Adam Christopher- Stranger Things: Cidade nas trevas @intrinseca #resenha


Cidade nas Trevas

É muito comum ver obras literárias transformadas em filmes ou séries de TV, o que quase sempre gera comparações entre o que imaginamos e o que ganha vida nas telas; no entanto, até pela idade das mídias envolvidas, o caminho inverso não é tão usual e se torna ainda mais inesperado quando o autor do livro não é o mesmo da série da Netflix que conquistou legiões de fãs e se tornou um fenômeno pop. Pois não se preocupem! Em Cidade nas Trevas, o escritor Adam Christopher fez o dever de casa direitinho, captando cada nuance da personalidade do policial Jim Hopper para imaginá-lo nessa eletrizante e assustadora aventura na caótica Nova Iorque da segunda metade dos anos setenta. 

Juntando os cacos emocionais depois da Guerra do Vietnã, Hopper não via mais sentido em seguir com sua vida na pacata cidade de Hawkins, no Estado de Indiana, e assim, com a esposa e a filha pequena, mudou-se para Nova Iorque, à época falida e tomada por grupos de criminosos. O que ele jamais poderia imaginar é que para além das gangues que assolavam a cidade, um grupo de satanistas tinha planos mais ambiciosos, valendo-se de traumas, medo e desespero para criar um exército paralelo e destruir a metrópole. 

Aliás, é interessante observar que a maior parte da ação do livro ocorre no bairro do Bronx, mesmo lugar onde foi filmada boa parte do filme Coringa. Sim, obviamente o filme se passa na fictícia Gothan City, mas ele se vale – e muito! – da estética decante de Nova Iorque do mesmo período retratado no livro. 

Vale observar também que se uma das marcas registradas de Stranger Things é a ode permanente aos anos oitenta, o livro de Christopher respeitou o estilo e se valeu sem dó das características mais marcantes da década anterior, como, por exemplo, um certo filme de guerra espacial que marcou época e foi classificado por Hopper como o melhor já visto por ele – certeza que muita gente pensou isso em 1977.

Por fim, Cidade nas Trevas é o encontro perfeito entre televisão é literatura, apresentando-nos um pouco do passado de Jim Hopper, e aproximando-o também de sua filha adotiva, El. Assistir a série não é, de forma alguma, um pré-requisito para a leitura, mas, penso eu, que o relato se torna mais denso e realista para quem já viu o rosto do ator David Harbour no papel de Hopper.

Capa, ficha técnica, sinopse

Stranger Things: Cidade nas trevas

Série Stanger Things Vol 2

Adam Cristopher

Sinopse

Em nova história oficial do universo de Stranger Things, Eleven descobre segredos perturbadores do passado de Jim Hopper A terceira temporada de Stranger Things causou grande comoção, e o último episódio deixou os fãs perplexos e ansiosos por respostas. As pistas estão lançadas em Cidade nas trevas, segundo livro oficial da série, que explora o passado de um dos personagens mais queridos do público: o chefe de polícia Jim Hopper. Em Hawkins, durante o Natal de 1984, ele mal consegue conter a alegria. É sua primeira comemoração familiar com Eleven, sua chance de aproveitar momentos de tranquilidade com a filha adotiva. Mas a menina tem outros planos. Contra a vontade de Hopper, ela vasculha uma caixa em que está escrito “Nova York”. É aí que começam as perguntas. Por que Hopper foi embora de Hawkins anos atrás? Por que nunca contou sobre Nova York? O que ele está escondendo? Embora prefira enfrentar uma horda de demogorgons a mergulhar em seu passado, Hopper sabe que não pode mais esconder a verdade. Por isso, ele conta a Eleven os detalhes de um dos casos mais avassaladores de sua carreira, o último antes de tudo mudar… Em 1977, após retornar da Guerra do Vietnã, ele se muda com a esposa e a filha para Nova York e passa a atuar na divisão de homicídios. A cada dia, se depara com inúmeras tragédias, mas nenhuma se compara a uma série de assassinatos brutais e incompreensíveis. Quando agentes federais assumem o caso, Hopper e sua irreverente parceira, Rosario Delgado, decidem agir por conta própria, e logo o detetive se vê infiltrado entre as perigosas gangues da cidade. No momento em que está prestes a desvendar quem — ou o quê — está por trás dos assassinatos, um apagão lança a cidade nas trevas, e Hopper fica frente a frente com uma escuridão que mudará sua vida para sempre.

Compre o livro na Amazon

Previous As personagens - O Oceano no fim do caminho - Semana Especial #clássicosIntrínseca
Next Eu, Elton John @planetalivrosbr #resenha

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)