Sara Pennypacker – Pax @intrinseca #resenha #semanaPax


pax

Olá

Confira a resenha do livro Pax, da autora Sara Pennypacker, publicado pela Intrínseca. #SemanaPax

Caso tenha se emocionado com a raposa e O pequeno príncipe, prepare seu coração e os lencinhos. Eu, particularmente, tenho um fraco por animais 🙂

Pax é uma bela história atemporal, contemporânea, ilustrada por Jon Klassen, que mostra o laço de amizade entre um garotinho de 12 anos e e uma raposa.

Pouco tempo após morte de sua mãe, Peter encontra uma raposa que fora atropelada por um carro e resgata o filhotinho sobrevivente, dando o nome de Pax.

Os dois criam uma forte ligação, até que o pai de Peter tem de ir a guerra. Peter deverá morar na casa do avô e seu pai faz com que deixe Pax na floresta para que volte a ser um animal “selvagem”.

“Pax sentia fome e frio, mas o que o despertou foi a necessidade de abrigo. Piscou uma vez e recuou um pouco. Ao contrário do que imaginara, o que havia atrás não eram as barras firmes do seu cercado, pois cedeu facilmente, com estalos secos. Quando se virou, deparou-se com o canteiro de asclépias secas onde havia se aninhado algumas horas antes.

Gritou por Peter, mas então lembrou: seu menino tinha ido embora.”

Porém o amor que os une é tão forte que estão determinados a se reencontrarem, e com isso uma perigosa jornada se inicia.

Muitas coisas ruins acontecem desde a morte da mãe de Peter. Mas nessa guerra que vai destruindo tudo pela frente , há cenas bem fortes, como a cena do carro se afastando e ao abandonar a raposinha Pax a deixando desnorteada, ou a do campo minado…

A história se passa em um país sem nome, traz mensagens positivas sobre autoconhecimento, fazer o que é certo e o melhor para consertar o que fez errado, amor, lealdade, amizade.

O mundo de Peter e Pax, seus obstáculos, e perigos ao longo de seus caminhos são retratados através de capítulos em vozes alternadas.

A autora consegue tocar o coração do leitor, as personagens vivem paralelamente sua busca e autoconhecimento, por um lado Pax a raposinha domesticada encontrando o lado selvagem, por outro o garotinho amadurecendo e até encontrando o amor que pai não demonstrara.

“Peter deixou o pai abraçá-lo. Durante tantos anos ele quisera se sentir dentro daquele círculo de amor e proteção…”

Um belo livro que encanta com a história, belas ilustrações e que toca o coração. Recomendo

Visite o Hotsite

Download de um trecho

Capa, ficha técnica, sinopse

pax

PAX

Pax

Sara Pennypacker

ISBN: 9788551000229
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 288
Encadernação: Capa dura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2016
Tradução:Regiane Winarski

Sinopse

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas.Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous BASTIDORES LITERÁRIOS - Comparando Mercados e Analisando Tendências (1 de 3)
Next Antonio Cestaro - Arco de virar réu @etordesilhas #Resenha

15 Comments

  1. Avatar
    17/10/2016

    Oie!!!
    O encontro de ontem foi bemmm diferente, né.
    Sobre Pax, pode ler. Eu tb tenho bebês de 4 patas e amo animaizinhos, e te garanto que apesar de tocante, não é desgracento kkkkk bjs

  2. Oi Ro! Fui nos 2 encontros com vc e a camila neste FDS. Vim visitar o blog e tchanam! Dei de cara com essa resenha… Fiquei extremamente curiosa com o livro pois no encontro de livreiros, a intrinseca falou o que era. Resumo: comprei, porem estou com medo de ler, pois tenho 2 bebezinhos de 4 patas. E depois de a culpa é das estrelas, eu fiquei com medo de qualquer personagem que morra/fique triste Kkkkkkk… Mas vou criar coragem, assim como os da JoJo. Bjs..

  3. Avatar
    08/09/2016

    Oi Daniela, é bem tocante e o foco central é a amizade. Vc vai gostar :), bj

  4. Avatar
    28/08/2016

    Desde que vi esse livro eu me apaixonei pela capa, sem mesmo saber que o livro era assim tão maravilhoso. Agora mais que nunca quero ler esse livro, já estou empolgada com a leitura. Acho que não vou conseguir resistir muito e vou comprá-lo em breve.

  5. Avatar
    25/08/2016

    Olá Rosana,

    Eu vi esse livro na Turnê Intrinseca que aconteceu em março, confesso que mesmo achando linda a capa, o livro não me chamou muito a atenção. A sua resenha foi a primeira que eu vi e achei a coisa mais linda o livro, assim como a diagramação que está demais.

    beijos
    Mayara

  6. Avatar
    25/08/2016

    Oi,
    Parece ser uma história que nos leva a reflexão e a emoção.
    Não conhecia e fiquei muito curiosa para desvendar cada situação.
    Parabéns pela resenha
    beijos

  7. Avatar
    25/08/2016

    Oi!!
    Eu comprei o e-book e acabei me arrependendo de não comprar o físico por causa das gravuras.
    Logo que vi a sinopse fiquei encantada e não vejo a hora de ler, imagino que deva ser uma história emocionante.
    Beijão!

  8. Avatar
    Thayenne
    24/08/2016

    Olá,

    Achei esse livro uma vibe meio O pequeno príncipe e como gostei muito do livro fiquei empolgada para ler Pax também, e além do mais esse livro só vem tendo opiniões positivas. Quero saber o que encantou tantos leitores *—*

    Beijos,

  9. Avatar
    24/08/2016

    Oiii Rosana, como vai?
    Garota que livro mais amorzinho, com toda certeza quero realizar a leitura o quanto antes, achei uma fofura que só, ainda mais essas ilustrações. Gostei bastante da história e sei que iria me emocionar.
    Beijinhos

  10. Oie
    Esse livro parece muito amor, eu amei essa capa e vi vários elogios, com certeza quero ler em breve e espero amar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  11. Avatar
    23/08/2016

    Olá Rosana,
    Não é meu costume ler esse tipo de livro, mas me emocionei com o quote de Pax. Parece ser maravilhoso e o mundo precisa de mais livros assim, que falem da amizade e amor em todos os níveis e não apenas no romântico.

    Beijos,
    Anne

  12. Olá.
    Já estou louca para ler esse livro, adorei a capa que nem tenho palavras para dizer o quanto ela é linda e a premissa do livro é maravilhosa, tenho certeza que vou me emocionar muuuuito.
    Que bom que a autora consegue tocar o coração dos leitores através dessa linda história.
    Quero ler em breve.

  13. Avatar
    22/08/2016

    Lendo sua resenha já imaginei im filme dirigido pelo Spilberg. Parece ser uma história bonita e emocionante com uma amizade incomum (ET e Cavalo de Guerra). A imagem que vc postou parece passar bem o espirito do livro, da uma certa angústia e uma certa felicidade em ver o garoto abraçando a raposa na floresta.Parabéns pela resenha

  14. Avatar
    21/08/2016

    Oiee

    Este livro deve ser lindo demais!! Eu também tenho uma queda pelos animais. Mas confesso que ás vezes tenho receio de ler livros com eles, eu acabo me derretendo em lágrimas.
    Mas esse vou ler sim, vale pela forte mensagem de amizade entre outras.
    Ótima resenha!!

    bjs
    Fernanda

  15. Avatar
    20/08/2016

    Estou muito ansiosa para fazer a leitura desse livro a sua resenha mostrou os pontos fortes do livro amor, lealdade, amizade e é isso que eu espero me emocionar muito 🙂
    Amei a resenha
    Bju
    Mary Reis

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)