Licorice Pizza


Licorice Pizza, do famoso diretor Paul Thomas Anderson, é um filme muito fácil de se gostar. Sabe aquelas imagens mentais que temos da Califórnia do início dos anos 70, cheia de sol e respirando liberdade e inocência? Pois é nesse contexto visual, propício às melhores lembranças de quando víamos o seriado Anos Incríveis (Kevin Arnold morava na Califórnia?) que o jovem ator e mini-cosmpolita Gary Valentine tenta impressionar Alana Kane, uma garota mais velha, que gosta de sua companhia e até vê certo charme em suas empreitadas financeiras, mas sempre acaba preferindo os caras mais velhos e bonitos – lógico que o final já está claro pra todo, mundo, né?

O filme é leve, divertido, inocente, engraçado, traz uma nostalgia gostosa da juventude e até uma raivinha boba quando o pretenso casal faz aquelas besteiras que todos já fizemos; além de ser pontuado pelas atuações mais propositadamente canastronas de Bradley Cooper e do espetacular Sean Penn. Como se não bastasse, é protagonizado por Alana Haim, jovem de sucesso na música pop, e Cooper Hoffman, filho (e cópia) do lendário Philip Seymour Hoffman, em sua estreia no cinema!

“Tem um ‘mas’ a caminho?”. Tem. Que me perdoem os críticos, a Academia e seu diretor se eu não tiver entendido a proposta, mas francamente não vi nada em tela que considerasse extraordinário. Sendo justo, num primeiro momento incomodaram-me os acontecimentos jogados aparentemente ao acaso e sem função na história, mas a verdade é que não há como negar que aqui, do lado de trás das câmeras, é assim que a vida funciona, não? Uma sucessão de fatos, alguns prolongados, outros passageiros, mas totalmente livres de um roteiro com começo, meio e fim. Não posso negar que essa ideia, embora inicialmente estranha, conferiu naturalidade e um realismo interessante à história, mas de resto…

Não vou dizer que seja ruim, muito pelo contrário. Divertiu-me e até emocionou de formas bobas e inesperadas, mas não acho que seja a obra-prima que muitos estejam pintando, muito em virtude do prestígio de seu realizador. Verdadeiramente, vi coisas muito mais divertidas e tocantes baseadas na inocência e calor da adolescência setentista. Mesmo assim, indicaria Licorice Pizza a quem me pedisse uma dica, mas nunca daria a ele um Oscar de Melhor Filme.

Licorice Pizza

Direção e roteiro: Paul Thomas Anderson

Elenco: Cooper Hoffman, Alana Haim, Bradley Cooper, George DiCaprio, Tom Waits, Sean Penn.

17 de fevereiro de 2022 nos cinemas

2H 13min

Romance, drama

Sinopse

Licorice Pizza é a história de Alana Kane (Alana Haim) e Gary Valentine (Cooper Hoffman) crescendo, correndo e se apaixonando no Vale de San Fernando, 1973. Os dois iniciam vários negócios, flertam, fingem que não se importam um com o outro e, inevitavelmente, se apaixonam por outras pessoas para evitar se apaixonar um pelo outro. Mas há um detalhe entre os dois: ela tem 25 e ele 15. Eles se conhecem em um dia de foto na escola de Gary, onde Alana está ajudando os fotógrafos no fatídico dia.

Escrito e dirigido por Paul Thomas Anderson, o filme acompanha a navegação traiçoeira do primeiro amor e como Alana tem a jornada de autodescoberta de uma jovem: experimentando diferentes empregos e roupas, diferentes prioridades e personalidades e vendo o que se encaixa. Enquanto Gary está iniciando sua carreira de ator em Hollywood, com a ajuda dos pais e trazendo consigo Alana para o meio.

Previous The Batman
Next Sharon Jones - Queime depois de escrever

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)