Roberto Campos Pellanda- Noite sem fim


noite sem fim

Olá!

Literatura fantástica é sempre um prazer ler e quando bem escrito e nacional, melhor ainda.

Eu tive uma agradabilíssima surpresa com a história de Noite sem fim. Da diagramação à trama. A história é bem desenvolvida e cheia de mistérios.

Ao iniciar a leitura somos transportados para um mundo onde é sempre noite e muitos mistérios estão para ser descobertos. Conhcemos a Vila através dos olhos de Martin, um garoto de 14 anos, muito inteligente e órfão há pouco. Há muitos anos ele perdera a mãe durante um episódio parte dos muitos mistérios da Vila, e há pouco seu pai, na viagem do navio Tierra Firme.

Seguindo a Lei dos Anciãos, parte um navio a cada seis meses e que quase nunca volta, ninguém sabe o motivo dessas viagens para Além-mar, ninguém conhece Além-mar e é proibido aos pesqueiros se afastar muito da Vila, também há proibições sobre outras áreas, como passar da Cerca que divisa o fim do Vila, há livros proibidos e quem questiona ou faz algo que os Anciãos possam desaprovar são punidos.

Martin sempre percebera que os Anciãos defendiam aquele ponto de vista com muito vigor, talvez até mesmo com raiva. Mais de uma vez teve vontade de qustioná-los; como podiam ter tanta certeza? Eles próprios nunca haviam deixado a Vila. E por qual motivo os navios zarpavam a cada seis meses para o Além -mar? Por que haveriam de partir se não existia nada lá fora?

Pouco a pouco o adolescente vai descobrindo o que há por trás dos acontecimentos que cercam os habitantes da Vila. E que a Lei dos Anciãos que dita tudo por lá pode estar escondendo um segredo que talvez seja parte de uma horrenda conspiração. E junto com Martin vamos pedaço por pedaço, juntando esse emaranhando de mistérios.

O tempo é dividido em hora de descansar e hora de trabalhar,como mencionei só há noite e as ruas e casas são iluminadas por lampiões e velas, as crianças vão até os doze anos para escola onde são educadas pelas Morfélias – seres que parecem humanas, mas tem um pensamento direto, sim ou não, e também são em muitas casas as que cuidam das tarefas da casa. E a sociedade não tem muitos direitos, são controlados, até o que pensam, pelo pulso firme dos Anciãos.E há também outros seres, afinal é um livro de fantasia e uma realidade diferente , apesar dos simbolismos e outras similaridades com a nossa realidade.

Mas Martin não está só, conta com seus amigos Omar e Maya que juntos criam um clube do livro, com edições banidas pelos Anciãos e isso leva a um desfecho duro para Martin, mas que é crucial para o entendimento dele desses grandes mistérios que envolvem a trama.

Estou muito ansiosa pela continuação – O primeiro amanhecer – que está em pré-venda.

Agradeço e muito pelo livro que recebi do autor, que diz ser sua declaração de amor aos livros e realmente é.

Uma escrita e revisão impecáveis. A capa e gravuras nos remetem diretamente a história.

Recomendo e muito.

Leia aqui o primeiro capítulo.

Capa, ficha técnica, sinopse:

Noite sem fim

O além mar – livro 01

Roberto Campos Pellanda
ISBN: 97885615415
Editora: Tarja Editorial
Número de páginas: 300
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2011
Edição 2 – 2012

Sinopse

A Vila é um lugar onde é sempre noite.

A cidade vive sob a rígida Lei dos Anciãos: a cada seis meses um navio deve partir para o Além-mar.

Martin tem quatorze anos e ficou órfão há seis meses, quando o pai embarcou em um navio para o Além-mar, de onde, todos sabem, ninguém retorna.

Atormentado pela perda do pai e pelo fantasma de que conhecia muito pouco a seu respeito, a começar pelo incompreensível motivo que o fez ser voluntário em um navio, Martin decide partir à procura de respostas.

