Olá!

Falsa submissão é um relançamento da ed Record e despertou minha curiosidade por ser motivo de controvérsias. Muitos começaram a ler esse livro,pensando ser algo romântico, talvez na onda de 50 tons, Toda sua, que de certa maneira falam alguma coisa do universo BDSM, Sadomasoquismo e claro que vão se decepcionar, pois é um thriler.

Uma jornalista, Nora, quer desmascarar o homem que ela tem certeza que assassinou brutalmente sua irmã. Mas o ex-namorado da irmã, o professor universitário Michael, M., apesar de ter sido cogitado como suspeito, não há provas contra ele.

Nora fica obcecada, ela está com o diário de Franny , que está cheio de revelações, mas a polícia diz que não prova nada e ela quer provar que o ex-namorado da irmã é o assassino. Ela deixa o emprego, muda-se para o mesmo bairro de M., fica de tocaia, até que se aproxima. Mas ele sabe quem ela é pois a irmã falava sempre dela e mostrara uma foto sua. Os dois começam a se envolver, mesmo ela tendo namorado e diz a si mesma que tem o controle.

Mas M. a envolve com jogos de sadomasoquismo em troca de informações sobre Franny. Ela vai se deteriorando psiquica e fisicamente. Nora não se conforma pois tudo começa a apontar para outro suspeito e uma reviravolta inesperada muda o curso da história, além de sua frustração em saber que M. a manipula, mas sempre fala a verdade e Ian já ter dormido com a sua irmã.Tudo bem que foi antes de se envolverem, mas ele não contou e logo depois do enterro de Franny ele se aproxima de Nora e insiste até se envolverem.

A cada revelação de M. , Nora percebe que não conhecia a irmã Franny e sente cada vez mais culpa por não estar ao lado da irmã. Nora também tem segredos.

O mal não tem um rosto feio, os limites entre o erotismo e o sadomasoquismo não são delimitados como Nora pensava, eles se mesclam.

O livro não é para os corações mais fracos, muitos poderão se chocar pois há partes com zoofilia, além de BDSM e até pedofilia ( só para adiantar, é um filme e não tem descrição da cena de fato, ou seja uma menção), escarificação, mumificação, o conteúdo é totalmente adulto, sexual. Mas não é baixaria gratuita. Tudo tem um contexto e muito bem escrito. A tensão psicológica do livro é palpável. Mas a vida é assim, nua e crua, sem atenuantes. E garanto uma coisa a justiça do livro chega a ser poética. Pelo menos a meu ver.

A citação usada de Nietzsche no livro, é perfeita

Aquele que luta com monstros deve se certificar de que, ao fazê-lo, não se torne um monstro. E quando olhar no fundo do abismo, o abismo também olha no fundo de ti.

Ah, esse livro é de 1995 e teve sua primeira edição aqui em 1996 pela Record mesmo.

Capa, ficha técnica, sinopse:

Falsa Submissão

The fault is our stars

Laura Reese
ISBN:
Editora:  Record
Número de páginas: 416
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23 cm
Ano Edição: 2012

Sinopse

Chicotes, roupas justas de vinil negro, um cachorro dinamarquês. O prazer bizarro do sadomasoquismo não fazia muito sentido para Nora Tibbs, jornalista de uma cidadezinha da Califórnia. Isto até o brutal assassinato da irmã. Obcecada pela ideia de encontrar o criminoso, Nora se deixa conduzir pelo misterioso M. por um mundo de jogos perversos, sem regras ou limites, descobrindo os desejos mais primitivos e sensações antes inimagináveis. Atraída pelo magnetismo excêntrico de M., ela só não desconfia que a morte acompanha seus passos e pode até estar ao seu lado, na cama.

Suspense com altas doses do mais inusitado tipo de erotismo estão em Falsa Submissão, uma história perturbadora que marca a estreia literária da americana Laura Reese.

Boa leitura

See ya!

Rosana