Lucinda Riley – A irmã da pérola @editoraarqueiro #resenha


irma-perola

Olá!

Confira a resenha do livro A irmã da pérola, da autora  Lucinda Riley, publicado pela editora Arqueiro.

É o livro quatro da série As sete irmãs. 

As sete irmãs

A irmã da tempestade

A irmã da sombra

A irmã da pérola

Ceci D’Aplièse sempre esteve ao lado da irmã |Estrela, mas com a morte do pai e quando Estrela a deixa para seguir sua própria vida, Ceci acha que a vida virou de cabeça pra baixo. Além disso deixara a faculdade e perdera a inspiração para pintar. Decide seguir as pistas deixadas por seu pai Pa Salt, e ir em busca do próprio passado, deixando para trás a vida sem sentido em Londres. Mal sabe ela que essa jornada vai levá-la a se aventurar na viagem mais emocionante de sua vida.

Ela tem em mãos uma foto em branco e preto e o nome de uma das primeiras exploradoras da Austrália. Embarca para lá, mas como era final de ano, resolve parar na Tailândia e descansar curtindo as praias de Krabi, onde estivera com a irmã Estrela, um ano antes. Ali ela conhece Ace, um rapaz solitário e misterioso com quem faz amizade. Ele a ajuda a se desvencilhar de suas inseguranças em relação ao futuro. Ela vai embarcar rumo a Sidney.

Enquanto passavam juntos as festas de fim de ano, Ace, sabendo de seu objetivo em relação à Austrália, lhe oferece um livro com a biografia de Kitty Mercer, a pioneira das pérolas.

Como ela era disléxica, ele mesmo se prontificou a ler para ela.

A história de Kitty começa em Edimburgo, Escócia, em outubro de 1906. Ela precisa dar um mergulho na história de Kitty para emergir a sua própria história.

Kitty é filha de um pastor que deixa a terra natal para acompanhar a senhora M|c Crombie cujo destino é a Austrália. O que a jovem não sabia é que seu destino, a partir dali, seria marcado por escolhas decisivas, frustrações, encontros, desencontros, perdas. Porém nada a balava seus ânimos, e sempre estava disposta a enfrentar todos os desafios por difíceis que fossem para transpô-los. Vence os medos e luta pelos sonhos.

Ceci, Na Austrália, vai, devagar encontrando tudo o que precisa saber para chegar às suas origens. Ela vai também se auto descobrindo, e cada vez mais compelida a se sentir parte desta terra até então desconhecida.

É um belíssimo romance com duas histórias interligando os eventos e as vidas das personagens, apenas separadas no tempo.

Uma bela capa e diagramação agradável à leitura.

CAPA, FICHA TÉCNICA, SINOPSE

irma-perola

A irmã da pérola

Lucinda Riley

ISBN: 9788580417739
Editora:Arqueiro
Número de páginas: 528
Encadernação: Brochura
Formato: 23 x 16 cm
Edição: 2017

SINOPSE

Em A irmã da pérola, quarto volume da série As Sete Irmãs, duas jovens de séculos diferentes têm seus destinos cruzados numa emocionante história sobre amor, arte e superação.

Ceci D’Aplièse sempre se sentiu um peixe fora d’água. Após a morte do pai adotivo e o distanciamento de sua adorada irmã Estrela, ela de repente se percebe mais sozinha do que nunca. Depois de abandonar a faculdade, decide deixar sua vida sem sentido em Londres e desvendar o mistério por trás de suas origens. As únicas pistas que tem são uma fotografia em preto e branco e o nome de uma das primeiras exploradoras da Austrália, que viveu no país mais de um século antes.

A caminho de Sydney, Ceci faz uma parada no único local em que já se sentiu verdadeiramente em paz consigo mesma: as deslumbrantes praias de Krabi, na Tailândia. Lá, em meio aos mochileiros e aos festejos de fim de ano, conhece o misterioso Ace, um homem tão solitário quanto ela e o primeiro de muitos novos amigos que irão ajudá-la em sua jornada.

Ao chegar às escaldantes planícies australianas, algo dentro de Ceci responde à energia do local. À medida que chega mais perto de descobrir a verdade sobre seus antepassados, ela começa a perceber que afinal talvez seja possível encontrar nesse continente desconhecido aquilo que sempre procurou sem sucesso: a sensação de pertencer a algum lugar.

Insatisfeita, ela acaba cedendo à curiosidade e decide ir atrás da pista sobre seu nascimento. Nessa busca, uma livraria de obras raras se torna a porta de entrada para o mundo da literatura e sua conexão com Flora MacNichol, uma jovem inglesa que, cem anos antes, morou na bucólica região de Lake District e teve como grande inspiração a escritora Beatrix Potter. Cada vez mais encantada com a história de Flora, Estrela se identifica com aquela jornada de autoconhecimento e, pela primeira vez, está disposta a sair da sombra da irmã superprotetora e descobrir o amor.

Boa leitura

See ya

Rosana Gutierrez

Previous Erin Beaty - O beijo traiçoeiro @editoraseguinte #resenha
Next Bridget Asher - Provence @Novo_conceito #resenha

2 Comments

  1. 13/01/2018

    obrigada , Camis.
    Essa autora é muitoooo boa 🙂 Vale a pena à leitura.
    bjs

  2. Oi, Rô.
    Eu ainda preciso fazer uma maratona com os livros da Lucinda, viu?! Rs…
    Adorei sua resenha!
    Beijos
    Camis

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)