como-aprendi-pensar

Você já leu uma biografia filosófica? Pois é, até alguns dias atrás, eu também não tinha lido nenhuma e, de fato, nem sei se não estou inaugurando o termo aqui. Minha estreia no estilo foi com Como aprendi a pensar, da autoria do filósofo e escritor brasileiro Luiz Felipe Pondé, na qual ele nos apresenta …

cafe da manha dos campeoes

Depois do best-seller Matadouro 5, que já deu as caras aqui pelo Livrólogos, Kurt Vonnegut voltou à cena, quatro anos depois, em 1973, com outra das maiores pérolas de sua galeria: Café da manhã dos Campeões. Com seus demônios de guerra devidamente exorcizados em um livro tenso, confuso, que mistura inconformidade e conformismo através de …

Entre o belo e o horror Que Zac Efron estava fadado a usar seu perfil galanesco em praticamente todos os seus papéis era um fato desde que encantava adolescentes em High School Musical; mas que tais características cairiam tão bem em um filme sobre um serial killer realmente foi uma surpresa. O fato é que …

poster yesterday

Tente se imaginar um músico fracassado, que, após um estranho acidente, descobre ser a única pessoa no Planeta a se lembrar dos Beatles. E se, depois de algumas tentativas de fazer as pessoas se lembrarem das músicas do quarteto, elas começarem a acreditar que tais pérolas saíram de sua cabeça?  Pois bem, essa é a …

O Carteiro e o poeta (dos brinquedos!) A temporada de filmes de Natal está oficialmente aberta eaqui começaremos falando sobre o primeiro longa de animação produzido inteiramente pela Netflix, Klaus. Eu sei, eu sei. Ninguém aguenta mais o gênero natalino, e a qualidade das animações também não surpreende mais desde a revolução promovida pela Pixar. Mesmo assim, uau! Com traços muito mais cartunescos do que …

A ira de Nasi

Em tempos pré-internet, muitos fãs do Ira! se perguntavam: “quem é esse Marcos Valadão que aparece nos créditos do primeiro disco?”. Marcos – ou Marquinhos – era um menino do Bixiga, apaixonado por música e futebol, de temperamento forte (herança do lado calabrês da família), que depois do seriado de TV Holocausto ganhou o apelido …

poster Ford e Ferrari

I can see for miles and miles and miles and…* “Não importa o destino, mas a jornada!”, frase clichê que, no cinema pode ser traduzida como “não importa a história, mas a maneira como ela é contada”. De fato, a história de Ford vs. Ferrari, que, há anos encanta os amantes de automobilismo, não é …

harry-filmes

Há muitos anos, no início do século – só pra aumentar o suspense – em minha trajetória de quase-cinéfilo, comecei a assistir duas das franquias mais bem sucedidas da história do cinema. Uma eu interrompi por pura preguiça; a outra, depois de uma decepção com o segundo e tão aguardado filme. Anos depois, motivado pelo …

JN 50 anos

O Jornal Nacional é, sem sombra de dúvidas, o telejornal mais importante do Brasil. Tal observação não passa por amor à Rede Globo ou à Família Marinho; tampouco é um atestado de cumplicidade à sua linha editorial ou a conclusão de uma lista de elogios a um produto midiático. Acontece que desde o dia 1º …

ano-graca

Olá! Confira a resenha do livro O ano da graça, de Kim Liggett. Publicado pela pelo selo Globo Alt, da Globo Livros. Tente imaginar um lugar onde, ao final de cada verão, as meninas de 16 anos são banidas para viver em uma espécie de campo por um ano. Isso é para que eles possam …