Sophie Hannah – Uma certa crueldade @editorarocco #resenha


certa-crueldade

Olá!

Confira a resenha do livro Uma certa crueldade, da autora Sophie Hannah. Mais uma história com o casal de detetives Simon Waterhouse e Charlie Zailer. Publicado pela editora Rocco

Amber Hewerdine apesar de cética, está sofrendo de insônia há tanto tempo, que está desesperada por uma boa noite de sono e procura um hipnoterapeuta em busca de ajuda para dormir à noite.Ela é atormentada por ansiedades que afetam seu sono. Também revive obsessivamente um fatídico Natal em 2003, quando quatro membros da família desapareceram por 24 horas e se recusam a falar sobre isso desde então.

Na terapia, Amber encontra Zailer, uma policial que tenta deixar de fumar. E aí que as coisas ficam muito estranhas. Ela murmura “gentil, cruel, meio que cruel” na hipnose, aparentemente palavras aleatórias e é questionada e torna-se suspeita do assassinato brutal da professora de escola primária, Katherine Allen, uma mulher que diz sequer conhecer.

O assassinato parece não ter motivação e a única pista que a polícia conseguiu encontrar são as palavras “gentil, cruel, meio que cruel”, em um bloco de notas na casa da vítima, que em tese ligam Amber à ela.

O passado de Amber não ajuda. Há  fatos estranhos como o natal onde a família desapareceu e reapareceu, sua melhor amiga, Sharon, morta em um incêndio e agora Amber tem a custódia das duas filhas pequenas, que escaparam do incêndio.

Há idas e vindas na linha do tempo e alguns narradores, mas a trama é predominantemente do ponto de vista de Amber – narradora pouco confiável – que mantém segredos do marido e por isso, do leitor.

Ao longo do livro, vemos que ela tem suspeitas sobre a verdadeira natureza de sua cunhada, que parece ter a resposta para aquele desaparecimento do Natal. Com tantas vertentes , fica difícil encontramos ligação entre Amber e o assassinato de sua amiga Sharon e de Katherine Allen e é onde Sophie Hannah opera sua magia, como uma história convincente combinada com uma qualidade excepcional de escrita.

Recomendo

Capa, ficha técnica, sinopse

certa-crueldade

Uma certa crueldade

Kind of Cruel

Sophie Hannah

ISBN:9788532530738
Editora: Rocco
Número de páginas: 432
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2018
Tradução: Alexander Martins

 

Sinopse

Cinco palavras-chave percorrem o novo romance da britânica Sophie Hannah ligando as diversas camadas e tramas paralelas da história, que traz de volta o casal de detetives Simon e Charlie, de A vítima perfeita e A outra casa. Dona de uma obra respeitada e de um estilo sofisticado, a autora apresenta um suspense policial que não se resume a buscar a solução do crime. Tão importante quanto solucioná-lo é investigar as características psicológicas e emocionais de seus personagens. No caso de Uma certa crueldade, a premissa é levada, de fato, para o divã. É no consultório de uma hipnoterapeuta que as histórias de Amber Hewerdine e da policial Charlie se cruzam. A primeira perdeu sua melhor amiga num incêndio e, desde então, sofre de insônia e ansiedade; já Charlie deseja parar de fumar. Num esbarrão na sala de espera, Amber lê, por acaso, no caderno da investigadora: “Gentil, Cruel, Meio que Cruel”. Pouco depois, sob hipnose, se ouve repetindo essas mesmas palavras aparentemente sem sentido, mas cruciais para a polícia na investigação de dois incêndios criminosos.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

 

Compre em

Amazon

Previous [Bastidores Literários] O profissionalismo (ou a falta dele) na literatura
Next [Bastidores Literários] Oficinas literárias são mesmo interessantes para o escritor?r

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)