Amor garantido – Filme


Amor Garantido de um jeito ou de outro

Comédias românticas são, de modo geral, filmes protagonizados por jovens, o que faz com que sejam verdadeiros panoramas de modernidades e costumes, e em Amor Garantido, que estreou não faz muito tempo na Netflix, não é diferente! A fórmula é batida, clichê e já conhecida por todos, OK, mas são as nuances de cada época e a sabedoria de como explorá-las quem podem tornar um filme desse gênero mais relevante que os demais. Sim, é possível que já tenha sido feito, mas eu, pessoalmente não me recordo de nenhum filme que explorasse a temática dos aplicativos de namoro.

Susan Whitaker é uma jovem advogada tão decente e competente quanto falida, que recebe um caso inusitado: um cliente que pretende processar o site “Amor Garantido” por propaganda enganosa. Decidido a provar que ninguém poderia garantir o amor, Nick Evans realiza os mil (é, MIL!) encontros pedidos pelo contrato de usuário para garantir que se encontre o amor e, obviamente, não o encontra. Aproveitador, maluco ou apenas um coração partido? É isso que nossa heroína decide descobrir, antes, é claro, de descobrir que, por caminhos um pouco diferentes, seu cliente encontrou, sim, o amor através do tal site – já deu pra sacar, né?

Copyright Ricardo Hubbs/Netflix

É óbvio que a advogada e seu cliente acabam se aproximando e se apaixonam, com direito a todos os pequenos percalços que filmes do tipo pedem, coadjuvantes bobos e simpáticos – por vezes, chatos – e declarações de amor apoteóticas. Um festival de clichês que ainda funcionam quando bem adaptados à nossa realidade. De certa maneira, Amor Garantido e a temática dos sites e aplicativos de namoro fazem lembrar um pouco o já clássico – tô velho! – Mensagem pra você, que no longínquo ano de 1999 botou Tom Hanks e Meg Ryan descobrindo as possibilidades amorosas dos então novíssimos chats de bate-papo. Aliás, falando em 1999 e em casal com química, a escolha da dupla de protagonistas não poderia ter sido mais acertada, com Rachel Leight Cook, do clássico adolescente Ela é demais, e Damon Wayans Jr, que, sim, é uma cópia mais jovem de seu pai, que tanto sucesso fez no seriado Eu, a patroa e as crianças.

Copyright Ricardo Hubbs/Netflix

Amor Garantido é mais uma dentre as tantas comédias românticas existentes e foi mais uma dentre as tantas às quais assisti durante a pandemia, mas com acertos pontuais, timing perfeito e casalzinho carismático conseguiu se destacar das outras e, ao menos pra mim, funcionou muito bem!

Amor garantido

Love, guaranteed

Direção: Mark Steven Johnson
Elenco: Rachael Leigh Cook, Damon Wayans Jr., Heather Graham
Nacionalidade EUA

3 de setembro de 2020 na Netflix / 1h 30min / Comédia, Romance

Sinopse

Não recomendado para menores de 10 anos

Em Amor Garantido, para salvar seu pequeno escritório de advocacia, a séria advogada Susan (Rachael Leigh Cook) aceita pegar o caso de Nick (Damon Wayans Jr.), um cliente novo e encantador que quer processar um site de namoro que garante encontrar seu amor. Mas, à medida que o caso esquenta, também aumentam os sentimentos de Susan e Nick.

Previous Jill Lepore - Estas verdades @intrinseca #resenha
Next Patrícia Cândido - Manifesto da autoestima @luzdaserrareal #resenha

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *