Bridget Asher – Provence @Novo_conceito #resenha


provence

Olá!

Confira a resenha do livro Provence, de Bridget Asher. Publicado pela editora Novo Conceito

Heidi se sente completamente perdida depois que perdeu o marido. Ficou com o pequeno Abbot, de oito anos. Ela quer manter viva a memória do marido, e essa ideia fixa, com o passar do tempo, está deixando-a arrebatada porque está se fechando para a vida.

“A verdade era que Henry e eu nos tornamos tão próximos que às vezes era difícil saber onde um começava e o outro terminava.”

Atormentada e com dificuldade para seguir em frente, parte dos Estados Unidos com o filho e a adolescente Charlotte para uma casa no campo ao sul da França (Provence).
Essa casa pertence , há gerações, à família de Heidi. Ela fora atingida por um pequeno incêndio e, vai ser reconstruída por Heidi.

Esse lugar guarda todas as histórias e segredos da infância de Heidi e seu relacionamento com vizinhos e amigos.

Ali Heidi vai se permitir sofrer e ficar triste, mas encontra suporte para reestruturar sua vida para poder seguir adiante.

Seu filho, com a naturalidade infantil é, na verdade, o ponto de equilíbrio para Heidi naturalmente fragilizada, bem como Charlotte que ao dividir com a tia suas angústias, acaba levando-a a encontrar apoio em suas decisões.

CAPA, FICHA TÉCNICA, SINOPSE

provence

Provence

Bridget Asher

ISBN: 9788581637600
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 288
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2017

SINOPSE

“Eis uma forma de colocar a questão: a perda é uma história de amor contada de trás para frente… Toda boa história de amor guarda outra história de amor escondida dentro dela. ” A vida de Heidi com o filho tornou-se um jogo para manter viva a memória de Henry, bom pai e marido exemplar. Manter uma vida normal em um mundo em que Henry não existe mais está cada dia mais difícil. Heidi precisa lidar com o filho que se tornou um verdadeiro maníaco por limpeza e com a sobrinha Charlotte, uma adolescente problemática. Uma casa em “Provence”, na França, que pertence à família de Heidi há gerações, é rica em histórias de amor e surpreendentes coincidências. Heidi e sua irmã mais velha, Elysius, passavam os verões lá quando crianças, junto com a mãe. A casa, as lembranças e os segredos de Provence haviam ficado para trás, mas agora, com o incêndio que atingiu a propriedade, a casa precisa ser salva por Heidi. Ou será que é Heidi quem precisa ser salva pela casa? Uma história de recomeço, amor e esperança perante a perda, em que uma pequena casa na zona rural do sul da França parece ser a responsável por curar corações partidos há anos.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous Lucinda Riley - A irmã da pérola @editoraarqueiro #resenha
Next [Bastidores Literários]Falando um pouco ( ou descrevendo) do excesso de descrição

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)