Avaliação

Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor.

9
Nota

Olá!

Confira a resenha do livro Uma canção de ninar da autora Sarah Dessen

Remy terminou o Ensino Médio e curte as férias antes de ir para a Faculdade. Mora com a mãe, escritora, e o irmão que cria  lagartos, no closet, ao lado de seu quarto.

Ela é uma garota prática e organizada, e está cuidando do planejamento do 4º casamento de sua mãe.

Ela não acredita no amor. Por conta dos sucessivos casamentos, ela pensa que as pessoas não criam vínculos e logo se separam.

“Eu já não tinha nenhuma ilusão  respeito do amor. Ele vinha, ele ia, deixava vítimas, ou não. As pessoas não eram feitas para ficarem juntas para sempre, independentemente do que diziam as músicas.”

Ela não se ilude com relação ao amor e acha incompreensível as pessoas acreditarem nesse sentimento. Por azar, ela tinha sido traída pelo último namorado.

A mãe de Remy aposta no amor, apesar dos casamentos fracassados. Mãe e filha são diferentes em tudo… até fisicamente.

Desde o primeiro namorado, ela tinha um “padrão” esquematizado de como conduziria o relacionamento até a separação. Quando o relacionamento ia ficando sério, ela dava o fora. Achava  que era como os casamentos de sua mãe.

“Eu conhecia aquele padrão mesmo antes de ter meu primeiro namorado de verdade, porque já tinha visto minha mãe passar por eles várias vezes …. tudo se resumia à matemática.”

Remy tinha como regra não namorar músico por conta de uma história pessoal com seu pai que era músico. Antes de morrer(já separado de sua mãe, antes de seu nascimento) compôs uma música para ela “Canção de ninar” com a qual ela tinha uma relação de amor e ódio. Seu pai não foi conhecê-la.

O comportamento de Remy em relação aos namoros eram, às vezes, questionados pelas suas melhores amigas.

Dexter cruza o caminho de Remy. Era membro de uma banda e, para piorar, magro, desengonçado e desleixado, mas gostava dela de verdade.

Ela namora e termina, fica a amizade. Assim fica tudo resolvido, pois está prestes a ir para  a Faculdade.

A mãe de Remy é forte e acredita no amor. O importante é viver   um grande amor embora caia, se machuque, mas sempre há esperança no porvir. Amar implica riscos, ajustes, adaptações.

Remy estava tentando se livrar de Dexter, quando sua mãe lhe atinge  ao explicar que a vida é para ser vivida apesar dos riscos e possíveis fracassos. Não olhar para a vida com medo do que possa vir a acontecer.

“Ficar com tanto medo a ponto de nem tentar é um desperdício …não passei a vida toda à margem, imaginando como seria viver.”

Remy, apesar de ter problema sério de relacionamento, reflete, evolui e finalmente, seu comportamento surpreende.

E Dexter, ocupará um lugar no seu coração?

capa, ficha técnica, sinopse

uma cancao de ninar

Uma canção de ninar

Sarah Dessen

ISBN:9788555340116
Editora: Seguinte
Número de páginas: 320
Encadernação: brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2016

 

Sinopse

Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento. Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela. Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez