J.R. Ward – A besta @univdoslivros #resenha


a-besta

adaga negra

Olá!

Confira a resenha de A Besta da autora JR Ward. Publicado pela Universo dos Livros. É o 14 livro da Série Irmandade da Adaga Negra.

Eu passei a ter uma relação de amor e ódio com a autora. Mesmo assim, não desisti da série.  Mas vou explicar a razão. A série é longa e parece que a autora quis também em alguns momentos fazer o gosto das fãs, e em outros, parece ter perdido o sentido do que parecia ser a ideia original. Deixou os “Irmãos” meio de lado , inseriu muitos personagens. Ok, ela escreveu O Rei, mas achei que ela tirou a força dele, é minha opinião , claro e esperava mais do livro. Mas quando ela publicou Beijo de sangue, que é um spin off da série, eu me animei de novo, e estou mais inclinada ao amor e não ao ódio heheh. Mesmo tendo esperado mais de A Besta.

A Besta, ou seja Rhage, o Hollywood não está ele mesmo desde Os sombras.  Sente-se meio deslocado, inseguro e afeta seu relacionamento com sua companheira. Isso vem acontecendo com os irmãos, o foco nessa fase dos livros, está mais nos relacionamentos deles e o que eles sentem.

Em primeiro plano temos a história do que se passa com o casal Rhage e Mary. Rhage é o herói, e Mary sua shellan ideal, a que dá suporte, cuida. E há a busca para terem sua família. Lembrando que em Amante Eterno ele barganhou a vida de sua amada com a Virgem Escriba e Mary não pode ter filhos.

Há muitas outras coisas acontecendo em planos secundários, como Layla, que está em repouso absoluto por conta da gravidez dos gêmeos, e Xcor rondando de longe. E há Assail em uma grande história acontecendo junto, ele ajuda o Rei sobre o que a Glymera está aprontando e continua com seu vício em cocaína. E, ainda, um grupo de personagens humanos e a tecnologia que deixa V com mais problemas para que não caia na “rede” imagens das lutas e deles. Imagina o Rhage aparecendo comendo um lesser kkkk, pois é…

Eu espero logo o livro sobre a Layla e quem sabe o Xcor se redimindo com o rei e a Irmandade. Há uma revelação de um segredo do passado dele que pode mudar tudo , até o relacionamento com Layla.

Lessiter, o anjo pirado, continua aprontando, mas o alvo ao invés do usual que era o V, é o Rhage e pior,Lessiter tem a ajuda dos irmãos.

Rhage estava estranho desde Os Sombras e aqui as coisas se intensificam.

Mary, que é terapeuta no Lar Seguro, se envolve com um menina órfã e acredita que fazê-la vivenciar coisas rotineiras para uma criança ajudaria Bitty. E ela envolve Rhage nesses momentos. Ah, Bitty acha que um tio vem buscá-la . É de cortar o coração. Falando nisso, a emoção fica no ar.

Rhage e Mary vão passar por momentos complicados. Mas a história deles é de amor. Eles querem uma família e aqui se trata de reconstruir. Mas ainda assim, com muita tensão sexual, a besta surgindo e comendo tudo ( risos) e o mais importante, a dinâmica do casal que foi ótima em todos sentidos que realmente importava e mesmo em meio da guerra com Glymera e com Lessers, eles se ajustaram e consertaram o que estava fora de lugar. Recomendo

O melhor é não ter que esperar muito para a Universo dos livros publicar o livro aqui no Brasil, sai bem próximo da publicação original.

