Olá!

Quem ainda não leu Divergente está perdendo uma ótima história, um YA e distopia cheia de ação, com pitadas de romance, conspirações e intrigas. Faz parte da Trilogia Divergente.

A Rocco acabou de publicar o segundo da trilogia – Insurgente, e semana que vem teremos a resenha no blog.

Depois que você começa a ler o primeiro, não dá para parar, e agora só me resta esperar ansiosa, pelo terceiro – Allegiant – com previsão de lançamento nos EUA em outubro deste ano.E o primeiro filme tem previsão de estreia em março 2014.

Trilogia Divergente

  1. Divergente ( 2012) – ( Divergent 2011)
  2. Insurgente (2013) – ( Insurgent 2012)
  3. Allegiant – (2013)

Num ambiente futurístico, pós-apocalíptico, em Chicago,  a sociedade está dividida em cinco facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição. Quando atingem 16 anos, os adolescentes são submetidos a um teste de aptidão e podem seguir o resultado ou escolher em qual facção irão. Depois da cerimônia da escolha, passam pela iniciação – no caso da nossa protagonista – testes na facção escolhida para serem ou não aceitos.

Beatrice, ao fazer o teste de aptidão , descobre que é Divergente, mas ela não tem idéia do que isso seja, somente é avisada para esconder a informação e jamais revelar a ninguém. Ela que era da Abnegação, mas nunca sentiu-se altruísta, e escolhe Audácia, os que saltam dos trens em movimento, cuidam da segurança… parecem mais espíritos livres.

Mas as coisas não são assim simples. Seu irmão foi para os Eruditos e seu pai olha enfurecido para ela, ao ver sua escolha. Agora é facçao acima do sangue e deverá deixar sua família para lá.

Já para chegar ao complexo da Audácia é um teste de coragem, e assim são os treinos para serem escolhidos quais transferidos, permanecerão com os que já nasceram na Audácia.

São uma pancadaria os treinos e testes. Mas ainda assim há um romance aparecendo entre Beatrice, agora Tris, e Quatro, um dos instrutores.

A autora nos dá uma visão geral das facções, e pouco sabemos como se chegou a esse ponto a sociedade. Mas fica claro que as facções, apesar da idéia inicial ter sido dividir a sociedade da melhor forma possível,  não são coisas boas. Deixaram o poder com quem não quer o poder, Abnegação, mas eles são muito “primeiro os outros”, já os Eruditos são uns arrogantes, os da Amizade são meio ripongas, os da Franqueza tem uma rixa com os da Abnegação e são muito diretos, chegam a estupidez e os da Audácia parecem que dão chute em cachorro morto, em nome da coragem.

“Dividiram-se em quatro facções que procuravam erradicar essas qualidades que acreditavam ser responsáveis pela desordem no mundo (…)”

“— Os que culpavam a agressividade formaram a Amizade (…)

— Os que culpavam a ignorância se tornaram a Erudição (…)

— Os que culpavam a duplicidade fundaram a Franqueza (…)

— Os que culpavam o egoísmo geraram a Abnegação (…)

—E os que culpavam a covardia se juntaram à Audácia.”  págs. 48 e 49

Vemos que há algumas coisas erradas e as facções parecem estar conspirando para algo.

Claro que isso é uma caldeira prestes a explodir.

O livro é narrado em primeira pessoa , sob o ponto de vista de Tris ( seria legal se houvesse o ponto de vista das outras personagens). A maior parte do livro se passa com foco no treinamento e testes que ela está enfrentando na Audácia. Mas fica claro que apesar da sua aparência frágil, ela vai se fortalecendo e aprendendo. Acompanhamos o amadurecimento da personagem que passa por situações extremas.

A trama é cheia de ação por conta da facção – Audácia- que a personagem escolheu, e com isso a autora imprime um ritmo frenético que tem seu ápice no fim desse primeiro volume. Sem contar que o fato de Tris ser Divergente eleva sua participação nos acontecimentos a um outro nível.

O livro deixa pontas soltas, que no próximo serão atadas, e muita pancadaria vem pela frente. Qualquer outra informação aqui, será spoiler.

A capa é muito bonita, com autorelevo. Diagramação e papel agradáveia a leitura e revisão impecável. recomendo

Capa, ficha técnica e sinopse

Divergente

Divergent

Veronica Roth
ISBN:978579801310
Editora: Rocco
Número de páginas: 502
Encadernação: Brochura
Formato: 13,4  X 20,7 cm
Ano Edição: 2012
Tradutor : Lucas Peterson

Sinopse

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.

A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.

E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Você pode comprar o livro em um dos links abaixo e ainda ajudar o Livrólogos 🙂

Saraiva

Fnac

Boa leitura.

See ya!

Rosana Gutierrez