Elizabeth Bard -Piquenique na Provence @EDITORAROCCO #RESENHA


provencepicnic

Olá!

Confira a resenha do livro Piquenique na Provence, da autora Elizabeth Bard.

Recebi o livro pela parceria da editora Rocco

Adoro gastronomia, sou chef amadora e fico fascinada com livros que tenham algo relacionado com isso, que relatam alguma experiência na área e principalmente tendo a França na história, no caso desse livro a belíssima Provence.

Os franceses, de modo geral, não diria que não gostam de estrangeiros, mas eles são um tanto refratários e cheio de tradições.

Elizabeth uma nova-iorquina, jornalista e escritora vai com o marido Gwendal, executivo francês, a Céreste passar dez dias durante o feriado de Páscoa.

Céreste (parte simples da Provence)é uma cidadezinha de 1300 habitantes. Esse passeio é a realização de um sonho de criança.

“Não viemos para ficar. Não tínhamos nenhuma intenção, além de alguns dias de sol…”

Na pousada em que estavam hospedados descobrem que ali perto viveu René Char um poeta francês muito admirado por Gwendal.

“Durante a Segunda Grande Guerra ele foi um líder da Resistência  francesa, recebendo armamentos de Londres lançados de paraquedas e escondendo armas, refugiados e jovens franceses que recusavam o serviço obrigatório na Alemanha.”

Fascinados, compram a casa e decidem mudar-se para lá. Elizabeth que estava acostumada com a praticidade da vida americana, deparar-se com as referências culturais da França, seria um obstáculo. Teria que se adaptar ao cotidiano francês onde a boa mesa é fundamental. Ao ir para Provence é uma opção de vida em que  ela abre mão de tudo o que imaginara para ela e a família, mas ia amar a vida que compartilharia nesse lugar.

“Há ocasiões em que a estrutura, a rigidez, os aspectos tradicionais da vida francesa são um tédio. Mas, no que se refere a comer de forma saudável, é, na verdade muito útil.”

Tudo o que Elizabeth sonhara aos 22 anos estava se transformando com a vida na França.  Mas ela gosta do que faz, e o sucesso ali tem um significado diferente: a qualidade de vida é boa e o estar com a família é importante.  Seu filho nasce e ela aprende os desafios da maternidade.

“O que realmente gosto a respeito de estar em Céreste são os dias, a maneira como o tempo flui tranquilamente diante de nós, como as suaves elevações dos campos.”

Hoje ela tem outros valores como parâmetros de vida. Ela sempre pensava no futuro, mas ficar em Céreste aprende com os vizinhos a celebração diária  da  vida e, a cada aprendizado de sobrevivência ali no vilarejo, ela prepara os pratos típicos, cujas receitas são explicadas detalhadamente.

Assim começa a iniciação da americana na cozinha clássica da Provence.

“Ela diz:  tudo, tudo o que quero está bem aqui.”

Seu marido recebe nova oferta de trabalho, mas teria que deixar Céreste. Ao recusar, acabam descobrindo uma nova paixão — Negócio de sorvetes.

Um negócio familiar. O local está escolhido…

Com várias referências , receitas, descrições dos locais e experiências, a autora nos faz mergulhar na vida em Céreste. Um livro para se apreciar.

Capa linda e diagramação agradável à leitura. Recomendo.

Capa, ficha técnica, sinopse

provence

Piquenique na Provence

Uma história de vida com receitas

Elizabeth Bard

ISBN:9788568696262
Editora: Rocco – Bicicleta Amarela
Número de páginas: 400
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2016
Tradução: Geni Hirata

Sinopse

Há dez anos, a nova-iorquina Elizabeth Bard seguiu um atraente francês por uma escada em espiral para o amor no coração de Paris. Agora, com um bebê a caminho, ela tem certeza de que encontrou seu lugar definitivo: a pequena vila provençal de Céreste. Apaixonados pela história do lugar, o casal resolve se mudar – de mala e cuia e Le Creuset – para a zona rural francesa e abrir uma loja de sorvetes artesanais, a Scaramouche, que se tornou uma das top 5 sorveterias da França. Piquenique na Provence mostra, entre receitas tentadoras e com um texto inteligente e bem-humorado, a trajetória de uma jornalista norte-americana aprendendo os truques da maternidade francesa, uma família encontrando uma nova paixão profissional e a iniciação de uma cozinheira na culinária clássica da Provence. Uma deliciosa mistura de Comer, rezar, amar, Um ano na Provence e Sob o sol da Toscana.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro na

Amazon

 

Previous Gregory Maguire - Wicked @EDITORALEYA #RESENHA
Next K.L. Armstrong e M.A. Maar - Crônicas de Blackwell: Corvos de Odin @EditoraRocco #resenha

19 Comments

  1. Avatar
    04/08/2016

    Jurei que era um livro de receitas de doce. Gostei da capa, mas acho que não é muito o que eu ia gostar de ler.

  2. Avatar
    30/07/2016

    Oi. Nunca li nenhum livro com esse tema. Nunca procurei ler nenhum pra saber se é bom ou se me interessaria. Não sei se leria esse agora, mas algum dia quem sabe!

  3. Avatar
    25/07/2016

    Mas genteeeee. ..

    Que capa é essa?

    Coisa mais linda e mais saborosa… hehe

    Não conhecia o livro. Mas sabe que eu gostei?