A capa é igual a original, diagramação agradável à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

a besta

A besta

The Beast

J. R. Ward

ISBN: 9788579307126
Editora: Universo dos livros
Número de páginas: 608
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2016
Tradução: Cristina Tognelli

Sinopse

Depois de quase entrarem em guerra com os Sombras, as alianças se alteraram e as fronteiras foram delimitadas. Os assassinos da Sociedade Redutora estão mais fortes do que nunca, aproveitando-se das fraquezas humanas a fim de obterem mais dinheiro, mais armas, mais poder. Contudo, enquanto a Irmandade se prepara para atacá-la com toda força, um dos seus guerreiros tem uma batalha íntima para combater… Para Rhage, o Irmão com os maiores apetites, mas também com o maior coração, a vida deveria estar perfeita – ou, pelo menos, perfeitamente agradável. Mary, sua amada shellan, está ao seu lado; além disso, seu Rei e os Irmãos estão prosperando. Rhage, porém, não consegue entender – tampouco controlar – o pânico e a insegurança que o afligem… E isso o apavora – assim como o afasta da sua companheira. Após sofrer um ferimento letal numa batalha, Rhage necessita reavaliar suas prioridades. Quando a resposta surge, abala o seu mundo… e o de Mary. Todavia, Mary se lançou a uma jornada própria, que tanto pode aproximá-los como pode ser a causa do rompimento do qual nenhum dos dois se recuperará…

Bo aleitura

See ya!

Rosana Gutierrez

 

 

Previous BASTIDORES LITERÁRIOS - Um Dos Problemas Que Mais Acaba Com Mercados Emergentes
Next Quase um romance  - Megan Maxwell @suma_br #resenha

22 Comments

  1. Avatar
    04/02/2017

    Olá! Eu já conheço a série a bastante tempo, iniciei a leitura do primeiro volume e nem finalizei. Essa série é realmente muito, eu não teria nem coragem de inicia-la hoje em dia.

    By Patty

  2. Avatar
    04/02/2017

    Oi Rosana, sua linda, tudo bem?
    Eu fico impressionada com a quantidade de livros. Eu ainda não tenho todos, queria ler quando a coleção estivesse completa. Adoro vampiros e essa série é muito elogiada. Que pena que em alguns livros a autora se perdeu. Mas acho que vai ser impossível começar e não ir até o fim, risos… Estou louca para ler!!!!!
    beijinhos.
    cila.

  3. Avatar
    Juliana Xavier
    29/01/2017

    Fiquei mega perdida na resenha porque não sei nada sobre a série ou as personagens. Não tenho nenhuma vontade de ler também, não curto hot e isso é muito presente nas obras da autora. Espero que essa sua relação de amor e ódio com ela acabe com saldo positivo, e que bom que a dinâmica desse casal é ótima.

  4. Avatar
    25/01/2017

    Olá!
    Tenho muita vontade de conferir essa série, já que todo mundo me fala muito bem dela. Adorei a sua resenha e fiquei com mais vontade ainda de ler, quero me apaixonar por essa série maravilhosa também.
    Beijos.

  5. Avatar
    24/01/2017

    Olá,
    Eu tenho os 11 primeiros livros na estante, mas ainda não tomei coragem para ler até porque a série ainda não foi finalizada e mesmo sabendo que a Universo não demora muito a trazer os títulos para cá, não gosto de esperar e então acho que vou enrolar mais um pouco.
    Adorei saber suas impressões e que se animou um pouco mais com o spin-off!! Espero não ter a mesma impressão de que a ideia original meio que se perdeu no decorrer dos volumes.

  6. Avatar
    24/01/2017

    Essa é uma série tão grande, mas tão grande que eu meio que desistir de ler sem nem ao menos começar rsrs Espero que um dia eu tome coragem ou quem sabe em umas férias prolongadas. Amei a resenha. Beijos

  7. Avatar
    23/01/2017

    Olá!

    Conheço de nome, mas é uma série que não me inspira curiosidade. Ainda mais porque são 14 volumes. Chato mesmo é quando o autor só escreve pra lucrar, esquecendo do principal, a mensagem.

  8. Avatar
    23/01/2017

    Olá, que relação sua com a autora, fiquei impressionado como ela consegue te levar do amor ao ódio. Pena que as vezes ela se perde na série, e embora a série tenha um enredo interessante, espero não entrar nessa relação, acredito que ficaria do mesmo jeito.

  9. Avatar
    22/01/2017

    Olá,

    Como ainda não cheguei nesse livro da série, li sua resenha bem superficialmente, porque não quero pegar nenhum spoiler desse livro. Apesar de não ser meu irmão favorito da série, tenho um enorme carinho por Rhage e quero muito que ele consiga ser feliz e viver bem com a fera (ou besta). Estou curiosa, empolgada e ansiosa para esta leitura, quero muito ler em breve.

    Beijos,

  10. Avatar
    22/01/2017

    Oie!
    Acho que todo fã da Irmandade tem esse momento de amor e ódio pela Ward. A série tem seus pontos soltos, às vezes ela se perde, mas sei lá, a gente não consegue deixar de ler e nem de amar.
    Preciso muito ler A Besta e Beijo de Sangue. E não vejo a hora de ler The Chosen. <3

  11. Avatar
    22/01/2017

    Oi Ro!
    Você sabe que eu ainda não consegui ler essa série inteira. Já comecei fora da ordem, e depois peguei os primeiros para ler rs
    Ainda vou chegar nesse livro kkk
    Bjks!
    Histórias sem Fim

  12. Avatar
    21/01/2017

    Oi, tudo bem?
    Está aí, uma serie que não me desperta o interesse. Sei que muitos leitores amam, mas não me cativou! Parabéns pelo post mas passo a dica!

  13. Avatar
    21/01/2017

    Olá, tudo bem? Estou doida para continuar IAN mas parei, infelizmente, no segundo livro, ou seja, tenho um logo caminho pela frente até chega A Besta. Adoro essas capas, adoro as histórias. Ótima resenha!
    Beijos,

  14. Avatar
    Karine Fernandes
    21/01/2017

    Nossa 14 livro? Não acho que leria uma série tão grande assim principalmente no momento. Mas gostei bastante de ver suas impressões sobre o livro. Parabéns.

    Beijos.

  15. Oi
    O livro parece ser realmente bom, mas por ser uma série muita extensa não me cativou.
    Abraços.

  16. Avatar
    20/01/2017

    Olá,

    Tenho uma amiga que faz campanha para todos lerem esses livros, mas nunca tive curiosidade para inciá-la, porque é muito longa e a autora não consegue manter a qualidade em todos os livros.

    Beijos!

  17. Avatar
    20/01/2017

    Oi Rosana!
    Realmente acho essa série muito longa, por isso nunca dei muita atenção a ela e como vc resenhou o 14° livro fiquei perdidinha.
    Infelizmente não consegui me interessar pelo livro, mas indico para alguma amiga que possa gostar.
    Bj

  18. Oiii!!

    Eu não li essa série mas lembro do lançamento e todo mundo estava morrendo de amores.
    Gostei de saber do andamento das histórias e a sua resenha está bem escrita! Parabéns.
    A universo é Maravilhosa no quesito laçamento hahaha amo!

    Beijinhos

  19. Avatar
    Morgana Brunner
    19/01/2017

    Oiii Rosana, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, mas parabéns pela sua resenha que ficou incrível e linda, sei que muitas pessoas iriam amar ler.
    Beijinhos da Morgs!

  20. Avatar
    19/01/2017

    Olá
    Essas séries muito grandes acaba perdendo um pouco o foco uma hora ou outra, isso quando não passam a ser escritas por ghosts.
    Tenho uma certa curiosidade com a série, só não peguei ainda, por que meu receio com histórias de casais é maior

  21. Avatar
    19/01/2017

    oi
    Tenho todos os livros da série. Aaaaaamooooo IAN, principalmente meu Z. To louca pra ler o livro da minha bestinha favorita 🙂
    bjo

  22. Olá.
    Acho que essa é a primeira resenha que leio do livro, não conhecia a série, mas já tinha visto a capa desse livro por aí.
    Acho que quando o autor quer fazer o gosto dos leitores acaba que saindo do controle, e isso não é muito bom. Infelizmente não tenho muito interesse na série embora tenha uma premissa legal. Adorei a capa também.
    Parabéns pela resenha, muito bem escrita.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)