A busca pela verdade levará Martin a visitar algumas das figuras mais folclóricas da Vila e o conduzirá a uma incrível descoberta: uma coleção de livros proibidos.

Junto com Omar, seu melhor amigo, e Maya, a filha do livreiro da Vila por quem é perdidamente apaixonado, Martin inicia um clube de leitura para explorar o tesouro recém-descoberto.O mergulho nos livros proibidos levará o trio a uma perigosa jornada, na qual eles não apenas serão apresentados aos segredos que envolviam o passado do pai de Martin, mas também os colocará cara a cara com a própria essência do terrível regime Ancião.

À medida que a leitura dos livros avança, eles se veem em meio a uma perigosa trama e percebem, tarde demais que, depois das revelações do clube de leitura, nada será como antes e a vida dos três mudará para sempre.

Confrontado com verdades aterradoras e declarado inimigo do regime Ancião, Martin ainda terá que enfrentar o maior temor de todos na Vila: criaturas cujo nome não se diz e que vêm do Além-mar.

Durante a grande catástrofe, Martin terá que descobrir em si mesmo uma coragem que não sabia existir, se quiser salvar a vida de Maya e a própria Vila.

Noite sem Fim é uma declaração de amor a três coisas: família, amizade e livros.

Book trailer

Conheça mais sobre o autor Roberto Campos Pellanda e sua obra na página oficial dele.

Boa leitura.

See ya!

Rosana

;

Previous Romances Saraiva - Harlequin
Next Hardback, Paperback - O que é isso?

6 Comments

  1. […] aqui, o que achei do livro […]

  2. […] Para quem ainda não conhece sua obra, veja a resenha aqui no Livrólogos – NOITE SEM FIM […]

  3. Avatar
    Fernanda Faria
    27/01/2013

    Nossa fiquei maravilhada com essa capa. é realmente fantástica. Eu curti bastante o enredo, e espero que ele consiga me surpreender.

  4. Avatar
    Jessica Lisboa
    24/01/2013

    Achei a capa bonitinha, mas nao estou animada pra ler esse livro, apesar de tr gostado do enredo do autor .

  5. Avatar
    11/01/2013

    A primeira vez que li este livro fui agraciada, porque é uma história mágica que me remeteu à minha infância e adolescência, já que trouxe um sentimento pueril e inocente como os livrinhos infantojuvenis que líamos na época, especialmente os da série Vaga-lume, que possuo alguns até hoje.

    Sabe o que me recordou, aqueles desenhos japoneses “Heidi”, “Marco: dos apeninos aos Andes”. Não sei se chegou a assistir, passava aos domingos durante o Domingo no Parque, no programa do Silvio Santos. Se recorda? Não tinha um domingo que não ficava a família reunida onde nos emocionávamos com essas histórias que fazia nós sofrermos e torcermos pela felicidade dos personagens.

    Essa turminha me fascinou assim como o enredo intrincado. Foi uma leitura agradável e o autor conseguiu me pegar pela sua escrita que chega a ser poética. Roberto conseguiu essa proeza de nos tocar profundamente, já que é um livro mágico mesmo!!!

    Fico muito feliz que tenha gostado da indicação, ainda mais que é o segundo que te indico e você adora. Acho que estou te conhecendo um pouquinho mais. rs.

    Agora vamos aguardar o próximo para nós surtarmos juntas, porque depois daquela prévia no finalzinho do livro, não tem como não ficar ansiosa, né?!

    Fiquei curiosa, ainda mais que agora a história terá POV diferentes, principalmente da Maya, que adoro!!! Mal posso esperar p/ rever todos os personagens.

    Para quem não conhece ainda, leiam e se encantem com esse universo criado pelo Roberto Pellanda.

  6. Avatar
    Gladys Freitas
    10/01/2013

    Distopia não é a minha praia, mas esse livro até que me despertou o interesse.

    Também achei a capa bonita.

    Pelo menos não é uma série extensa né!

    Bjo.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)