    França, comida….romance…até sem romance. …

    Ótima resenha!

    Bjs

  4. Avatar
    25/07/2016

    Sabe que quando eu vi essa capa achei ela deliciosa mas tive a sensação de que não seria o meu tipo de história. Agora, lendo sua resenha eu até fiquei curiosa e querendo conhecer a obra, mas mesmo assim me parece que não é um livro que irá realmente me agradar ou me envolver o suficiente. acho que cada leitor tem seu estilo e por mais que eu estou arriscando mais e saindo em busca de novas leituras, não sei se é o momento de eu ler essa história.
    Mesmo assim, vou anotar a dica, até porque acho que ele é um belo presente!!!!
    Beijinhos,
    Lica

  5. Avatar
    23/07/2016

    Olha, sou uma negação na cozinha, mas pra comer… Hahaha vi esse livro esses dias e amei, fora a capa que é lindíssima. Estou bem curiosa e adorei sua resenha. Bjk

  6. Não conhecia o livro nem a autora. A tematica parece bem interessante, uma história bonita e talz. Curti 😀
    Qdo vc vai fazer as receitas p gente ver? rsrsrsrsrs Eu não digo nem mostrar as receitas, q tenho preguiça, mas adoro ver as fotos das comidas bonitas q as pessoas fazem 😀

  7. Avatar
    21/07/2016

    Olá!
    Eu não conhecia o livro e nem a autora! Eu simplesmente amei a capa!
    Eu gosto muito de livros com essa temática <3
    Gostei de saber que a obra possui várias referências, receitas e descrições dos locais. Fiquei curiosa para conhecer mais a fundo essa história.
    Ótima resenha!
    Beijos!

  8. Oi.
    Primeiramente preciso dizer que estou apaixonada por essa capa. linda linda linda. Nunca li um livro que tenha alguma relação com a gastronomia e achei a premissa desse bem interessante, um livro que parece ser gostosinho de ler. Amei a dica.

  9. Caramba, Rô.
    Que delícia de livro!
    Estou só esperando para experimentar essas receitas… quando você fizer! kkkkk
    beijos
    Camis

  10. Avatar
    21/07/2016

    Olá, tudo bem?

    Que prissa interessante, tbem gosto de me aeriscar na cozinha. rs
    Gostei bastante da premissa, vou colocar na lista de desejados. Mas o qje mais me chamou a atenção, confesso, é o fato de se passar na França. 😀

    Beijo!

  11. Avatar
    21/07/2016

    Olá,

    Nossa só de ver essa capa já deu água na boca. Eu também me aventuro na cozinha as vezes e gostei muito das referências gastronômicas que você mencionou no livro. Eu com certeza apreciaria esse manual, vou em breve colocar na meu carrinho.

    Abraços
    Cá Entre Nós

  12. Oi
    nooooossa, que amor de livro hahaha adorei a ideia do livro, bem diferente, atraente e saborosa, e que capa mais linda e deliciosa hahaha muito boa sua resenha e sua dica

    Beijos

  13. Olá! Estou louca para ler esse livro, aqui em casa também gostamos de nos aventurar na cozinha, eu amo confeitaria! Além da história ser legal tem receitas!! SEm contar que gastronomia e França são super relacionadas, um charme, beijos!

  14. Avatar
    19/07/2016

    Olá,

    Só vendo a capa meu estômago já urrou de fome haha e imagina eu lendo um livro assim?
    Deve ser uma mesclagem bem harmoniosa essa de romance e gastronomia que se paramos para analisamos até que os temas tem correlação.

    Beijos!

  15. Avatar
    19/07/2016

    Esse livro eu compraria só pela capa! Hahaha
    Eu acho que nunca li um livro que fale de gastronomia e ainda mais tendo a França como plano de fundo. É para deliciar qualquer um!
    Imagino as receitas, o ambiente, tudo. Adorei a dica, já anotado aqui.

  16. Avatar
    19/07/2016

    Olá
    Esse livro da fome só de ver a capa. Fiquei bem interessada nele, adoraria conhecer essa região da França, e essa parte da comida também me deixa bem curiosa, dica super anotada

  17. Avatar
    19/07/2016

    A capa por si soh ja eh uma delicia. E falar de delicias na França ja me encanta. Fiquei curiosa para conhecer a obra, mesmo que ela fuja um pouco do estilo que tenho costume, sei que ela pode me encantar tbm. Espero poder ler em breve, amei a dica!

    Raissa Nantes

  18. Avatar
    19/07/2016

    Olá,
    Eu não conhecia a obra, mas ao olhar apenas a capa (tenho essa mania), seria um livro que me chamaria a atenção. Ao ler sua resenha, achei bacana e diferente a proposta. Ao ter receitas e informações gerais de um novo local escolhido para se viver, achei sensacional, é diferente realmente de tudo.
    Até eu fiquei com vontade de viver em Céreste, transmite tanta paz e no atual cenário do mundo, seria um sonho viver assim.
    Beijos

  19. Avatar
    19/07/2016

    Oiee

    Achei tão legal a capa desse livro!!!
    Eu também sou chef amadora então tudo quanto é livro com gastronomia me fascina. E tendo a França na história é um atrativo e tanto.
    Eu não conhecia o livro e gostei muito, fiquei super com vontade de ler.
    Obrigada por compartilhar. Sua resenha ficou excelente!

    bjs
    Fernanda

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)