Avaliação

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.

8
Nota

Olá!

Confira a resenha do livro Rainha Vermelha da autora Victoria Aveyard. É o primeiro livro da Série.

O livro vai mexer com seu coração e sua mente. Não confie em ninguém.

Rainha Vermelha tem tudo de uma história envolvente: amor, príncipes,personagens fortes, poder e rebelião,o que torna realmente difícil não deixar o leitor empolgado.

É uma distopia, tem clichês, pode até não ser muito original, mas a autora coloca na trama reviravoltas e ousa em algumas decisões ao longo da trama.

Narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista de Mare. Mare Barrow vive em um mundo segregado. Há as pessoas com sangue prateado, a classe dominante, a elite dos cidadãos que tem poderes extraordinários, sobrenaturais, e os vermelhos, a plebe, inferiores.

Mare nasceu na pobreza e assim como sua família e todos que tem sangue vermelho, lutam para sobreviver. Há pouca comida e pouca perspectiva de trabalho. Sem um talento, os vermelhos são forçados a ir para o exército. A lutar em uma guerra que dura incontáveis anos. Ser recrutado para o exército, acaba sendo morte para a maioria deles.

Mare e sua família dependem da irmã caçula, que tem um grande talento para bordar, o que garante não só um emprego estável, mas também apoio para a família dela. Por outro lado, Mare não tem esse tipo de habilidade,mas ela sabe roubar. Seus irmão foram recrutados.

Em uma tentativa desesperada de salvar a si e seu melhor amigo Kilorn, que também será recrutado, Mare bola um plano, mas numa reviravolta chocante, acaba dando errado . Numa última tentativa de roubo, ela encontra Cal, um charmoso e misterioso forasteiro e isso muda a vida dela para sempre, ela descobre ser mais do que uma simples plebeia, e se vê dentro do palácio real exercendo um papel de uma nobre prateada, o que nunca quis.

Você realmente não pode confiar em ninguém neste livro. Muitos querem o trono e farão qualquer coisa para obtê-lo. Este livro trata de falsidade, mentiras, e usar os outros.

No livro é  muito interessante como os prateados são como mutantes por conta de suas habilidades, como curar, controle do metal, fogo, mente etc, e também cheio de ação e traições. Fãs de X-Men, A selecção e Game of Thrones, preparem-se, pois há elementos de todos esses combinados, o que torna A rainha Vermelha uma história bem cativante.

Capa é muito bonita, prateada e a diagramação é agradável à leitura. Recomendo

 

Capa, ficha técnica, sinopse

rainha vermelha

A rainha Vermelha

Red queen – book 1

Victoria Aveyard

ISBN: 9788565765695
Editora: Seguinte
Número de páginas: 424
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2015
Tradução: Cristian Clemente

SINOPSE

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez