Ian Hawkey – Di Stéfano #resenha


Di Stéfano, ao centro, com a bola

Di Stéfano

Há cerca de dois anos, estive em Buenos Aires e comprei (obviamente em espanhol) uma biografia de Alfredo Di Stéfano, que, por razões quaisquer, acabou estacionada em minha estante; porém, com a morte recente de Diego Maradona, as atenções deste fanático por futebol que aqui escreve voltaram-se para a Argentina e comecei a me perguntar por que a história de la saeta rubia, escrita por Ian Hawkey,ainda estava aguardando para ser lida. Ainda não tenho a resposta, mas a espera acabou.

Para quem não o conhece, Di Stéfano foi o melhor jogador de sua época. Aliás, ele foi mais. Por ser mais velho que Pelé, Garrincha, Maradona, Messi e outros postulantes ao título de maior jogador da História, ele chegou a ocupar esse posto e ainda hoje tem um lugar de muito destaque entre os grandes de todos os tempos. Qualquer pessoa, goste ou não de futebol, já ouviu falar no Real Madrid, clube que era comum antes de sua chegada e se tornou um gigante por sua causa. A Champions League, torneio pelo qual times matam e morrem, foi conquistada por ele cinco vezes seguidas.

Di Stéfano, ao centro, com a bola

De fato, seus feitos como atleta são impressionantes e hoje pouco conhecidos devido à sua antiguidade, mas o valor do livro não está apenas em conta-los, e sim numa contextualização espetacular que inclui a greve dos jogadores argentinos no fim da década de quarenta, a máfia italiana tomando a cidade de Rosário, o uso político que o governo colombiano fez do futebol, a ligação de Franco com o Real Madrid e até a passagem de um jovem Che Guevara pela Colômbia no início dos anos cinquenta, em sua lendária viagem de motocicleta através da América Latina. Sim, meus amigos! Até a leitura de uma biografia de um jogador de futebol pode trazer bastante conhecimento.

Di Stéfano e Maradona Foto:Gustau Nacarino/Reuters

Di Stéfano, da autoria de Ian Hawkey, não traz apenas a trajetória de um dos melhores jogadores da História; é também um retrato de uma época, do futebol deixando o amadorismo rumo à profissionalização, e de vários grandes acontecimentos do século XX. Seja em que língua for, vale a leitura! Ah, e sim, ele viveu pra ver Cristiano Ronaldo ameaçar seu reinado no Real Madrid.

Capa, ficha técnica, sinopse

Di Stéfano

Ian Hawkey

ISBN: 9788494616679
Editora: Roca Editorial 
Número de páginas: 320
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2017

Sinopse

Todo mundo já ouviu falar de Pelé, Cruyff e Maradona, mas para alguns conhecedores de futebol, Alfredo Di Stéfano é o maior de todos. 

Esta é sua história completa, que inclui entrevistas exclusivas e inéditas e relatos de sua infância humilde até quando ele ascendeu como uma das estrelas globais mais famosas da história do esporte.

Previous Woody Allen: a autobiografia
Next Tenet #filme

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *