Um jogo estranho e lascivo num bar clandestino, um crime, uma conspiração. Erotismo elegante e muita intriga permeiam as sinistras aventuras de Javier pelos princípios do Marquês de Sade.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez