Her


her - Joaquin Phoenix

Olá!

Meu gosto é bem eclético como deve ficar claro com meus posts sobre cinema 🙂

Desta vez o filme é Her.

A princípio pensei que seria muito parado, meio sem graça, mas não é. É maravilhoso.

Assisti alguns filmes onde o protagonista se apaixona pela máquina, mas esse é bem diferente.

O filme se passa em uma Los Angeles futurista, onde as pessoas estão o tempo todo voltadas para os seus próprios dispositivos – lembra algo? Cada um com seu smartphone, falando via “aparelho”ao invés do pessoalmente?

O início é com Theodore Twombly falando aparentemente “sozinho”. Mas na verdade está lendo uma carta de amor. Ele escreve cartas para pessoas que parecem escritas à mão. Trabalha na BeautifulHandwrittenLetters.com . E é bem solitário.

Sua vida se resume em jogar um vídeo game, ou sonhando e relembrando de sua ex-mulher. Já estão separados, mas ele ainda não assinou os papéis do divórcio.

Mas tudo muda, quando ele resolve comprar um Sistema Operacional novo. Tudo já é conectado, mas esse SO é inteligente. E ao instalar você escolhe se será um homem ou mulher. No caso é Samantha. Ela mesma escolhe o nome. O sistema é ultra moderno e possui inteligência artificial a ponto de parecer sentir as coisas. E ele se apaixona por ela. Os dois “se tornam namorados”.

A voz de Samantha é de Scarlett Johansson, e Theodore é o fantástico Joaquin Phoenix.

A fotografia do filme é linda, em tons pastéis, com aspecto vintage, nada de tecnologia e cores brilhantes e pisca-piscas, um contraste com a tecnologia envolvida na trama.

O roteiro é maravilhoso e trata de um amor incomum e o relacionamento entre o homem e a tecnologia.

Depois de Samantha colocar em ordem a vida de Theodore, fazer com que ele interaja mais com os amigos e até entender o que é o amor, através de suas perguntas inteligentes e ao tentar entender o que é ser casado ou ter forma.

O filme nos faz refletir e questionar vários comportamentos, como viver num mundo de alta tecnologia, ao mesmo tempo precisando de uma carta de amor, de amizade, escrita à mão. Ser sozinho mesmo estando “rodeado” de pessoas, de coisas virtuais…

Her

Her

Direção

Spike Jonze

Atores

Joaquin Phoenix, Scarlett Johansson, Amy Adams, Rooney Mara, Olivia Wilde

Distribuído no Brasil – Sony Pictures Brasil

A pontuação no IMDB é 8,3

Sinopse

Não é recomendado para menores de 14 anos

Theodore (Joaquin Phoenix) é um escritor solitário, que acaba de comprar um novo sistema operacional para seu computador. Para a sua surpresa, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos. Esta história de amor incomum explora a relação entre o homem contemporâneo e a tecnologia.

 

Trailer

Bom divertimento

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous #Sorteio de Kit com 30 marcadores
Next Lançamentos de março - @intrinseca

3 Comments

  1. 03/04/2014

    hummmmm interessante, não conhecia e vou procurar pra ver, achei bem interessante a história dele. tenho um gosto bem chato pra filmes, mas esse achei interessante.
    bjs

  2. 19/03/2014

    Esse filme é um dos preferidos dos últimos tempos.Já sou muito fã do Spike jonze há bastante tempo.Ele tem poucos mas execelentes filmes.

    Bjus

    Virginia

  3. 18/03/2014

    Já tinha ouvido falar desse filme…
    na verdade vi apenas o nome e não dei muita bola pra ele…até assistir ao trailer! Não imaginava que se tratava de uma história dessas….desde que vi o trailer fiquei admirada e querendo assistir ao filme…e torci muito por ele na premiação do Oscar!
    Ao ler sua resenha só me deu mais convicção de que necessito ver esse filme! Deve ser muito lindo e estou muito curiosa para ver como termina (ou não) essa relação!

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)