Sarah Jio – Neve na primavera #resenha @Novo_Conceito


neve-primavera

Olá!

Confira a resenha de Neve na primavera, da autora Sarah Jio.

É um romance intenso que nos mostra a trajetória de uma jornalista que buscando respostas para dor alheia, supera a sua própria.

Claire é uma jornalista que trabalha no “Seatle Herald”, importante jornal da cidade. Sofrera um acidente, e a melhor forma de se recuperar era dedicar-se inteiramente ao trabalho.

“O marido Ethan, gerente editorial a superara trabalhando mais dias que ela.”

Certa manhã fora chamada pelo chefe Frank para cobrir uma nevasca fora de época e ele a lembrara também que houve uma outra há mais de 80 anos, na mesma data, maio de 1933, que paralisara a cidade.

“Duas nevascas compartilhando a mesma data no calendário , separadas por quase um século?”

Pesquisando o material nos arquivos, ela descobre que a nevasca de 1933, um garotinho de 3 anos, Daniel Ray havia desaparecido e até a presente data, nada se soube sobre o caso.

Vera Ray, sua mãe, é solteira e trabalha à noite, como camareira em um hotel. Sustenta o filho Daniel com dificuldade. Ao retornar a casa, ao amanhecer, no dia 2/5/1933, ela não o encontrou.

As buscas da mãe foram em vão.

Claire, focada nessa história sem conclusão inicia uma longa investigação para descobrir o que realmente ocorrera durante a fatídica nevasca de 33.

Claire passa por momentos difíceis na vida pessoal, pois há 1 ano ela sofreu uma perda que abalou a relação do casal. Ela não consegue se concentrar em nada.

“E agora, na minha dor, eu tinha congelado, excluído Ethan. E, quando meu coração estava começando a descongelar, era tarde demais.”” Na busca por respostas sobre o desaparecimento de Daniel Ray, Claire descobre, enfim, uma razão para o trabalho. Ela encontra na história de Vera Ray uma forma de superar seus próprios traumas.

Devagar, ela vai localizando pistas e esclarecendo os meandros das coincidências e reviravoltas que envolvem “aquele mistério”, compondo, finalmente, a prometida manchete para o jornal de domingo.

Neve na primavera é romance em cuja história duas mulheres distantes no tempo mas de próximos sentimentos compõem um enredo envolvente com personagens tão marcantes que é improvável esquecer.

A capa é bonita, e diagramação e papel agradáveis à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

 

neve na primavera

Neve na primavera

Blackberry Winter

Sarah Jio

ISBN: 9788581637211
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 336
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2015
Tradução: Rafael Gustavo Spigel

Sinopse

Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous Katie Fforde - Uma pitada de amor #Resenha @Editorarecord
Next Antony Beevor - A Segunda Guerra Mundial #resenha @editoraRecord

5 Comments

  1. Avatar
    06/10/2015

    Olá Leticia, a lição do livro é que vc pode superar sua dor.
    E a Claire supera a dela buscando respostas para a dor de outra pessoa.
    😉

  2. Avatar
    03/10/2015

    Oi Camis!
    O livro é bem legal, mas o toque de drama me incomoda um pouco. Mas isso não quer dizer que a história não seja boa. ë gosto pessoal mesmo 😉
    bjks

  3. Avatar
    Leticia Ramos de Mello Oliveira
    30/09/2015

    Olá, Rosana!

    Eu quando li a sinopse de Neve na Primavera, eu estranhei que a Claire investigasse um desaparecimento de mais de 80 anos. Até pensava que a Vera tinha morrido sem saber o que aconteceu com o filho, mesmo que haja chances de ele está vivo e com mais de 80 anos. Mas acho que a lição do livro é que o passado, mesmo que seja muito distante e aparentemente não ligado a sua vida, sempre vai voltar e vai mostrar a suas ligações com você e cobrar o preço pelo que você deixou de fazer.
    Mas mesmo assim, o livro me atraiu pela curiosidade de saber o que realmente aconteceu com o Daniel Ray e o porquê desse desaparecimento, mesmo que eu ainda não tenha comprado.

    Um abraço!

  4. Oi, Rô.
    Ainda não conhecia esse livro, mas não senti que você tenha ficado muito animada com ele!
    Estou errada?
    beijos
    Camis

  5. Oi Ro, ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas quando ele foi lançado, a sinopse me interessou. Pelo que vi na sua resenha, acho que vou gostar sim.
    Bjs, Rose.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)