Olá!

Quem lê um livro da Cassandra Clare fica viciado. Isso é certo kkkk e comigo não foi diferente. É uma série YA muito , muito legal.

“As Peças Infernais”  é uma série nova, mas que acontece antes de “Os Instrumentos Mortais” . E se passa na Londres Vitoriana. A autora descreve muito bem o lugar e no fim do livro ela fala um pouquinho sobre isso. Percebemos durante a história o cuidado que ela teve com pesquisa. E a narrativa é tão bem escrita que nossa imaginação vai longe.

Por acontecer antes de “Os Instrumentos Mortais” obviamente muitos personagens dessa série são ancestrais ou estão ligados aos da série “Instrumentos Mortais”. Magnus Blane é um deles.

As Peças Infernais

  1. Anjo Mecânico (publicado no Brasil em 2012)
  2. Príncipe Mecânico (publicado no Brasil em 2013);
  3. Clockwork Princess (saiu agora em 2013 lá fora, mas por enquanto disponível só em inglês).

A Galera Record divulgou que esse ano ainda publicará “Clockwork Princess”.

Em Príncipe mecânico se dá a continuação da história, onde Mortmain está desaparecido, mas muitas coisas são descobertas.

O livro já começa com um desafio. Benedict Lightwood põe em dúvida o controle do Instituto de Londres, alegando que Charlotte não tem pulso firme, deixando não só um espião infiltrar-se como não punindo com rigor. E ele quer o controle do Instituto.

O Cônsul dá um prazo de duas semanas para Charlotte e Henry investigarem e encontrarem Mortmain ou reunirem provas contundentes de sua localização.

Além disso, Gabriel e Gideon, filhos de Benedict Lightwood passam a treinar Tessa e Sophie. Pois uma das alegações do pai deles é que Charlotte também não se preocupa em dar o treinamento adequado no Instituto.

” Tessa ouviu sussurros em ambos os lados, pedaços das mesmas palavras repetidamente: Charlotte, benedict, nunca irão achar o magistrado, duas semanas, contestação, Cônsul, Mortmain, Enclave, humilhante…”

E assim começa a corrida para evitar que Benedict Lightwood tome o controle do Instituto.

Jem, Will e Tessa vão para York pesquisar sobre coisas do passado de Mortmain para que possam entender melhor suas ações e assim tentar prever o seu próximo passo. Mas lá encontram não só informações sobre ele, mas algo sobre Will também.

Tessa passa a ter um controle melhor sobre seus poderes, mas pouco do que ela realmente é , nos é contado. Ela ainda não descobre o quê ela é ao certo. Já Will tem grandes revelações sobre uma desgraça que o acompanha e Jem, parece um pouco melhor, porém a morte continua a espreita. Esses três estarão mais e mais envolvidos e a autora realmente quer nos deixar com o coração em frangalhos.

O tempo está passando e o Magistrado tem seu plano em ação, mas qual será o próximo passo? Espiões podem estar infiltrados e muito está em jogo. E agora eles sabem que a guerra que o Magistrado está travando com eles é algo muito, muito pessoal. E a autora nos deixa super ansiosos pelo próximo livro. Guerra, muitos segredos sendo revelados e muitos outros a serem revelados, um triângulo amoroso que nos deixa com o coração apertado .

No fim do livro, há a carta que Will escreveu à sua família ao completar dezessete anos.É tocante.

A capa tem um efeito holográfico, brilha, a diagramação é super agradável a leitura. O papel é aquele mais amreledao, que torna a leitura mais gostosa. Encontrei alguns errinhos bobos no texto, mas passam despercebidos. Recomendo!!!!!

Capa, ficha técnica e sinopse

Príncipe Mecânico

Clockwork Prince

Cassandra Clare
ISBN:9788501092694
Editora: Galera Record
Número de páginas: 406
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23cm
Ano Edição: 2013
Tradução: Rita Sussekind

Também em eBook

Sinopse

Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres – ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada – foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Boa leitura.

See ya!

Rosana