Avaliação

É uma história repleta de emoções, sensível e inteligente, que nos mostra que tudo pode mudar definitivamente, e que a ajuda pode vir de lugares e pessoas surpreendentes.

9
Nota

Confira a resenha do livro A irmã da tempestade da autora Lucinda Riley. Livro dois da série As sete irmãs.

É uma história  repleta de emoções, sensível e inteligente, que nos mostra que tudo pode mudar definitivamente, e que a ajuda pode vir de lugares e pessoas surpreendentes.

Pa Salt é um milionário excêntrico  que deixa, ao morrer, junto à partilha de bens, uma carta para cada filha. Na carta há uma pista que aponta para as verdadeiras origens de cada uma das moças.

Maia, a primeira filha, já partira para o Rio de Janeiro  em busca do passado e está feliz.

A protagonista desta história  é Ally D’alplièse  (segunda filha), uma excelente velejadora . Herdara do pai o gosto pelos mares e o talento como flautista.

Ally participa de competições de regatas. É uma vencedora.

Um dia, foi convidada por Theo,  “Rei dos Mares”, a participar de uma regata.

“O estilo discreto de Theo foi uma revelação para mim. Theo era famoso no mundo da vela e, nos cinco anos anteriores, havia conduzido mais tripulação à vitória do que qualquer outro capitão.”

Aos poucos, vão se aproximando,  se apaixonando,  formando um belo casal com muito companheirismo e amor.

Após uma competição  vitoriosa, saem para o  descanso de alguns dias.  Ally soube da morte do pai  e retorna a Atlantis para encontrar suas irmãs.

É nesse encontro, que Ally recebe,  das mãos do advogado da família, a carta do pai com a pista de sua origem.

“E quando a lancha  acelerou pelo lago, senti de verdade que estava navegando em direção ao meu futuro.”

Volta ao encontro de Theo, seu grande amor  e incrível capitão de regata. Encontra nele o ombro amigo para tentar se refazer do choque da perda.

Os maus ventos do destino separam o casal. Só,  Ally decide correr atrás de suas verdadeiras origens. Acima das dúvidas e angústias, está a determinação  de Ally na tarefa de decifrar o passado para seguir em paz  rumo ao futuro.

Ela tinha em mãos um livro que seu pai indicara para leitura.  Era um livro biográfico publicado em  190,há cem anos atrás. Como estava escrito em norueguês, ela detectara apenas  a que  o autor se referia  .”Solveig, a triste heroína do poema de Ibsen, aparecia na música de renome mundial, escrita por Edvard Greig para acompanhar a peça.”

Vira fotos de “ Anna Landvik ao lado de um piano de cauda e Grieg a aplaudia atrás do instrumento”.

Ela se emociona ao pensar que talvez seus antepassados tivessem alguma ligação com compositores eruditos a quem seu pai mostrara tanto gostar.

“Seria por isso que ele amava tanto a suíte Peer Gynt.  Talvez  meu pai tivesse me mostrado  essa música  por causa da minha ligação com ela.”

Ally recorre a uma tradutora, talvez com a ajuda do passado ela chegaria às origens.

A tradução do livro nos insere no  mundo da música e de grandes compositores universalmente conhecidos. Ally segue nas investigações e acompanha a trajetória da vida de Anna e Jens, seus encantos , desencantos, bem como sua ascensão na carreira musical.

Na Noruega, em uma fantástica sequência de acontecimentos, Ally descobre  o começo de tudo…

Download do primeiro capítulo

CAPA, FICHA TÉCNICA, SINOPSE

A Irmã da Tempestade

 

A irmã da tempestade

The Storm Sister

Lucinda Riley

ISBN: 9788580414776
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 528
Encadernação: Brochura
Formato: 23 x 16 cm
Edição: 2015

SINOPSE

Em A irmã da tempestade, segundo volume da serie As Sete Irmãs, as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa historia sobre amor, ambição, família, perda e o incrível poder de se reinventar quando o destino destrói todas as suas certezas.
Ally D’Aplie`se e´ uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a noticia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens.
Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado.
Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

 

Compre em

Amazon