Jo Nesbø – Polícia @editorarecord #resenha


policia-jo nesbo

Olá!

Essa semana estreia nos cinemas Boneco de neve, baseado no livro homônimo de Jo Nesbø. Para aproveitar o clima de suspense, aproveitei para convidar meu amigo querido, Thales do  blog Our cup of tea para ler o livro Polícia do autor Jo Nesbø. Veja o que ele achou do livro.

Ler um autor com o qual você não teve nenhum contato prévio é sempre uma experiência tensa. A possibilidade de não gostar da escrita, de como ele narra ou do desenrolar dos acontecimentos é sempre uma mosquinha que incomoda lá no fundo da cabeça. Foi bem assim que comecei a ler Polícia, e fico feliz em informar que as preocupações se mostraram infundadas.

Ler Nesbø foi uma boa chance de ter contato com mais um estilo de escrita de romances policiais, além dos que já conhecia. Com uma abordagem de certa forma mais pesada que o estilo americano e britânico, o autor conduz a história sem errar a mão no suspense e com muita inteligência.

Neste décimo volume da série com Harry Hole (oitavo no arco da sequência de Oslo), o detetive que já foi o principal investigador de grandes casos criminais e sempre um profissional brilhante, que salvou inúmeras vidas. No entanto, em Polícia, alguns de seus amigos mais próximos estão correndo um grande perigo quando um assassino que aterroriza as ruas de Oslo começa a matar policiais nas cenas de crimes que eles não conseguiram resolver.

Para resolver esse novo caso, Hole mais uma vez precisa lançar mão de toda sua inteligência e astúcia para também prender o leitor, criando a vontade de virar mais uma página, ler só mais um capítulo e mais outro, até o fim do livro. A sensação de querer saber o resultado final dessa corrida pelas ruas da capital norueguesa proposta por Nesbø só aumenta a cada nova descoberta.

É difícil não fazer comparações, com a possibilidade de ser um pouco injusto, mas ao contrário de Stieg Larsson, com origem no país vizinho ao de Nesbø, que foca mais num estilo documental em sua incrível série Millenium, a história com Harry Hole entrega uma maior sensação de satisfação em tempo menor, sem muitas firulas ou ramificações. Não me interprete mal, tenho ambas (agora que conheço Hole) em um patamar muito alto, cada qual com suas vantagens e desvantagens.

Capa, ficha técnica, sinopse

policia jo nesbo

 

Polícia

Jo Nesbø

ISBN:9788501109583
Editora: record
Número de páginas: 546
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2017

Sinopse

A polícia de Oslo precisa desesperadamente de Harry Hole. Mas, dessa vez, talvez ela não possa contar com seu detetive mais brilhante…. Ao longo dos anos, o inspetor Harry Hole esteve envolvido nos principais casos de assassinato em Oslo e salvou a vida de muitas pessoas. Mas, quando um assassino brutal ataca os policiais da cidade e seus colegas são expostos ao perigo, Harry não se encontra em posição de proteger ninguém – muito menos a si mesmo. Um investigador aposentado é assassinado de modo brutal em um bosque nos arredores da cidade; um detetive é morto com requintes de crueldade. Ambos são encontrados nos locais dos crimes que não foram capazes de solucionar. E o assassino não para por aí. Funcionando como uma força-tarefa, os amigos de Harry na polícia entram em ação. Apesar da falta de pistas, eles contam com uma ajuda inesperada para deter o assassino antes que seus colegas sejam as próximas vítimas.

Previous [Bastidores literários]Cuidado com clichês que mascaram como técnicas milagrosas - Parte 2/2
Next A pressão do sucesso... e do fracasso literário

1 Comment

  1. Estava mesmo querendo saber mais sobre esse livro.
    Tenho alguns volumes dessa série aqui na estante e vou dar uma chance!
    Beijos
    Camis

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)