Os 7 de chicago #filme @netflixbrasil


Sete heróis que na verdade são oito

Um grupo de idealistas dos mais variados perfis dirigiu-se a Chicago no caliente ano de 1968 sabendo, é claro, dos riscos de se meter em manifestações políticas naquele contexto, mas sem jamais imaginar que seriam enquadrados como pertencentes a um grupo criminoso – mesmo sem sequer se conhecerem – e que seriam vítimas de um dos mais cruéis, vis e injustos julgamentos da história norte-americana. A saga real desses sete (na verdade, oito) heróis virou filme da Netflix e tem gerado lágrimas e muita raiva no público.

É evidente que quando qualquer história real é retratada no cinema, ou mesmo na literatura, deve-se levar em consideração a licença poética que permite eventuais “distorções” da realidade a fim de adaptá-la ao formato desejado; porém, em Os 7 Chicago, do experiente diretor Aaron Sorkin, mesmo com as devidas adaptações para colocar todos os acontecimentos relevantes daquele processo em duas horas de filme, o impacto dos absurdos reais foi mantido, e muito disso se deve – além de roteiro e direção, claro – à competência do ator Frank Langella, como o detestável juiz Julius Hoffman, nitidamente decidido a mandar oito inocentes para a cadeia.

Dentre os inocentes, aliás, destacam-se (como personagens e como atuações) Eddie Redmayne na pele de Tom Hayden, líder e ex-presidente da Sociedade de Estudantes pela Democracia; e, principalmente, o comediante Sacha Baron Cohen, famoso pelo personagem Borat, e que aqui mesclou com maestria comédia e drama encarnando o irreverente Abbie Hoffman, membro fundador do Partido Internacional da Juventude. O embate difícil e a admiração mútua e velada entre os dois personagens é um dos pontos altos da trama. Para os nerds que gostam de duplas, há ainda o curioso atrativo de estarem no filme um ex-Batman (o experiente Michael Keaton) e um ex-Robin (Joseph Gordon-Levitt, como um dos promotores do caso).

Por fim, sabemos que a pandemia da COVID-19 fez de 2020 um ano diferente e que o cinema foi com certeza um dos setores mais afetados, mas certamente entre os bons filmes do ano é obrigatório listar Os 7 de Chicago, com sua história incrível, seu elenco de primeira e seu final épico – vai ter que ver pra saber!

The Trial of the Chicago 7

Direção

Aaron Sorkin

Elenco

Yahya Abdul-Mateen II, Sacha Baron Cohen, Joseph Gordon-Levitt, Eddie Redmayne, Frank Langella e outros

Sinopse

Não recomendado para menores de 16 anos

Baseado em uma história real, o longa Os 7 de Chicago acompanha a manifestação contra a guerra do Vietnã que interrompeu o congresso do partido Democrata em 1968. Ocorreram diversos confrontos entre a polícia e os participantes. No total, dezesseis pessoas foram indiciadas pelo ato.

16 de outubro de 2020 na Netflix

2h 09min

Previous Sofia Lundberg - A caderneta de endereços vermelha
Next Jill Lepore - Estas verdades @intrinseca #resenha

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *