Robert Bryndza – Sob águas escuras @gutenberg_ed #resenha


sob aguas

Olá!

Confira a resenha de Sob águas escuras, do autor Robert Bryndza.

Sob Águas Escuras é o terceiro livro com a detetive Erika Foster. As histórias tem começo e fim, e os casos dos livros anteriores não são relacionados a este, por isso podem ser lidos sem ordem sob esse aspecto. O que você pode perder são nuances, a construção psicológica da personagem, envolvimento amoroso. Por exemplo, há certas referências que mostram indícios de que nem tudo correu bem, em seus casos, no passado, apesar dos sucessos de Erika.

Fazem parte da série:

1-A Garota no Gelo;
2- Uma Sombra na Escuridão;
3- Sob águas escuras

A detetive Erika Foster tem um traficante de drogas bem conhecido sob custódia e apenas algumas horas para encontrar provas para acusá-lo ou será obrigada a deixá-lo partir.
Ela recebe uma dica sobre as drogas que diz haver algo escondido no fundo de um lago da pedreira, nos arredores de Londres. Um lago profundo que esconde todo tipo de coisa, como pecados escondidos há muito tempo.
Ela e sua equipe vão verificar e os mergulhadores trazem do fundo das águas, mais do que os millhões em heroina procurados, trazem também os restos mortais de uma criança. Jessica Collins, de sete anos de idade, desaparecida há 26 anos.

Esse desaparecimento foi muito noticiado na época. Amanda Baker foi a detetive original do caso, uma mulher torturada por seu fracasso.

Erika assume o caso e investiga arquivos antigos para ver o que pode ter sido negligenciado e encontrar a verdade e justiça para Jessica.

Ela terá que trabalhar com a equipe que não conhece, além da sua, sem contar com o envolvimento de quem trabalhou no caso originalmente e não teve glória por isso, pelo contrário, o que leva a todos os tipos de tensão na investigação. Há pessoas aqui com muito a provar e tudo é feito sob o olhar minucioso da família de Jessica.

Todo o mistério é bem envolvente e a qualidade da escrita de Robert Bryndza se consolida mais. Não há grandes reviravoltas, porém a narrativa tem grandes personagens, mostra como funciona  arquivos de casos antigos e não solucionados e tem uma boa carga de drama.

Paralelamente a investigação, nos é mostrado um pouco mais da vida pessoal de Erika que é uma personagem bem factível. E as falhas que causaram tanto dano a sua carreira é o que a torna mais interessante. Fica claro que ela tem um passado e temos algumas dicas, mas obviamente há muito mais a ser revelado sobre ela.

E que venha logo o próximo livro – Last Breath

CAPA, FICHA TÉCNICA, SINOPSE

sob aguas

 

Sob águas escuras

Dark water

Robert Bryndza

ISBN: 9788582355022
Editora: Gutenberg
Número de páginas: 336
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Edição: 2018

SINOPSE

Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.

Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.

Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época.

Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.

Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.

“Quem quer aprender deve começar olhando à sua volta.”

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro em

Amazon

 

Livro recebido pela parceria com a editora
Previous Tali Sharot - A mente influente @editorarocco #resenha
Next Maya Banks - Submissa @gutemberg_ed #resenha

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)