Avaliação

Brincando com os estereótipos, levando à loucura uma personagem insegura que evita encarar tudo aquilo que a contrária, o livro é divertido.

8
Nota

Confira a resenha do livro Guia Astrológico para Corações Partidos, da autora Silvia Zucca,  publicado pela Suma de Letras

Olha uma chicklit movida à astrologia.

Claro que eu nunca perderia um livro desses, né?

Leitura divertida que serviu para reforçar alguns conceitos sobre o estilo e algumas convicções pessoais.

Personagens: a vida caótica da libriana Alice Bassi

Alice estava em uma daquelas fases cruciais da vida onde a maré não está a favor. Um consultor está avaliando o que se torna dispensável no emprego dela. Aliás, ela está sobrecarregada, frustrada e irritada também porque está acumulando péssimos relacionamentos e terminando sozinha. Mas descobriu os trunfos de saber analisar as pessoas a partir da astrologia com o novo amigo Tito e aos troncos, barrancos, vexames, guiados pelas estrelas, quer colocar a vida nos trilhos.

Comentários:

– Vamos lá, sabemos que o estilo “chicklit” traz mulheres entre os vinte e poucos e os trinta, em situações- limite em diferentes setores, frustrada com o emprego, engessada na vida e sem um relacionamento afetivo satisfatório e emenda uma trapalhada na outra tentando sair deste buraco. A maior bandeira disso é a Bridget Jones eternizada nos livros (nem mencione aquele terceiro livro porque eu me recusei a ler) e nos filmes.

– Alice emendou tantos relacionamentos ruins que já poderia pedir música no Fantástico. Está sufocada no emprego e com medo de perder o emprego na pequena emissora de tv de Milão por causa da análise do consultor contratado para orientar o que fazer pra aumentar desempenho e renda. Ela quer desesperadamente sair da maré ruim e qualquer coisa que pudesse ajudá-la seria bem-vinda. No caso, teve a curiosidade despertada pelo conhecimento astrológico de Tiziano, o Tito, ator que se tornou o amigo que ela fez nos bastidores. E percebeu que tudo estava escrito nas estrelas, então, bastava aprender a interpretar o que elas queriam dizer. Servia para entender quando fazer ou não alguma coisa, quando evitar uma confusão, ajudava a dar sugestões pra fugir de ciladas. E pena que não servia como desculpa para faltar ao trabalho.

– O problema é que Alice tem acesso às informações, mas não tem a menor ideia do que fazer com elas. Não é burrice, é egocentrismo. Ela está tão centrada em si mesma que perde a noção de elementos externos – incluindo aqueles que envolvem outras pessoas – que deixa de captar nuances, se atrapalha nas interpretações e se mete em mais confusões. Alice é aquele tipo de pessoa que é tão inseguro que precisa de muletas para lidar com o mundo e a Astrologia assumiu este papel na vida dela. Mas de nada adianta ter a informação e não ter critério, maturidade e repertório para analisar as melhores decisões a partir dela.

– Ao longo das peripécias, insanidades, vexames, micos em diferentes escalas – vai do “engraçadinho” ao “de-ses-pe-ra-dor” (creiam) – ela terá o apoio (e os esporros) da melhor amiga Paola e do Tito (aliás, amei o Tito e nem preciso dizer quanto que me daria bem com alguém tão entendido em horóscopo!). Vai aprender (bem, nem sempre) a lidar com os colegas de trabalho e talvez deixar de ter o dedo podre em se tratando de relações afetivas. A lição de que Alice precisa não estava escrita nas estrelas, mas, nada como o tempo e a escola das porradas da vida para a pessoa aprender.

– Brincando com os estereótipos, levando à loucura uma personagem insegura que evita encarar tudo aquilo que a contraria (porque ainda não se mancou de que, uma hora, a bomba explode), o livro é divertido. Talvez se você não for muito fã de horóscopo ache um pouco enjoativo, mas se lembre de que ele é apenas a desculpa para a gente observar uma mulher saindo da crise pessoal e profissional e finalmente amadurecer.

Capa, ficha técnica, sinopse

Guia Astrológico para Corações Partidos

Guida astrologica per cuori infranti – 2015

Silvia Zucca

ISBN: 9788556510112
Editora: Suma de letras
Número de páginas:
Encadernação: Brochura
Formato: 14 X 21 cm
Ano Edição: 2016

Sinopse

Quando Alice recebe, na mesma semana, a notícia de que seu ex vai se casar e de que a empresa onde trabalha contratou um consultor chamado David Nardi para avaliar e demitir parte do pessoal, ela tem certeza de que está vivendo um inferno astral. E tem razão. Tito, seu melhor amigo e superentendido de astrologia, jura que é um péssimo momento para ser de Libra, mas que as estrelas também estão lá para nos dizer os dias mais auspiciosos para a esfera profissional ou para encontrarmos nossa alma gêmea. Embora cética, Alice decide apostar nas dicas de seu guia astrológico, mas, estranhamente, a astrologia não a protege de encontros péssimos, decepções terríveis e algumas pequenas surpresas emocionantes. Por exemplo: por que David lhe parece cada vez mais interessante, se seus quadros astrológicos são a combinação para um desastre?

Bacci!!!

Beta